Será que o meu gato tem uma alergia alimentar?

gato adulto de pelo às riscas deitado em frente a túnel de brincar

Será que o meu gato tem uma alergia alimentar?

gato adulto de pelo às riscas deitado em frente a túnel de brincar

Será que o meu gato tem uma alergia alimentar?

gato adulto de pelo às riscas deitado em frente a túnel de brincar
September 13, 2018

Será que o meu gato tem uma alergia alimentar?

As alergias alimentares são raras nos gatos e normalmente envolvem uma reação a um ingrediente protéico num alimento em particular, responsável por desencadear uma reação inflamatória alérgica. Tal não deve ser confundido com "intolerâncias alimentares", que são mais comuns e menos graves e originam um processo fisiológico totalmente diferente.

Os sintomas típicos de alergias alimentares incluem:

  • Problemas dermatológicos: comichão e vermelhidão, peladas e abrasões cutâneas.
  • Infeções de ouvidos recorrentes.
  • Aumento de bolas de pelo.
  • Problemas gastrointestinais, incluindo vómitos e diarreia.
  • Em casos raros, problemas respiratórios.


Se suspeitar que o seu gato sofre de uma alergia alimentar, consulte o seu médico veterinário. Nunca tente tratar o problema sem assistência especializada; os testes alimentares devem ser supervisionados pelo médico veterinário. Se o fizer, podem ocorrer problemas ou deficiências nutricionais, para além de poder simplesmente tratar-se de outra condição com requisitos de tratamento diferentes.

Diagnosticar uma alergia alimentar

O método mais eficaz de detetar alergias alimentares nos gatos é o teste de exclusão de alimentos, em que o animal é sujeito a uma dieta hidrolisada especial (como PURINA® PRO PLAN® VETERINARY DIETS Feline HA St/Ox Hypoallergenic), com quantidades tão diminutas de proteínas que é impossível (ou muito raro) provocarem reações alérgicas. Em alternativa, recomenda-se uma dieta com proteínas e hidratos de carbono que o gato nunca tenha experimentado.

Se os sintomas desaparecerem ou reduzirem drasticamente com a nova dieta, então está diagnosticada a alergia alimentar.

A duração da dieta de exclusão depende do tipo de problemas: no caso de problemas dermatológicos, por exemplo, é necessário manter a dieta especial por um período de 4 a 12 semanas. A dieta deve ser a alimentação exclusiva durante o período do teste, por isso as guloseimas não são permitidas. Seguir a dieta rigorosamente pode ser muito difícil, especialmente se tiver mais do que um gato, de modo que é importante admitir se houver prevaricações e consultar o médico veterinário se o gato se recusar a comer a nova dieta.

gato adulto de pelo às riscas a andar
Depois do período experimental

Depois do período experimental

Depois do período experimental, o seu médico veterinário vai querer reavaliar o seu gato. Se não houver nenhuma melhoria, podem ser consideradas outras doenças. Se houve uma melhoria, o seu médico veterinário pode recomendar a reintrodução gradual de proteínas na alimentação e ficar atento a uma possível reação.

Se os sintomas voltarem após a reintrodução de um alimento, pode ter encontrado a causa - embora seja sempre possível que mais de um tipo de alimento seja responsável.

 

Encontre a nutrição certa para o seu gato

Depois de ter identificado os ingredientes que causam o problema, pode falar com o seu médico veterinário e decidir sobre a melhor dieta para o seu gato ter uma vida longa e saudável. Se os sinais clínicos foram graves e a dieta resultou numa melhoria pode, juntamente com o seu médico veterinário, decidir continuar a dar a dieta especial hidrolisada a longo prazo.

Partilhe com pessoas que conhece

EmailLinkedInFB