Compreender a diabetes do seu cão

cão adulto preto a passear na praia

Compreender a diabetes do seu cão

cão adulto preto a passear na praia

Compreender a diabetes do seu cão

cão adulto preto a passear na praia
July 31, 2018

Compreender a diabetes do seu cão

Se o seu médico veterinário diagnosticou diabetes ao seu cão, é importante fazer algumas mudanças na sua dieta e estilo de vida. Embora a diabetes não possa ser curada, pode ser gerida para ajudar o seu cão a ter uma vida normal.

Este artigo foi elaborado para ajudá-lo a entender algumas das causas e sinais da diabetes, bem como algumas medidas que pode tomar para ajudar o seu cão.

O que é a diabetes?

A Diabetes é uma doença complexa que surge quando o organismo é incapaz de absorver o açúcar dos alimentos corretamente.

Depois das refeições, o alimento é dividido em vários nutrientes, incluindo um açúcar chamado glicose. Este é normalmente distribuído pelo organismo por uma hormona chamada insulina para dar energia às células. Mas se o seu cão tem diabetes, o seu organismo ou não consegue produzir insulina ou esta não é produzida em quantidades suficientes.

Quando isso acontece, a glicose não chega às células, mas acumula-se no sangue. Isso resulta em níveis elevados de açúcar no sangue (chamados hiperglicémia), que, se não forem tratados, podem conduzir a sérios problemas de saúde.

Após as refeições os cães com diabetes não tratada apresentam picos de açúcar no sangue. Isto acontece devido a uma deficiência na produção de insulina, que geralmente garante que o açúcar no sangue apenas suba e desça ligeiramente entre as refeições.

cão adulto preto a passear na praia com dono
cão adulto preto a correr na praia à beira mar

Quais são os sinais da diabetes em cães?

  • Sede excessiva
  • Urinar em excesso
  • Fome constante e perda de peso
  • Letargia (inativo/dorme mais)
  • Olhos com opacidade
  • Pelo fino, seco e sem brilho

 

Porque é que os cães têm diabetes?

A causa exata ainda é desconhecida. No entanto, a inflamação do pâncreas a longo prazo, a genética e alguns medicamentos podem tornar o cão mais propenso a desenvolver diabetes. A maioria dos casos ocorre em cães de meia-idade e as fêmeas não esterilizadas têm duas vezes mais probabilidades de vir a ter diabetes quando comparado com os machos.

Qualquer raça pode ser afetada, mas algumas têm um risco maior. Essas incluem:

Beagle

  • Cairn Terrier
  • Chow Chow
  • Dachshund
  • Doberman Pinscher
  • Springer Spaniel Inglês
  • Golden Retriever
  • Labrador Retriever
  • Poodle
  • Samoiedo
  • Schnauzer
  • West Highland White Terrier

 

Como é diagnosticada a diabetes?

Se o seu cão apresentar sinais da diabetes, o seu médico veterinário pode realizar alguns testes simples de sangue e urina para confirmar o diagnóstico.

 

Como é tratada a diabetes?

Se o seu cão tiver diabetes, será necessário que seja tratada ao longo de toda a sua vida. Mas, com a ajuda do seu médico veterinário, a diabetes não precisa encurtar o tempo de vida do seu cão nem impedir que desfrute de uma vida feliz e normal. Normalmente, há três coisas que vai precisar de fazer:

 

1. Dar ao seu cão injeções diárias de insulina

Estas são essenciais para controlar a diabetes e são normalmente necessárias duas vezes por dia. As agulhas são muito pequenas e alguns cães nem as sentem.

 

2. Adaptar a dieta do seu cão

Diabetes e dieta estão intimamente ligados, por isso controlar a alimentação do seu cão é uma das melhores maneiras de controlar a diabetes. A alimentação ideal evita grandes picos de açúcar e liberta energia lentamente ao longo do dia.

 

3. Certifique-se de que seu cão tem uma rotina consistente

O tratamento é mais eficaz quando dá as refeições e as injeções ao mesmo tempo todos os dias. O exercício regular também é importante. Peça ao seu médico veterinário que o aconselhe sobre a rotina certa para si e para o seu cão.

 

A dieta certa é crucial

Pergunte ao seu médico veterinário sobre PURINA® PRO PLAN® VETERINARY DIETS Canine DM Diabetes Management. Cientificamente formulada para controlar de forma eficaz nutricionalmente esta condição, contém:

  • Fibra dietética para ajudar a retardar a absorção de hidratos de carbono.
  • Extrato de feijão branco para controlar os níveis de açúcar no sangue após as refeições.
  • Antioxidantes para suportar o sistema imunológico dos cães diabéticos e neutralizar os radicais livres.

Pode descobrir mais sobre esta dieta aqui.