Alergias em cães

cão adulto Pastor Alemão a comer ração seca PRO PLAN

Alergias em cães

cão adulto Pastor Alemão a comer ração seca PRO PLAN

Alergias em cães

cão adulto Pastor Alemão a comer ração seca PRO PLAN
July 31, 2018

Alergias em cães

Compreender as alergias do seu cão

Muitos cães têm reações alérgicas a diferentes coisas. Embora as reações alérgicas possam ser graves, o seu médico veterinário poderá ajudá-lo a encontrar formas de gerir a alergia do seu cão. Este artigo analisa os principais sinais e causas de alergias em cães - bem como algumas das diferentes opções de tratamento disponíveis.

Alergia a pulgas

Qualquer cão pode ficar infestado de pulgas, mas nem todos os cães fazem uma reação alérgica à picada da pulga. Os cães alérgicos a pulgas sofrem uma reação de comichão intensa quando a saliva da pulga entra em contacto com a pele.

Isso pode resultar em perda de pelo e feridas abertas na pele, geralmente no dorso e na base da cauda. Pode também notar lesões de pele noutras partes do corpo. Essas feridas podem ter como consequência uma infeção bacteriana.

A alergia à picada da pulga é mais grave que um cão com pulgas, e não pode ser resolvida cortando o pelo do seu cão ou mantendo-o dentro de casa. Se suspeitar de uma alergia à picada da pulga, consulte o seu médico veterinário para aconselhamento sobre o melhor tipo de tratamentos.

O seu médico veterinário pode recomendar uma dieta especialmente desenvolvida para ajudar a gerir reações alérgicas na pele, como PURINA® PRO PLAN® VETERINARY DIETS Canine DRM Dermatosis.

cão adulto Pastor Alemão com a língua ligeiramente de fora
cão adulto Pastor Alemão num parque

Alergia de contacto

Há inúmeras coisas que podem causar alergias de contato em cães - incluindo coleiras de pulgas, relva, detergentes, lã ou plantas. Na verdade, a identificação da origem pode ser um verdadeiro trabalho de detetive!

Os sinais de uma alergia de contato são comichão intensa, erupções cutâneas ou inchaços na pele. Estes aparecerão em qualquer parte do corpo que entrar em contato com o alergéneo. As áreas do corpo mais frequentemente afetadas são o queixo, peito, abdómen e cauda.

A melhor forma de tratar uma alergia de contato é evitar o contato com a substância desencadeadora. O seu médico veterinário também será capaz de o aconselhar sobre outras possibilidades de tratamento, incluíndo a mudança para uma dieta especialmente formulada, como PURINA® PRO PLAN® VETERINARY DIETS Canine DRM Dermatosis.

Alergia por inalação

Tal como os humanos, os cães podem ser alérgicos a árvores, relva e ervas daninhas, bem como ao pó, bolor e ácaros. De facto, cães com alergia a inalantes tendem a ser alérgicos a várias substâncias. As alergias inalantes podem começar em qualquer idade, mas a maioria começa entre o primeiro e o quarto ano de idade.

O principal sinal associado à alergia a inalantes é a comichão e um coçar intenso, especialmente na face e nas orelhas. No entanto, existem muitas outras razões para o seu cão se coçar mais do que o habitual, por isso é melhor procurar a opinião do seu médico veterinário.

O seu médico veterinário será capaz de o aconselhar sobre a melhor maneira de gerir a alergia. Isso pode passar pela mudança para uma dieta especialmente formulada. Além disso, como alguns alérgenos são absorvidos pela pele, banhos frequentes com um champô hipoalergénico podem ajudar a reduzir os efeitos de certas alergias.

 

Alergia alimentar

Os cães podem muitas vezes desenvolver alergias a alimentos que anteriormente comiam sem problemas. O motivo mais comum é uma resposta a uma determinada proteína no alimento, como a carne de vaca ou de porco.

Os sinais de alergias alimentares incluem comichão, distúrbios digestivos e dificuldades respiratórias. Se vir algum destes sinais, consulte o seu médico veterinário.

O seu médico veterinário realizará um teste para identificar a fonte da alergia. O primeiro passo é mudar para uma dieta hipoalergénica especial - como Purina® PRO PLAN® VETERINARY DIETS Canine HA Hypoallergenic - geralmente durante cerca de 8-10 semanas.

Uma dieta hipoalergénica é especialmente formulada para minimizar o risco de reações alérgicas. Quando o seu cão estiver acostumado à nova dieta, podem ser gradualmente reintroduzidos diferentes ingredientes até que encontre a causa da reação alérgica.

Uma vez identificado, o seu médico veterinário pode aconselhar sobre a melhor dieta para gerir a alergia - e ajudar a manter seu cão saudável e feliz a longo prazo.

Partilhe com pessoas que conhece

EmailLinkedInFB