A importância dos check-ups veterinários regulares para os gatos

Mesmo que mantenha um olhar atento à saúde do seu gato, é uma boa ideia levá-lo ao veterinário para um check-up anual sobre o seu bem-estar e a sua saúde.
The importance of regular vet check-ups for cats
The importance of regular vet check-ups for cats
The importance of regular vet check-ups for cats

Cuidar dos gatos é divertido, mas também envolve muita responsabilidade, incluindo levar o seu pet ao veterinário. Às vezes, é necessário um olho profissional para detetar alterações subtis na saúde do seu animal de companhia, especialmente porque os gatos são muito bons a esconder as suas doenças. Por sorte, o seu veterinário será muito bom a fazer o trabalho de detetive.

Saúde geral do gato

Você já leva o seu amigo fofinho ao veterinário quando ele está doente ou ferido, mas esses compromissos tendem a concentrar-se principalmente numa questão específica. As visitas de ‘Check-up’, por outro lado, trabalham no princípio da ‘prevenção é melhor do que a cura’ e são importantes para manter o seu gato saudável e prevenir certas doenças.

O seu veterinário vai querer verificar o seu gato completamente, pelo menos, uma vez por ano e com mais frequência à medida que envelhece ou se tiver necessidades médicas especiais. Este compromisso necessitará uma abordagem abrangente, de forma a se poder certificar que o seu gato é examinado desde os seus bigodes até à ponta da sua cauda.

Outra vantagem destes ‘check-ups’ anuais é fazer com que o seu gato se habitue a visitar as consultas do veterinário quando está bem, pois isso pode ajudá-lo a formar uma ligação com o seu veterinário. Se ele só o visitar quando está magoado ou doente, pode ficar nervoso, por associar as suas viagens a maus momentos ou experiências stressantes. É uma boa ideia aparecer no veterinário de vez em quando, mesmo que seja apenas para verificar se o gato tem pulgas. Os rececionistas e enfermeiros veterinários acabarão sempre por receber o seu gato com festinhas e isso irá criar uma memória positiva no seu gato sem insistir nem forçar!

Vacinar o seu gato

As vacinas anuais para gatos são importantes para ajudar a evitar que o seu gato contraia certas doenças, incluindo: a gripe dos gatos (vírus do herpes felino e calicivírus), enterite felina (parvovírus felino), vírus da leucemia felina e clamidiose felina (uma bactéria que causa conjuntivite). Eles também precisarão de uma vacinação contra a raiva se planear levar o seu gato para fora de Portugal como parte do projeto ‘Passaporte de 4 Patas’. Para mais informações sobre como passar alguns períodos no estrangeiro com o seu gato, leia o nosso artigo sobre viajar com o seu gato.

Pulgas, carraças e parasitas

Outra situação em que a prevenção é melhor do que a cura é o controlo de pulgas, carraças e parasitas. Lembre-se de que as pulgas, ou pelo menos as suas larvas, podem viver durante todo o ano em sua casa e o jardim e as carraças podem transmitir doenças graves e muitas doenças de gato. Peça ao seu veterinário os seus conselhos sobre como evitar os parasitas, para além da ténia e das lombrigas. Poderá também encontrar informações mais aprofundadas na nossa página de tratamento das pulgas e carraças do seu gato.

Esterilização

Se não está a planear fazer criação, é importante que a sua gata seja esterilizada antes de que ambos se enfrentem com gatinhos indesejados. A esterilização ajudará também a prevenir problemas de saúde dos gatos, incluindo alguns tipos de câncro e algumas doenças infeciosas.

O seu veterinário será capaz de o aconselhar sobre o melhor momento para a esterilização da sua gatinha e, se adotou uma gata não esterilizada, ele irá sugerir-lhe a sua esterilização tão rápida quanto possível, além de lhe dar conselhos sobre uma dieta adequada para evitar que a sua gata, recentemente castrada, acumule uns quilinhos.

Vacinar o seu gato

Comportamento

Quando leva o seu gato para fazer um check-up, certifique-se de mencionar quaisquer mudanças no seu comportamento ou problemas, como a micção inapropriada. Estes poderiam estar ligados a uma doença subjacente ou a um problema comportamental que poderia ser superado com a ajuda de um especialista comportamental. O seu veterinário poderá encaminhá-lo para um profissional qualificado.

Cuidado dentário

O seu veterinário também olhará com atenção para os dentes do seu gato para ver se existem sinais de problemas. Os gatos são notoriamente maus a mostrar aos seus donos que sentem dor e, nesse sentido, é uma boa ideia usar o seu check-up para obter uma opinião profissional. A doença dental é comum nos gatos, especialmente quando estes envelhecem, e, por isso, mesmo quando o seu amigo peludo não se queixe em relação à sua dor de dentes, ele pode ainda precisar que sejam feitos alguns procedimentos dentários. Você também pode conversar com o seu veterinário acerca dos cuidados dentários a ter em casa e como pode ajudar a manter os dentes do seu gato bem limpos, bem como seguir os conselhos da nossa página sobre como caring for your cat’s teeth cuidar dos dentes do seu gato.

Peso e condição corporal

Infelizmente, a obesidade é um problema muito comum nos gatos, pelo que deve aproveitar a oportunidade para pesar o seu gato e discutir a sua condição corporal no próximo check-up. Se o seu gato está acima do peso, há muitas coisas que pode fazer para o ajudar. Fale por exemplo com o seu veterinário sobre um plano de dieta e formas de aumentar os níveis de atividade do seu gato ou descubra se o seu veterinário pode indicar algum plano de perda de peso. Da mesma forma, você não quererá que o seu gato esteja com pouco peso, portanto, se o seu gato perdeu peso desde que foi pesado da última vez, deve discutir isso com o seu veterinário, pois pode ser um sinal de um problema de saúde do gato.

Gatos seniores

Se o seu gato estiver a envelhecer, o seu veterinário irá recomendar-lhe check-ups mais regulares – isso significa apenas que ele quer manter um olhar mais próximo no seu gato para que este possa reduzir os seus problemas de saúde emergentes. Durante esses exames, o seu veterinário pode querer tirar a pressão arterial ao seu gato e, se tiver alguma dúvida, pode sugerir fazer análises ao sangue ou à urina para verificar se há condições subjacentes. Você pode também ser convidado a trazer uma amostra de urina consigo, já que isso ajudará o seu veterinário a descobrir se o seu gato sofre de problemas como diabetes ou perda de função renal.

Aproveite a sua consulta para falar sobre qualquer problema que tenha reparado, por menor que seja, com o seu veterinário. Isso pode incluir a sua alimentação./p>

Como sabe, os gatos são muito bons em ocultar sinais de doença e, portanto, o seu veterinário irá aconselhá-lo em relação ao que deve procurar. Felizmente, muitos dos problemas de saúde do gato podem ser geridos com sucesso através do uso de medicação ou de mudanças simples no seu estilo de vida, tudo aspetos que o seu veterinário pode ajudar a organizar durante um check-up./p>

Gato no veterinário