Como posso adotar um gato?

Há muitas vantagens em adotar um gato. Estará a dar uma segunda oportunidade a um gato de ter uma boa vida familiar, uma oportunidade que todos os animais merecem.
Gato ao colo
Gato ao colo
Gato ao colo

Com tantos gatos à procura de novas casas em Portugal, de certeza que o seu parceiro ideal andará algures por aí!

É um momento emocionante, mas não deverá ter pressa. Continue a ler para obter as melhores dicas acerca da adoção de gatos, conhecer os benefícios de adotar um gato em vez de adquirir um gatinho e ter acesso a um guia sobre a forma como pode instalar o seu novo membro de família durante a sua primeira semana em casa.

Porquê adotar um gato?

  • Quando adota um gato, está a adquirir um animal com uma rotina e personalidade estabelecidas.
  • Os gatos das associações de animais de boa reputação deverão ter feito já um check-up veterinário e ter sido castrados, vacinados e desparasitados.
  • Os gatos mais velhos ficam muito mais felizes por se deitarem a relaxar do que os gatinhos, exigindo menos atenção no seu dia-a-dia.
  • Os gatos são mais robustos e menos propensos a magoarem-se com o agitado amor das crianças mais novas.
  • Adotar um gato é ótimo para as pessoas com estilos de vida ocupados, que não têm tempo para treinar um gatinho.
  • Para as pessoas mais velhas, um gato adulto é mais calmo e adequado a uma reforma relaxada!

Não há nenhuma regra rígida em relação a ser mais adequado adotar um gato ou um gatinho. Deve refletir cuidadosamente sobre a sua casa e estilo de vida antes de decidir.

Coisas a considerar quando adota um gato

  • Verifique se o animal de companhia que está a considerar adotar é um gato que vive dentro de casa ou em ambiente exterior. Será difícil para um gato adaptar-se a um ambiente radicalmente diferente.
  • Nalguns casos tristes, os gatos já têm ido para gatis devido às suas vidas difíceis ou a maus tratos. Se adotar um gato, ele poderá vir com alguma ‘bagagem’, como problemas de saúde ou de comportamento. Deve estar disponível para lhe dar o tempo e atenção que necessita para recuperar a sua confiança.
  • Pense no seu estilo de vida, na sua casa, nos seus membros de família e nos animais de companhia já existentes.
Gato Maincoon

Raças de gato

Tal como a decisão sobre se deve adotar um gato ou um gatinho, a escolha sobre a raça de gato mais indicada para si é uma decisão bastante importante. Embora os traços de personalidade variem de acordo com cada gato, poderá retirar muitas conclusões através da sua raça.

Se você ou um membro da sua família tiverem preocupações com alergias, a raça Devon Rex pode ser a melhor para si. Pensando num lar com crianças pequenas, a raça Ragdoll constitui um fantástico gato de família: não devendo nunca arranhar nem morder ninguém, e estando sempre pronto para receber muitas festas e atenção – sendo mesmo por vezes demasiado ciumento!

Leia sobre as várias opções e descubra qual o gato certo para si. deve também falar com a equipa do seu gatil local. Ela terá informação acerca do gato que melhor se adequará a si. Poderá também ler mais informação sobre os diferentes gatos, consultando a nossa Biblioteca de Raças de Gato.

Primeira semana em casa

As primeiras semanas numa casa nova podem ser um desafio: certifique-se de que está preparado ao seguir o nosso guia de ‘primeira semana’ sobre trazer o seu novo gato para casa.

Antes de chegarem a casa:

Os preparativos antes de adotar um gato são igualmente importantes!

Os gatos são territoriais e, portanto, deve colocá-los à vontade no seu novo ambiente, através da criação de um pequeno e seguro espaço apenas para eles. Prepare a sala com uma liteira, comida, tigela para a água e um arranhador. Os gatos sentem-se mais seguros em espaços fechados, pelo que deve criar o seu pequeno refúgio em algo como uma transportadora de gatos ou uma caixa de cartão.

Dia 1

Não pressione a relação!

Coloque a transportadora do gato na sua nova casa, abra-a e, em seguida, saia do quarto, fechando a porta atrás de si. Deixá-los adaptar-se em privado é a melhor forma de deixar o seu novo gato à-vontade, mas deverá ver como ele se encontra mais tarde.

Dia 2

Hora de iniciar a ligação!

Quando entrar na sala, sente-se ou deite-se e incentive o seu gato com uma voz calma. Permita que ele leve o seu tempo ao aproximar-se. Repita este processo até que ele se sinta confortável na sua presença.

Dia 3

O seu gato pode não comer muito ao princípio – isso é bastante normal – mas assim que se adapte à sua nova casa o seu apetite deverá regressar gradualmente. É melhor que continue a alimentá-lo com a mesma comida a que está acostumado, dando-lhe a oportunidade de se sentir o mais em casa possível.

Dia 4

Hora de brincar!

Tente escovar ou brincar com o seu novo gato para estabelecer uma relação com ele, mas não abuse! Introduza o seu gato aos brinquedos ou escovas deixando-o cheirá-los à-vontade antes de os usar.

Dia 5

Tempo para eles começarem a explorar!

Deixe a porta do seu quarto aberta, para que o seu gato se sinta à-vontade para sair e deslocar-se a seu gosto. Mas assegure-se de que as portas e as janelas no resto da casa estão fechadas, para que o seu gato não possa sair para o exterior demasiado cedo.

Dia 6

Neste momento, o seu gato deve já estar adaptado ao resto da sua família, assim como ao resto da sua casa. Permita que as pessoas lhe sejam apresentadas uma a uma, de modo a que o seu gato não se sinta sobrecarregado. Ensine as crianças a acariciá-lo gentilmente e evite pegar no seu gato neste período.

Depois de 2 semanas

O ótimo ar livre!

Se está a adotar um gato habituado a espaços exteriores, espere duas semanas para o deixar sair. Na primeira vez que o deixar sair, deverá fazê-lo antes de uma refeição, para que ele tenha motivos para regressar brevemente a casa – para o jantar! Permita que ele explore o jardim durante um tempo antes de o incentivar a voltar com um snack.

Perguntas frequentes sobre a adoção de gatos

Gato sentado ao colo

Onde devo ir para adotar um gato?

  • No site Pet Sharing encontra um conjunto da associações que cuidam de gatinhos que se encontram para adoção.
  • Assim que tiver descoberto um gatil, deverá falar com a equipa do mesmo para obter conselhos acerca do tipo de gato que melhor se adapta a si e à sua família.
  • Alguns gatis fazem uma visita a casa antes de poder adotar um gato, para assegurar que o ambiente é apropriado.

Tem algum custo adotar um gato?

  • Pode ser-lhe pedido que pague uma taxa de adoção, para cobrir despesas veterinárias.

O que devo fazer se encontrar um gato na rua?

  • Peça ajuda à sua vizinhança para ver se consegue encontrar o dono do gato: poderá colar cartazes ou partilhar nas redes sociais.
  • Se o dono não se apresentar, leve o gato ao veterinário para verificar se tem o microchip colocado.

Posso adotar um gato de rua?

  • Embora muita gente planeie o acolhimento de um gato, por vezes o inesperado acontece! Assim que tenha garantido que o gato não tem mesmo família, deve levá-lo ao veterinário para um check-up completo antes de oferecer-lhe uma casa para a vida.