Sorry, you need to enable JavaScript to visit this website.
Saúde dos felinos e conselhos

Saúde dos felinos e conselhos

Sabemos que deseja que o seu gato brilhe em todo o seu esplendor, logo, é natural que surjam algumas questões regularmente. Abaixo irá encontrar respostas a algumas das perguntas mais frequentes sobre gatos ou gatinhos.

ALIMENTAÇÃO E NUTRIÇÃO

ALIMENTAÇÃO

Porque é que Friskies® é bom para o meu gato?

Friskies® oferece ração para gatos 100% completa e equilibrada, o que significa que providencia todos os nutrientes essenciais e supre as necessidades diárias dos gatos. Todos os produtos lhe chegam com a promessa Friskies, o nosso compromisso com os donos de gatos que garante sempre:
• Uma gama de produtos de sabor excecional, para que haja sempre algo que ele irá adorar.
• Nutrição 100% completa e equilibrada, incluindo proteínas de elevada qualidade, ácidos gordos, vitaminas e minerais que promovem a saúde, vitalidade e felicidade do seu gato.

Concebida pelos especialistas Purina, recorrendo a 85 anos de experiência em nutrição animal. Friskies proporciona ao seu gato a comida que ele adora e precisa, para que possa continuar a surpreendê-lo e deliciá-lo diariamente.

Qual a quantidade de comida adequada ao meu gato?

Cada gato deve ser alimentado individualmente e a quantidade de comida necessária depende do seu nível de atividade e metabolismo pessoal. Tenha sempre como referência o guia de alimentação para diretrizes sobre as quantidades de ração a fornecer ao gato. Como os gatos costumam alimentar-se frequentemente, devem ter acesso à sua ração durante várias horas por dia, mas tal não significa que lhes deve dar acesso livre, a menos que se trate de uma gata prenha/lactante ou de um gatinho. Deve ter sempre disponível água potável fresca e limpa. O consumo de água suficiente é um componente vital de uma nutrição diária saudável.

Qual é a função das proteínas na ração para gatos?

As proteínas são nutrientes essenciais para cães e gatos, compostos de cadeias longas e complexas de aminoácidos. Alguns destes aminoácidos são essenciais (o que significa que têm de originar da comida), outros não (o que significa que o organismo consegue produzi-los a partir de outros ingredientes). As funções das proteínas são:
• Formar e manter componentes estruturais e tecidos corporais (pele, músculo e pelo)
• Proteger e regular processos do organismo, como o sistema imunitário.
• Fornecer uma fonte de energia ao organismo.
• Fornecer nitrogénio ao organismo.
• Promover a saciedade (sensação de estar cheio)

GATINHOS

Com o que é que devo alimentar o meu gatinho?

O desmame é o processo de transição do leite materno para a comida sólida. O processo de desmame normalmente começa por volta das quatro semanas e conclui sensivelmente entre as oito e dez semanas. A melhor forma de desmamar um gatinho é dar-lhe acesso à comida da mãe. Pode desmamá-lo gradualmente na transição para uma dieta adequada a gatinhos, como a raçãoFriskies® Junior[products/junior], que constitui uma dieta ideal tanto para gatinhos, como para mães prenhas ou em lactação. Para fazer a transição, pode recorrer à nossa gama de ração húmida para gatinhos, ou misturar ração seca com água morna previamente fervida para preparar uma consistência semelhante a uma papa.

Pode fornecer a ração ao seu gatinho de maneiras diferentes:

1) Esfregue-lhe um pouco de comida à volta da boca, o gatinho irá lambê-la instintivamente.
2) Permita que o gatinho faça uso do seu sentido natural de olfato para explorar os alimentos de forma autónoma.

Deve ter sempre disponível água potável fresca e limpa. O consumo de água suficiente é um componente necessário para uma nutrição diária saudável.

Porque é que devo alimentá-lo com uma fórmula especial para gatinhos?

Da mesma forma que os bebés e as crianças necessitam de uma dieta diferente da dos adultos, também os gatinhos em crescimento precisam de nutrientes diferenciados dos gatos adultos para os ajudar a crescer e desenvolver. Uma ração para gatinhos especialmente formulada como aFriskies® Junior[products/kitten]contém níveis elevados de proteínas, para promover um saudável crescimento e desenvolvimento dos órgãos, bem como níveis elevados de minerais essenciais, como fósforo, magnésio, zinco e ferro, que ajudam a formar ossos e dentes fortes. Os gatinhos também têm um requisito específico de taurina, um aminoácido essencial que ajuda a promover um coração e visão saudáveis. O seu gatinho vai precisar de uma ração completa e equilibrada comoFriskies® Junior[products/kitten]até ter um ano de idade.

Em que idade é que devo fazer a transição do meu gatinho para ração para gatos adultos?

É chegada a hora de mudar para uma dieta de adulto quando o seu gatinho completar o primeiro aniversário (um ano de idade). Poderá então mudar para produtos Friskies® Adult. Descubra a nossa gama excelente de receitas secas ou húmidas , todas 100% completas e equilibradas, para promover a saúde, vitalidade e felicidade do seu gato. Faça a transição gradualmente, aumentando lentamente a quantidade da nova ração e diminuindo a quantidade de ração para gatinhos ao longo de um período de, pelo menos, cinco dias.

Faz mal ao meu gatinho comer ração para gatos adultos?

É muito importante alimentá-lo com uma fórmula especialmente formulada para gatinhos, como Friskies® Junior, para um crescimento e desenvolvimento saudáveis. A ração para gatos adultos é formulada para gatos completamente desenvolvidos; assim, pode não conter nutrientes suficientes para promover o crescimento saudável ideal dos gatinhos.

LACTANTE/PRENHA

Porque é que é bom alimentar a minha gata prenha/lactante com ração para gatinhos?

Uma gata prenha ou em lactação necessita de vitaminas adicionais, minerais e proteínas para promover o crescimento das suas crias, a produção de leite e o aporte de calorias adicionais para os níveis de energia. Estes requisitos nutricionais são assegurados por Friskies® Junior. Idealmente, a sua gata deve começar a ser alimentada com uma ração para gatinhos completa e equilibrada mal se aperceba da gravidez. Dessa forma, conseguirá suprir os requisitos adicionais que ela terá a partir das etapas iniciais da gravidez. A quantidade de ração de que a sua gata necessita aumenta dramaticamente enquanto ela está a amamentar. Consulte as nossas diretrizes de alimentação para saber a quantidade de ração necessária às gatas prenhas ou em lactação. De modo a garantir que ela tenha comida suficiente, pode ser boa ideia deixar-lhe um comedouro de ração seca, para que ela possa ir comendo ao longo do dia. Deve ter sempre disponível água potável fresca e limpa. O consumo de água suficiente é um componente vital de uma nutrição diária saudável. Como as gatas em lactação têm de produzir leite, assegure água limpa sempre em abundância.

GATOS QUE VIVEM DENTRO DE CASA

Porque devo alimentar o meu gato que vive dentro de casa com uma fórmula especial de interior?

Os gatos que passam a maioria das suas vidas dentro de casa não só precisam de tempo extra dos seus donos para brincarem com eles e lhes prestarem cuidados, como também necessitam de cuidado adicional no que concerne à nutrição. Os gatos que vivem dentro de casa têm tendência a passar mais de 70% do seu dia a dormir, daí que se exercitem menos, o que resulta em aumento de peso. Os gatos que vivem dentro de casa também tendem a lamber-se com mais frequência, aumentando a probabilidade de criar bolas de pelo no estômago. Podem também ser mais atreitos a problemas do trato urinário.

Friskies® para gatos que vivem dentro de casa é uma ração 100% completa e equilibrada em termos nutricionais, contendo níveis de proteínas e calorias cuidadosamente ajustados para ajudar a reduzir o risco de um aumento de peso excessivo Fornece o equilíbrio adequado de minerais para manter o trato urinário saudável, fibras naturais para reduzir as bolas de pelo e ajudar à digestão, e chicória para reduzir os cheiros da caixa de areia. Pode encontrar Friskies® para gatos que vivem dentro de casa na maioria dos supermercados, juntamente com a gama padrão Friskies®.

GATOS CASTRADOS/ESTERILIZADOS

O que significa "castrado" ou "esterilizado"? São termos aplicados tanto aos machos como às fêmeas?

Castrar ou esterilizar um gato significa a castração do macho e a esterilização da fêmea. Os termos "castrado" ou "esterilizado" podem ser aplicados a machos e fêmeas, contudo, o termo "esterilizado" é normalmente mais dirigido às fêmeas. Friskies® para gatos castrados é adequado tanto para machos como para fêmeas.

Porque é que devo alimentar o meu gato castrado/esterilizado com uma fórmula adaptada?

Quando os gatos são castrados, tornam-se mais atreitos a engordar e pode aumentar a probabilidade de desenvolverem certos problemas do trato urinário. Friskies® para gatos castrados é uma nutrição 100% completa e equilibrada, especialmente formulada para suprir as necessidades dos gatos castrados e promover a sua saúde. Com um rácio de proteínas e gorduras equilibrado, ajuda a manter o peso ideal do seu gato. Um bom equilíbrio de minerais e vitaminas promove um trato urinário saudável e as defesas naturais do seu gato. Pode encontrar FRISKIES para gatos castrados na maioria dos supermercados e lojas de animais, juntamente com a gama padrão Friskies®.

SECA OU HÚMIDA?

Qual é melhor para o meu gato, ração seca ou húmida?

A decisão de alimentar com ração seca ou húmida depende, em grande parte, das preferências do seu gato. Como ambas as fórmulas Friskies®, seca e húmida, constituem uma nutrição 100% completa e equilibrada, ambas fornecerão ao seu gato toda a variedade e nutrição de que necessita. Alguns gatos adoram o fator crocante da ração seca, enquanto que outros preferem os pedaços suculentos da ração húmida. Também pode alimentar o seu gato com uma mistura de ração seca e húmida; basta ter como referência as diretrizes de alimentação para saber como ajustar as quantidades de cada tipo de ração e assegurar que o seu gato permanece na condição física ideal.

ALIMENTO HUMANO

O alimento humano é adequado para gatos? Posso alimentar o meu gato com comida das nossas refeições?

Por diversos motivos, aconselha-se com veemência não alimentar o seu gato com restos de comida. Alguns alimentos humanos são tóxicos para os gatos, mesmo em pequenas quantidades, como seja o exemplo das cebolas ou do chocolate. Para além do mais, a maioria dos alimentos humanos não é nutricionalmente adequada ou equilibrada para gatos, já que são demasiado condimentados ou contêm teores de gordura muito elevados, podendo resultar em problemas gástricos. Os requisitos nutricionais dos gatos diferem dos dos humanos e, logo, os alimentos humanos não contêm necessariamente todos os nutrientes de que o seu gato necessita para se desenvolver. Por último, permitir que os gatos comam à mesa é desaconselhado. Trata-se de uma prática que, para além de levantar questões de segurança e higiene, também pode conduzir a problemas comportamentais. Alimente sempre o seu gato no comedouro, para que não desenvolva maus hábitos de pedinchar comida.

RAÇÃO PARA CÃO

Faz mal ao meu gato comer ração para cão?

Sim. A ração para cães não é adequada para gatos porque estes têm requisitos nutricionais adicionais, incluindo a taurina e o ácido araquidónico, que podem não estar presentes em níveis suficientemente elevados na ração para cães. Dado que a ração para cães não contém tantos destes nutrientes como a ração para gatos, não constitui uma dieta completa e equilibrada para um gato. Os requisitos dietéticos exclusivos dos gatos podem ser preenchidos em segurança fornecendo-lhes uma ração para gatos completa e equilibrada como Friskies®.

SAÚDE E CUIDADOS GERAIS

CUIDADOS GERAIS

Como é que posso avaliar se o meu gato é saudável e se tem um peso normal?

Os gatos saudáveis normalmente têm apetite e um comportamento animado. Se o seu gato estiver mais sossegado que o habitual, ou se não comer tão bem como o costume, é importante contactar o veterinário. Os gatos saudáveis possuem também orelhas limpas e pele sem prurido ou peladas, olhos limpos e brilhantes e nariz húmido e livre de secreções. As fezes e a urina devem ter uma aparência normal. É relativamente fácil pesar o seu gato em balanças de uso doméstico. Peça ao veterinário que lhe indique o peso ideal e monitorize esse valor regularmente. Pode também calcular o peso do seu gato observando a sua classificação de condição física*. Um gato com uma classificação ideal de condição física (isto é, nem abaixo do peso, nem com excesso de peso) revela uma barriga "metida para dentro" quando visto de perfil, e as suas costelas não são visíveis, mas sentem-se facilmente sem terem demasiada gordura a cobri-las. Fale com o veterinário sobre a melhor forma de monitorizar o peso do seu gato. A obesidade é um problema comum e manter o seu gato no seu peso ideal é uma das melhores formas de garantir que ele permanece saudável.

* Disponível na FEDIAF, Federação Europeia da Indústria de Alimentos para Animais de Estimação, em :
  www.fediaf.org/self-regulation/nutrition

Ouvi dizer que os gatos têm propensão para contraírem doenças do trato urinário. O que é que posso fazer para prevenir problemas de saúde relacionados com as vias urinárias do meu gato?

Os problemas que afetam o sistema do trato urinário inferior dos felinos muitas vezes impedem a bexiga de esvaziar corretamente, podendo inclusivamente provocar um bloqueio fatal da uretra, o tubo que liga a bexiga ao exterior do corpo. Muitas vezes a culpada é a Doença do trato urinário inferior dos felinos (DTUIF), que não se resume a um problema, tratando-se antes de um conjunto de sintomas clínicos que podem ter mais do que uma causa possível. Os sintomas clínicos da DTUIF incluem micção frequente ou dolorosa, urina ensanguentada e necessidade de lamber com frequência o orifício urinário.

Um passo crucial no tratamento da DTUIF é determinar a origem do problema, que pode ser causado por pedras na bexiga, bloqueio do trato urinário, infeção ou até mesmo por stresse. Alguns gatos são mais propensos a problemas do trato urinário inferior do que outros. Os machos têm, no geral, mais tendência a sofrerem de bloqueios da uretra, devido a possuírem uretras mais estreitas. São raros os diagnósticos de DTUIF em animais com menos de um ano de idade, sendo que a média de idade para a incidência são os quatro anos e que os gatos de meia-idade constituem um grupo de risco. Os gatos obesos, os que vivem dentro de casa, os que se exercitam pouco e os castrados também enfrentam um risco mais elevado de sofrerem da doença.

Se o seu gato foi diagnosticado com DTUIF, peça conselhos ao veterinário acerca da melhor forma de ajudar o animal. Se o seu gato foi diagnosticado com cálculos urinários, o veterinário pode aconselhar uma dieta especial para ajudar a reduzir o risco de recorrência do problema.  Se o seu gato sofre de uma DTUIF associada ao stresse, tal como Cistite idiopática dos felinos, o veterinário pode recomendar formas de aumentar o consumo de água, tal como seguir uma dieta húmida.

Se o seu gato nunca foi diagnosticado com DTUIF, existem formas de prevenir a incidência da doença:
• Assegure que o gato tem acesso a bastante água fresca e limpa para o encorajar a beber e produzir urina diluída. É preferível utilizar uma gamela de cerâmica, já que o plástico pode afetar o sabor da água. Utilize uma gamela grande para que os bigodes do gato não toquem no rebordo ao beber, e mantenha o bebedouro afastado da caixa de areia e do comedouro. Colocar vários bebedouros em pontos diferentes da casa também o encorajará a beber mais quantidade. Aumentar o consumo de água do gato assegura a produção de urina diluída, fator que reduz o risco de formação de cristais e pedras, bem como o risco de irritação da bexiga devido a urina concentrada.
• Brinque com o seu gato e incentive-o a exercitar-se o mais possível
• Troque e limpe a caixa de areia com frequência porque os gatos são, por natureza, animais muito asseados. Se a caixa de areia estiver suja, o gato evitará utilizá-la, o que significa que a urina irá ficar contida mais tempo na bexiga, potencialmente provocando irritação e acumulação de cristais.
• Evite alterações bruscas na dieta (especialmente na transição de dieta húmida para seca), já que tal pode provocar diarreia. Nessa eventualidade, a água é eliminada nas fezes e não na urina, o que conduz a urina concentrada e a problemas associados.
• Implemente uma dieta destinada a produzir urina de acidez moderada (por exemplo, com Friskies), para reduzir o risco de formação de certo tipo de pedras. Se possível, permita que o gato coma biscoitos ao longo do dia em vez de o fazer em poucas refeições diárias, já que tal promoverá um pH urinário constante.
• Evite fatores de stresse para o seu gato. Situações stressantes, como mudanças de casa, a chegada de um bebé ou até mesmo condições meteorológicas adversas são causas conhecidas de crises de DTUIF nos gatos. Sempre que possível, facilite qualquer transição de ambiente e diminua o impacto do stresse no seu gato. Fale com o veterinário para obter ideias para ajudar o seu gato a lidar com eventos stressantes anunciados.

As receitas Friskies® são formuladas para promover um trato urinário saudável. Todas as nossas fórmulas são compostas de alimentos completos e equilibrados, destinados a colmatar todas as necessidades nutricionais dos gatos saudáveis. As nossas fórmulas foram desenvolvidas por especialistas de nutrição e veterinários e contêm minerais equilibrados, para promover um pH e um sistema urinário saudáveis. Não se destinam, contudo, ao tratamento de animais doentes.

HIGIENE E CUIDADOS

Como é que devo cuidar da higiene do meu gato?

Os cuidados regulares mantêm o seu gato a brilhar, por dentro e por fora. Para além da função de remover pelo morto e manter a pelagem e a pele saudáveis, os cuidados de higiene fortalecem os laços entre o dono e o animal, reduzem o risco de formação de bolas de pelo e permitem-lhe avaliar o estado de saúde geral do gato.

Inclua os cuidados de higiene na rotina do seu gato tão cedo quanto possível, idealmente desde tenra idade. A rotina de cuidados do pelo permite-lhe detetar parasitas externos e feridas na pele, manter os sofás livres de pelo e também construir uma relação de proximidade entre ambos. Como orientação, recorde que os gatos de pelo longo necessitam de cuidados de higiene e escovagem diários, enquanto que os de pelo curto requerem uma rotina única por semana.

Higiene e cuidados, escovagem

A pelagem dos gatinhos é mais macia e mais curta do que a dos adultos. No entanto, mesmo que não seja necessária uma rotina de cuidados e escovagem, é bom habituar os gatinhos a serem tratados desde uma tenra idade. Irão adorá-lo por lhes proporcionar uma rotina de cuidados e mimos. A maioria virá a correr assim que o vir de escova na mão. Como cuidar e escovar:
• Para manter lustrosa a pelagem curta, recorra a uma escova de dentes finos de metal uma vez por semana, e a uma escova de cerdas naturais ou de borracha para remover pelos mortos
• Escove o gato suavemente na direção do crescimento do pelo.
• Utilize a escova de cerdas para levantar o pelo na direção da cabeça e, de seguida, alise o pelo novamente.
• Para manter lustroso o pelo longo, escove diariamente com um pente de aço.
• Os nós podem ser desembaraçados com os dedos ou cortados cuidadosamente com uma tesoura de pontas redondas. Como alternativa, se tiver receio de ferir acidentalmente o animal, pode pedir ao veterinário que se encarregue do procedimento.
• Se o seu gato reagir mal e resistir à rotina de cuidados de higiene, experimente distraí-lo com um biscoito, fazer-lhe festas e falar-lhe de forma reconfortante, enquanto começa a escová-lo suavemente.

Dar banho

Ver o seu gato no seu melhor irá enchê-lo de orgulho. Ainda que os gatos de pelo curto possam passar a vida inteira sem um banho, podem surgir situações que o exijam. Por outro lado, as raças de pelo longo e os gatos de exibição e competição tomam banho regularmente, de modo que é conveniente habituá-los desde cedo a tomar banhos de água morna. A maioria dos gatos não gosta de água e pode tornar-se agressiva quando se lhes dá banho. Assim, se não se sentir confortável para lhe dar banho sozinho, pode sempre pedir ajuda ao tratador ou ao veterinário.

Quais são os procedimentos para lavar os dentes, as garras, as orelhas e os olhos?

Os gatos são naturalmente asseados. Assim, sobra muito pouco para tratar. Faça um exame rápido uma vez por semana, limpe-lhe as orelhas e os olhos com algodão humedecido e verifique o estado dos dentes e garras. Deve escovar os dentes do gato diariamente com uma pasta receitada pelo veterinário e uma escova de dentes especialmente concebida para o efeito. Habituar o gatinho desde cedo à escovagem dos dentes é extremamente útil e pode reduzir o risco de ter de o sujeitar a raspagens dentárias no veterinário numa fase posterior. À medida que vai for conhecendo o seu gato, irá reparar que as suas garras são compostas por camadas. Quando o gatos trepa a uma árvore ou brinca com o poste de arranhar, a camada exterior da garra desprende-se e revela uma garra nova e mais afiada por baixo (irá encontrar com frequência as cascas das garras antigas perto dos locais que o gato prefere para arranhar). É por esse motivo que os gatos saudáveis e ativos raramente necessitam de cortar as unhas. No entanto, os gatos que vivem dentro de casa e os gatos mais velhos podem requerer mais atenção. Se for necessário raspar os dentes ou cortar as garras, deve levar o gato ao veterinário.

VACINAÇÃO

Qual é o tratamento para desparasitação?

Os gatos precisam de ir ao veterinário para vacinação uma vez por ano. Deve discutir o plano de vacinação com o veterinário e manter um registo das vacinas tomadas e das inoculações seguintes. Geralmente, os gatinhos necessitam de um plano inicial de pelo menos 2 injeções, seguidas de uma dose de reforço anual. Os requisitos de vacinação variam consoante a região, de modo que se recomenda acertar com o veterinário um plano de vacinação específico para o seu gato.

DESPARASITAÇÃO, PULGAS

Qual é o tratamento para desparasitação?

Os parasitas que mais afetam os gatos são os áscaris e as ténias.

Os áscaris, ou vermes redondos, afetam em particular os gatinhos. Recomenda-se que desparasite o seu gatinho todos os meses até aos 6 meses de idade, depois aos 9 e aos 12 meses e, posteriormente, duas vezes por ano na idade adulta. O veterinário irá fornecer-lhe uma rotina de desparasitação aquando da primeira vacinação.

As ténias assemelham-se a pequenos pedaços de arroz e são muitas vezes detetadas agarradas ao ânus ou à cauda. Os gatos apanham este parasita através da caça e ingestão das suas presas (pássaros, ratos, etc.), comendo carne crua ou pulgas do pelo. Para o tratamento efetivo deste parasita tão difícil de remover, consulte o veterinário, que lhe pode fornecer aconselhamento adequado para o controlo das pulgas.

Qual a melhor solução para o problema da infestação de pulgas do meu gato?

As pulgas não são apenas um problema do seu gato. Para cada pulga que habita no seu gato como um hospedeiro, podem existir noventa e nove pulgas em sua casa! As pulgas são o problema mais comum de parasitas externos encontrados em gatos e cães. As pulgas adultas podem viver durante meses, alimentando-se do sangue do seu gato e reproduzindo-se através da postura de ovos. Existem muitos tratamentos disponíveis para pulgas e lombrigas em lojas de animais e clínicas veterinárias. O veterinário é a pessoa indicada para lhe recomendar o mais adequado para o seu gato e a sua casa.

NO CIO

Como é que posso saber quando o meu gato está com o cio (Estro)?

Os gatos atingem a puberdade entre os cinco e os nove meses, e o cio surge repentinamente. Se acasalar, o período de cio da gata parará abruptamente após vários acasalamentos por dia. Se não se der o acasalamento, o estro dura entre cinco a dez dias e recorre após cinco a doze dias. Os sinais do estro podem ser preocupantes para os donos, que muitas vezes pensam que o gato está a passar por dores horríveis (e, em consequência, telefonam ao veterinário). A gata chora, geme e berra (em particular as raças orientais), abana constantemente a cauda, ergue a parte traseira do corpo e aninha-se nas patas dianteiras. Pensa-se que a maioria dos gatos entra no cio três a quatro semanas após parir. Contudo, há casos de gatas que ficam prenhas ainda enquanto estão a amamentar os seus gatinhos!

INSUFICIÊNCIA RENAL, D.T.U.I.F., DIABETES, ALERGIAS, ABCESSOS...

INSUFICIÊNCIA RENAL, D.T.U.I.F., DIABETES, ALERGIAS, ABCESSOS...

Se o seu gato foi diagnosticado com uma das doenças acima referidas, deve pedir ao veterinário que lhe forneça mais informações sobre a enfermidade, o tratamento e quaisquer requisitos de dieta específicos ou receitas. Apesar de não substituir uma ida ao veterinário, pode também ser útil consultar o site Dietas de veterinário Purina: www.purinavets.eu.

EM CASO DE EMERGÊNCIA

EM CASO DE EMERGÊNCIA

Sabemos que o seu maior desejo é partilhar uma vida longa e feliz com a menina dos seus olhos. Por isso é que é importante ser capaz de dar resposta rápida e eficaz em caso de emergência. Aqui ficam alguns indicadores que podem ser úteis.

ACIDENTES DE CARRO OU QUEDAS GRAVES

ACIDENTES DE CARRO OU QUEDAS GRAVES

• Afaste o seu gato de perigos adicionais com cuidado.
• Improvise uma "maca" com um tapete ou um casaco e, apoiando o corpo inteiro, coloque o gato em cima.
• Tenha cuidado para não torcer o corpo e segure a cabeça a um nível ligeiramente mais baixo do que o tronco, para permitir a circulação sanguínea para o cérebro.
• Mantenha o animal aquecido até chegar ao veterinário.

COMO MOVER UM GATO FERIDO

COMO MOVER UM GATO FERIDO

Os gatos feridos ficam assustados e sofrem com dores e angústia.
• Aproxime-se do seu gato devagar e com calma. Se possível, calce luvas e afaste o rosto do animal.
• Segure o gato pelo pescoço com cuidado para o imobilizar e coloque a mão por baixo dos quartos traseiros para o apoiar.
• Embrulhe o gato num cobertor ou toalha para evitar que se debata.
• Coloque o gato num transportador e leve-o de imediato ao veterinário. Se possível, ligue ao veterinário antes de chegar, para que fique de sobreaviso.

PARA PARAR UMA HEMORRAGIA

PARA PARAR UMA HEMORRAGIA

Aplique uma compressa fria com firmeza sobre a ferida para estancar o sangue até chegar ao consultório do veterinário.

  • Através dos olhos do seu gato

    Sabe como o seu gato vê o mundo?

    Faça o nosso teste

  • A promessa Friskies

    O nosso compromisso com os donos de gatos

    Saber mais

  • Galeria

    ​Anúncios televisivos, vídeos, wallpapers: irá encontrá-los todos na nossa galeria!

    Visualizar e partilhar