Treino contínuo: treinar cães mais velhos

Não são só os cachorros que adoram a agitação do treino ou a relação emocional que constroem, quando aprendem novas competências. Os cães adultos e seniores podem também beneficiar de treino contínuo, especialmente se surgirem mudanças na sua vida.
Treinar cães seniores
Treinar cães seniores
Treinar cães seniores
Um cão mais velho bem treinado, por exemplo, tornará muito mais fácil qualquer mudança de casa ou dará o exemplo a um cachorro, que tenha acabado de chegar à família!

O treino de um cão adulto ou sénior permite-lhe fortalecer a sua relação com ele e partilhar momentos de diversão, enquanto ajuda o seu cão a manter-se física e mentalmente ativo.

Quando ele aprender os comandos básicos, ficará surpreendido com tudo o resto que lhe pode ensinar. Talvez haja uma forma mais divertida de apanhar os brinquedos no jardim: pode treinar o seu amigo de quatro patas a arrumá-los por si, colocando-os numa caixa! Ou porque não treiná-lo a ir buscar os seus chinelos ou a procurar o comando da televisão que se encontra perdido?

Um cão adulto bem treinado é também um cão muito mais seguro e mais divertido de ter junto de outras pessoas. Se o seu cão ficar demasiado excitado em público ou com visitas, pode ser desagradável, mas com algum treino, ele transformar-se-á no ser mais bem comportado das redondezas! Quase todos os cães podem aprender os comandos de obediência básica e muito, muito mais, independentemente da raça, experiência ou idade.

Treinar cães adultos e cães seniores

Para começar a treinar o seu cão adulto ou sénior e para conhecer outros donos e cães, junte-se a uma escola de treino de boa reputação e que baseie a sua atuação no reforço positivo. Deve escolher uma escola que ofereça diferentes cursos de treino para cães de todas as idades e origens. Muitos donos escolhem a mesma escola, onde o seu cachorro aprendeu os comandos básicos de obediência, porque conhecem já alguns donos e cães com quem fizeram amizade. Afinal, o treino deve ser uma experiência tanto divertida como educacional!

Se precisa de ajuda sobre como treinar cães mais velhos, um curso de treino com aulas semanais, irá proporcionar-lhe um período de tempo regular que dedica ao seu cão, melhorando a sua destreza enquanto treinador e permitindo ao seu cão praticar as suas competências de concentração. O seu cão beneficiará da forma como as aulas estão estruturadas, enquanto que praticar os exercícios em casa também o manterá mentalmente estimulado!

O treino contínuo do seu cão dependerá dos seus objetivos e das competências do seu cão. Porque não discutir este tema com um treinador profissional? Talvez precise de relembrar as noções de obediência ou, se acabou de adotar o seu cão, poderá ser mais adequado apostar em aulas de socialização com outros cães adultos e/ou sessões de treino personalizado. Podem até escolher um novo passatempo e começar a treinar o seu cão para praticar algum desporto, como por exemplo agilidade ou disco!
Treinar cães adultos ou seniores

Treinar cães seniores

Pode sempre ensinar novos truques e competências a um cão mais velho. Na verdade, treinar um cão sénior é exatamente igual a treinar um cão adulto!

É importante lançar desafios ao seu cão para o manter perspicaz e alerta, em todas as idades. Aprender novas competências é também vital para a manutenção de uma boa função cognitiva. Pense no cérebro como um músculo, que se não for exercitado pode enfraquecer.

Quer esteja a começar com um cão sénior adotado e não treinado ou esteja simplesmente a ensinar novos exercícios ao seu velho cão de família, ele adorará passar tempo de aprendizagem consigo. Corretamente motivado e recompensado, ele será um aluno cheio de vontade e, se se conhecerem há vários anos, tanto melhor: para os cães mais velhos, treinar com alguém que adoram, pode ser tão confortável e divertido como roer o seu brinquedo favorito!

Considerações especiais para cães seniores

  • Tal como nos treinos à base de reforço positivo em cães de qualquer idade, certifique-se que as recompensas em comida são contabilizadas na dose diária de ração do seu cão. Este cuidado é especialmente importante para os cães seniores porque têm um metabolismo mais lento e podem ter tendência para ganhar peso. Quer mantê-lo em boa forma, o que significa garantir que ele recebe uma nutrição corretamente equilibrada.
    • Os cães são considerados seniores em diferentes idades, dependendo do tamanho da sua raça. No entanto, em média, um cão é considerado sénior quando atinge sete anos de idade (as raças pequenas tornam-se seniores um pouco mais tarde e as raças grandes um pouco mais cedo).
      • Quando treinar um cão sénior, tenha em atenção qualquer requisito específico de saúde que ele possa ter. Se o seu cão sofre de artrite, por exemplo, não exija muito das suas articulações com demasiado exercício físico e tenha o cuidado de não o treinar em espaços com o chão escorregadio.
        • O seu cão sénior quer divertir-se e agradá-lo, pelo que pode não o avisar quando já estiver cansado e for hora de terminar a sessão de treino. Seja cuidadoso e não o canse em demasia porque ele pode continuar estoicamente a fazer o melhor possível para o agradar, mesmo que esteja pronto para beber um pouco de água e dormir uma sesta! O treino exige muita concentração (e até algum esforço físico), o que pode ser muito cansativo. É muito melhor fazer sessões de treino curtas e frequentes do que fazer maratonas ocasionais de treino.
          • Desde que se mantenha atento às necessidades do seu cão e desenvolva um plano de treino divertido e não extenuante, passarão momentos muito divertidos juntos… e poderá verificar que tem o cão melhor comportado que conhece!
Cuidados especiais com cães seniores