Ofereça ao seu novo animal de companhia
um início de vida incrível


As decisões que tomar no primeiro ano de vida do seu cachorro terão impacto na sua saúde e a felicidade a longo prazo. Na PURINA® PRO PLAN®, estamos aqui para ajudá-lo em todas as etapas deste processo, com conselhos de especialistas sobre cuidados gerais bem como com dietas cientificamente adaptadas às necessidades nutricionais do seu animal de estimação.

 

90 anos de ciência nutricional pioneira

0-3 meses: tempo com a mãe e consigo

Os médico veterinários e os criadores recomendam que os cachorros permaneçam com a mãe e com os irmãos da ninhada até pelo menos às 8-12 semanas de idade. Passar este tempo a aprender e a socializar com os membros da família é crucial para a sua saúde mental e emocional a longo prazo.

Nas semanas antes de receber o seu novo cachorro deve aproveitar a oportunidade para preparar e pensar sobre as coisas práticas importantes como por exemplo a nutrição.

Precisa de saber:

As necessidades nutricionais do seu cão vão mudar em cada fase da sua vida. Em cachorro, precisará de três vezes mais calorias por quilo do seu peso corporal do que em adulto, além de níveis muito mais altos de proteínas, vitaminas e minerais.

A gama PURINA® PRO PLAN® oferece três dietas habilmente adaptadas às necessidades específicas de diferentes cachorros:

• PURINA® PRO PLAN para Cachorro com OPTISTART® para a sua saúde geral e para fortalecer as defesas naturais.
• PURINA® PRO PLAN para Cachorro com OPTIDIGEST® para um suporte extra da digestão sensível.
• PURINA® PRO PLAN para Cachorro com OPTIDERMA® para cachorros com pele sensível.

Não se esqueça de:

Registar antecipadamente o seu cachorro com o seu médico veterinário e conversar sobre o plano de médico vacinação que o seu cachorro precisa.

3 meses: bem-vindo a casa

Deixar a mãe e os irmãos e mudar para um novo ambiente pode ser stressante para o seu cachorro. Uma forma de o ajudar a relaxar é preparar um espaço onde ele se possa sentir seguro. O stress também pode causar distúrbios intestinais (infeções virais ou bacterianas) e ter um impacto no sistema imunitário do seu cachorro. É aqui que a nutrição correta importa.

O que pode fazer?

• Alimente o seu cachorro três a quatro vezes por dia com o mesmo alimento com que foi desmamado.
• Leve-o à rua assim que ele acordar, após cada refeição e a cada hora.
• Apresentá-lo à sua família e habituá-lo a ser tocado/segurado vai relaxá-lo e também no futuro vai tornar as visitas ao veterinário menos stressantes.

Verifique com o seu médico veterinário:

• Desparasitação interna.
• Todas as vacinas indicadas.
• Desparasitação externa (carraças, pulgas, etc.).

Precisa de saber:

Nos primeiros cinco meses de vida, os cachorros ainda não têm todas a defesas naturais. PURINA® PRO PLAN® com OPTISTART® ajuda a colmatar esta “lacuna de imunidade” com colostro - o primeiro leite da mãe - que ajuda a fortalecer as defesas naturais do seu cachorro.

É o seu primeiro cachorro?

Aprenda as bases da alimentação.

Não se esqueça de:

Habitue o seu cachorro desde cedo a ser tocado. Isso fará com que escová-lo, dar-lhe banho e as visitas ao veterinário sejam muito menos stressantes no futuro.

4 meses: a crescer rapidamente

O seu cachorro fica todos os dias mais ativo e curioso, explorando tudo com os olhos, patas, nariz e boca. Vai começar a perder os dentes de leite que serão substituídos pelos dentes definitivas.

O que pode fazer?

• Satisfaça a necessidade natural do seu cachorro de morder coisas oferecendo-lhe brinquedos indestrutíveis e não tóxicos.
• Mantenha longe do seu alcance objetos pequenos e cabos elétricos.
• Deixe o seu cachorro socializar com outros cães, desde que eles tenham sido vacinados.
• Entre as 14-16 semanas de idade deve começar a pensar em inscrevê-lo em aulas de treino para cachorros. Esta é uma fase crítica de aprendizagem.

Verifique com o seu médico veterinário:

• Verifique se está em boa forma física para que não esteja nem abaixo do peso ideal nem com excesso de peso.
• O desenvolvimento ósseo, articular e dentário.
• Em cães de raça grande é especialmente importante verificar se não estão com excesso de peso.

Precisa de saber:

Assim como os humanos, os cães podem beneficiar com suplementos de probióticos com bactérias vivas - como PURINA® PRO PLAN® VETERINARY DIETS Canine FortiFlora®.

Polvilhado no alimento habitual do seu cachorro, o FortiFlora® ajuda a melhorar o equilíbrio da microflora no intestino, o que promove a saúde intestinal, fezes de boa qualidade e fortalece o sistema imunitário.

Não se esqueça de:

Começar a escovar os dentes do seu cachorro de forma regular. Isto irá ajudar a prevenir a formação de tártaro.

5 meses: a fase estranha

O seu cachorro está a crescer rapidamente. Esteja atento a possíveis impactos nos ossos e articulações (especialmente em cães de raça grande). Pode haver um aumento de apetite e consequentemente o risco de excesso de peso. À medida que os dentes vão crescendo, ele pode sentir algumas dores que podem levar a algum mau humor e a sangramento das gengivas.

O que pode fazer?

• Retire a tigela de alimentação quinze minutos depois de lhe dar a refeição. Não deixe alimento disponível o dia todo.
• Se os seus dentes parecerem doridos, dê-lhe novos brinquedos para mastigar.
• Habitue-o a responder aos seus comandos, palavras e gestos.
• Recompense-o enquanto o treina. Os croquetes para cachorro são ótimos, mas tenha em atenção de não o superalimentar

Verifique com o seu médico veterinário:

• Verifique se está em boa forma física para que não esteja nem abaixo do peso ideal nem com excesso de peso.
• O desenvolvimento ósseo, articular e dentário.
• Desparasitação interna.
• Toda a vacinação para a idade e necessidades.
• Desparasitação externa (carraças, pulgas, etc.)

6 meses: autoconhecimento

A personalidade do seu cachorro começa a aparecer. Tem mais energia que nunca e está sempre pronto para a brincadeira. O seu sistema digestivo está praticamente desenvolvido.

O que pode fazer?

• Em casa estabeleça regras claras para o seu cachorro.
• Aumente a dose de alimento enquanto diminui o número de refeições para duas ou três vezes por dia.
• Dedique-lhe mais tempo de treino ou brincadeira e introduza novos brinquedos.

Verifique com o seu médico veterinário:

• Verifique se está em boa forma física para que não esteja nem abaixo do peso ideal nem com excesso de peso.
• O desenvolvimento ósseo, articular e dentário.

7 meses: nova aparência

Dependendo da raça do seu cachorro, por esta altura a sua aparência já deve ter mudado e deverá ter o pelo e quase toda a dentição adulta. Se for fêmea, dependendo do seu tamanho, é a altura de ter o primeiro cio.

O que pode fazer?

• Escove os dentes do cachorro regularmente para evitar que a formaçãode tártaro.
• Não escove o pelo com muita frequência, pois isso pode danificar a sua pele.
• Tente manter a sua rotina de exercícios diários, mesmo que esteja ocupado.
• Verifique se não há praganas ou espinhos de plantas no seu pelo depois de brincar ao ar livre
• Verifique se tem o pelo limpo, principalmente à volta das orelhas e entre os dedos das patas

8 meses: jovem adulto

Ele pode parecer-se já com um cão adulto, mas ainda é um cachorro. Se for de raça pequena, por esta altura já é sexualmente maduro. Se for de tamanho médio ou grande ainda não se parecerá totalmente com um cão adulto.

O que pode fazer?

Se tiver uma cadela e esta apresentar os primeiros sinais de que está com o cio, mantenha-a longe dos machos para evitar uma gravidez precoce.

Verifique com o seu médico veterinário:

• Verifique se está em boa forma física para que não esteja nem abaixo do peso ideal nem com excesso de peso.
• O desenvolvimento ósseo, articular e dentário.

9 meses: o mundo dos grandes

Parece-se cada vez mais com um cão adulto, mas com toda a energia de um cachorro que ainda quer mimos. Neste período de transição, precisa porém de um pensamento especial sobre nutrição.

Precisa de saber

Há poucas coisas que podem ter um impacto tão grande no bem-estar do seu cão a longo prazo como a nutrição que lhe dá. Na PURINA® PRO PLAN®, os nossos veterinários e cientistas desenvolveram uma gama de dietas otimizadas para diferentes necessidades. Pergunte ao seu veterinário sobre a dieta certa para o seu cão - ou explore a nossa gama para adulto aqui.

O que pode fazer?

• Continue a treiná-lo para que obedeça aos seus comandos.
• Tenha o cuidado de ser consistente e simples nas regras diárias.

Verifique com o seu médico veterinário:

• Verifique se está em boa forma física para que não esteja nem abaixo do peso ideal nem com excesso de peso.
• O desenvolvimento ósseo, articular e dentário.

10 meses: a crescer mais devagar

Embora já tenha tamanho de um cão adulto, o seu sistema imunitário ainda não está totalmente maduro. Mantenha-se atento.

O que pode fazer?

• Verifique o seu desenvolvimento regularmente.
• Continue a dar-lhe uma alimentação específica para cachorros.
• O seu cachorro continua a precisar que o estimule. Continue a explorar novas experiências com ele.

Verifique com o seu médico veterinário:

• Verifique se está em boa forma física para que não esteja nem abaixo do peso ideal nem com excesso de peso.
• O desenvolvimento ósseo, articular e dentário.

11 meses: continue a construir

O seu cachorro continua a crescer. E, apesar do seu tamanho ainda não é completamente adulto e continua a depender de si enquanto se desenvolve.

O que pode fazer?

• Alimentá-lo com um produto especialmente formulado para cachorros até pelo menos ele ter 12 meses.
• Continue a fortalecer o vosso relacionamento com regras e comandos consistentes e simples. O seu cachorro continuará a aprender, mesmo que conscientemente não lhe esteja a ensinar nada.
• Levá-lo no seu carro e/ou em transportes públicos, seguindo as regras que se aplicam aos animais.

12 meses: parabéns!

O seu cachorro completou o seu maravilhoso primeiro ano no mundo! Se é de uma raça pequena ou média, a partir de agora já é um adulto e deverá mudar a sua alimentação. Se é de raça grande, ainda será cachorro até ter 24 meses.

O que pode fazer?

• Preste atenção a qualquer mudança no seu apetite e fezes.
• Confie nos seus instintos se notar alguma mudança no seu cachorro. É a pessoa que melhor o conhece, bem como o seu comportamento. Observe-o com cuidado, em particular relativamente a mudanças de apetite ou fezes. Faça uma lista de perguntas para fazer ao seu veterinário.

Verifique com o seu médico veterinário:

• Verifique se está em boa forma física para que não esteja nem abaixo do peso ideal nem com excesso de peso. Tenha em conta se é um cão pequeno, médio ou grande.
• O desenvolvimento ósseo, articular e dentário. Os dentes continuam a crescer na idade adulta.