Sorry, you need to enable JavaScript to visit this website.
Your Pet, Our Passion.
Terrier Escocês

Principais características da raça de cães Terrier Escocês

Apesar do seu tamanho pequeno, os Terriers Escoceses transmitem a sensação de serem cães fortes e poderosos. Têm uma pelagem exterior dura e cerdosa com um subpelo macio e denso, e umas barbichas e sobrancelhas salientes. Os Terriers Escoceses podem ser pretos, da cor do trigo ou malhados. Os Terriers Escoceses adultos medem 25-28cm e pesam 9-11kg.

O que necessita saber
  • Cão adequando para donos com alguma experiência
  • Necessário algum treino
  • Gosta de passeios tranquilos
  • Gosta de dar passeios de uma hora por dia
  • Cão Pequeno
  • Cão que se baba pouco
  • Requer tratamento do pelo dia sim dia não
  • Raça não hipoalergénica
  • Cão conversador e vocal
  • Cão de guarda. Ladra e alerta para situações de perigo
  • Pode precisar de treino antes de viver com outros animais
  • Pode precisar de treino antes de viver com crianças

Características

Esperança Média de Vida: 12–15 anos
Peso em Adulto: 9–11kg
Altura:  25–28cm
Cores: Preto, e todos os tons de trigo ou tigrado
Porte: Pequeno

Avaliação

Adequado para Famílias: 4/5
Necessidade de Exercício: 4/5
Fácil de Treinar: 1/5
Tolerância para ficar sozinho: 3/5
Sociável com outros animais: 4/5
Nível de Energia: 4/5
Escovagem e Higiene: 2/5
Queda de Pelo: 2/5
Terriers escoceses preto e branco sentados um ao lado do outro

Personalidade

Os Terriers Escoceses têm uma ousadia e coragem desproporcional ao seu tamanho. O Terrier Escocês pode parecer taciturno e reservado com estranhos, mas são leais, carinhosos e alegres no seu seio familiar. Os Terriers Escoceses, apesar de toda a sua lealdade com os seus donos, são cães independentes e necessitam de imensa motivação, divertimento e paciência no treino.

Terrier Escocês a brincar com as crianças

História e Origem

Não houve referências desta raça até 1859 e, nesse ano, os "cães Escoceses" foram exibidos pela primeira vez como raça independente numa exposição canina, figurando sob o nome de "Terrier de Aberdeen", a região onde provavelmente foram criados de forma seletiva. Porém, é certo que os West Highland White Terriers e os Terriers Escoceses estão intimamente ligados, pois os seus antepassados são oriundos da região de Blackmount em Perthshire e de Rannoch Moor. Nessa altura estes cães eram utilizados para retirar os roedores das rochas, ratazanas de debaixo da terra, e outras pragas dos celeiros.