Sorry, you need to enable JavaScript to visit this website.
Your Pet, Our Passion.
Setter Irlandês

Setter Irlandês

O principal atributo deste cão de caça de porte grande e musculoso é a sua pelagem encantadora, de castanho até mogno. É uma pelagem acetinada, lisa com plumagem ao longo das pernas, orelhas e na cauda. Equilibrado, elegante e caminha de cabeça erguida. Os machos adultos medem, em média, 65cm e pesam 31kg; as fêmeas adultas medem 61cm e pesam 26kg.

O que necessita saber
  • Cão adequando para donos inexperientes
  • Necessário algum treino
  • Gosta de passeios exigentes onde gaste muita energia
  • Gosta de dar passeios de mais de duas horas por dia
  • Cão grande
  • Cão que se baba pouco
  • Requer tratamento do pelo dia sim dia não
  • Raça não hipoalergénica
  • Cão pouco vocal
  • Não é um cão de guarda
  • Pode precisar de treino antes de viver com outros animais
  • Cão perfeito para famílias

Características

Esperança Média de Vida: 12-15 anos
Peso em Adulto: 31kg for males and 26kg for females
Altura: Adult males measure 65cm and females measure 61cm
Cores: Castanha e mogno
Porte: Grande

Avaliação

Adequado para Famílias: 5/5
Necessidade de Exercício: 5/5
Fácil de Treinar: 4/5
Tolerância para ficar sozinho: 2/5
Sociável com outros animais: 5/5
Nível de Energia: 5/5
Escovagem e Higiene: 3/5
Queda de Pelo: 4/5
Setter Irlandês em campo

Personalidade

O cão Setter Irlandês bem cruzado, bem socializado e bem treinado é extraordinariamente dócil e dá um animal de estimação familiar carinhoso. É muito importante uma exposição precoce a gatos e supervisão cuidada se tiverem de partilhar uma casa com um felino. Por serem muito amistosos, não são bons cães de guarda, apesar de anunciarem a presença de uma visita. O Setter Irlandês permanece muito brincalhão ao longo da sua vida – uma das suas qualidades mais cativantes.

Setter Irlandês dá a pata

História e Origem

País de Origem: Hungria

Os Setter Irlandeses são os mais antigos do grupo de setters, precedendo os Setter Gordons e Setter Ingleses. Presume-se que a raça é fruto de cruzamentos entre spaniels antigos, setter spaniels e  Setter Escoceses. Em 1882, foi fundado o Clube do Setter Irlandês Vermelho em Dublin, inspirado pelo programa de reprodução do Conde de Enniskillen, que foi quem desenvolveu a distinta pelagem vermelha sólida. Na década de 1940, a raça foi quase extinta devido à atrofia progressiva da retina, mais conhecida como APR. Através do desenvolvimento de um teste de ADN para identificar a espécie ou estirpe do agente infecioso, a raça recuperou e a ocorrência da APR diminuiu drasticamente.