Sorry, you need to enable JavaScript to visit this website.
Your Pet, Our Passion.
Kerry Blue Terrier

Kerry Blue Terrier

Um cão musculoso e compacto, o Kerry Blue Terrier é robusto, revestido com uma pelagem ondulada, macia e acetinada de cor azul com ou sem manchas pretas. Os machos adultos medem cerca de 46-48cm e pesam 15-17kg e as fêmeas adultas pesam e medem pouco menos.

O que necessita saber
  • Cão adequando para donos experientes
  • Necessário algum treino
  • Gosta de passeios com alguma atividade
  • Gosta de dar passeios de uma hora por dia
  • Cão médio
  • Cão que se baba pouco
  • Requer tratamento do pelo dia sim dia não
  • Raça hipoalergénica
  • Cão conversador e vocal
  • Cão de guarda. Ladra e alerta para situações de perigo
  • Pode precisar de treino antes de viver com outros animais
  • Pode precisar de treino antes de viver com crianças

Características 

Esperança Média de Vida: 13-15 anos
Peso em Adulto:  15-17kg
Altura:  46-48cm
Cores:  Cor azul acinzentado, com ou sem pontos pretos
Porte:  Médio

Avaliação

Adequado para Famílias: 4/5
Necessidade de Exercício: 5/5
Fácil de Treinar: 4/5
Tolerância para ficar sozinho: 3/5
Sociável com outros animais: 2/5
Nível de Energia: 4/5
Escovagem e Higiene: 2/5
Queda de Pelo: 1/5
Kerry Blue Terrier a pousar à frente da camera

Personalidade

Sendo um terrier típico, o Kerry Blue é um cão alerta, carismático e confiante, podendo ser teimoso. Requer disciplina devido aos seus instintos de caça, no entanto a eficácia disciplinar nem sempre funciona! Alguns poderão criar problemas com outros cães, pelo que é importante uma socialização precoce e um treino contínuo.

Kerry Blue Terrier em pé na relva

História e Origem

País de Origem: Ireland

A raça canina Kerry Blue Terrier eram cães de quinta polivalentes. Outrora utilizada como cães de guarda para propriedades, para manter os roedores sob controlo, caçar e para recuperar a caça míuda e ainda pastorear o rebanho. Diz-se que esta raça descende de um cão que nadou até à costa irlandesa vindo de um naufrágio – no entanto existem diversas especulações. Alguns defendem a teoria de que o cão era um spaniel pequeno azul cinza da Armada Espanhola, outros cogitam que o único sobrevivente de um naufrágio na Baía de Tralee foi um Terrier Preto Russo, e ainda há quem diga que era um Cão d'Água Português vindo de um cargueiro. Como o próprio nome sugere, presume-se que o cão se terá reproduzido com terriers nativos para criar o Kerry Blue.