Sorry, you need to enable JavaScript to visit this website.
Your Pet, Our Passion.
Dogue de Bordéus

Dogue de Bordéus

Este cão de porte gigante tem uma cabeça ampla, larga e redonda com muitas rugas. Tem um pescoço forte e musculoso e um corpo com um peito amplo e profundo. A pelagem do Dogue de Bordéus é curta e bastante macia, podendo exibir todas as tonalidades de fulvo. Os machos adultos medem entre 60-68cm e pesam, no mínimo, 50kg; as fêmeas adultas medem entre 58-66cm e pesam, no mínimo, 45kg.

O que necessita saber
  • Cão adequando para donos experientes
  • Necessário muito treino
  • Gosta de passeios com alguma atividade
  • Gosta de dar passeios de uma hora por dia
  • Cão muito grande
  • Cão que se baba pouco
  • Requer tratamento do pelo uma vez por semana
  • Raça não hipoalergénica
  • Cão pouco vocal
  • Cão de guarda. Ladra, alerta para situações de perigo e protege fisicamente se necessário.
  • Pode precisar de treino antes de viver com outros animais
  • Pode precisar de treino antes de viver com crianças

Características

Esperança Média de Vida: 8–12 anos
Peso em Adulto: 45–50kg
Altura: 58–68cm
Cores: A pelagem do Dogue de Bordeaux é curta e bastante macia ao toque, podendo ser de todos os tons de fulvo
Porte: Gigante

Avaliação

Adequado para Famílias: 5/5
Necessidade de Exercício: 5/5
Fácil de Treinar: 2/5
Tolerância para ficar sozinho: 2/5
Sociável com outros animais: 1/5
Nível de Energia: 2/5
Escovagem e Higiene: 4/5
Queda de Pelo: 3/5
Feliz Dogue de Bordeaux a correr no campo

Personalidade

O Dogue de Bordéus é um cão extremamente apegado à sua família e não gosta de estar separado dos seus donos por longos períodos de tempo. Em caso de ameaça protege a sua família e território. Bem cruzado, socializado e treinado, apresenta um comportamento muito meigo com crianças e aceita outros animais de estimação se for introduzido aos mesmos em cachorro. Adora agradar e necessita de ser treinado de forma calma e coerente.

Dogue de Bordeaux em pé na relva

História e Origem

O cão Dogue de Bordéus é uma raça antiga francesa, e presume-se que descenda diretamente do Molossus romano. Estes cães desempenharam funções de caçadores em propriedades francesas no século XII para caçar porcos, javalis, lobos e ursos. Durante a Idade Média eram utilizados para conduzir o gado. Chegaram a ser utilizados em guerras, para guardar rebanhos, levar os animais a subestimar a sua força e em lutas entre cães. A popularidade da raça diminuiu no século XX, mas atualmente a sua população está a crescer.