Sorry, you need to enable JavaScript to visit this website.
Your Pet, Our Passion.
Bobtail

Principais características da raça de cães Bobtail

Os Bobtails são conhecidos pelo mundo fora com as suas pelagens desgrenhadas e compridas a cobrirem os seus corpos robustos. Os seus olhos parecem estar completamente cobertos, mas não compromete a sua capacidade visual. Em termos de cor, o Bobtail pode apresentar qualquer tonalidade de cinza, grisalho, ou azul com ou sem manchas brancas. Os machos adultos medem 61cm para cima, e pesam a partir de 36kg; as fêmeas adultas medem 56cm ou mais e pesam cerca de 30kg.

O que necessita saber
  • Cão adequando para donos experientes
  • Necessário algum treino
  • Gosta de passeios com alguma atividade
  • Gosta de dar passeios de uma a duas horas por dia
  • Cão grande
  • Cão que se baba pouco
  • Requer tratamento do pelo diária
  • Raça não hipoalergénica
  • Cão conversador e vocal
  • Cão de guarda. Ladra e alerta para situações de perigo
  • Pode precisar de treino antes de viver com outros animais
  • Pode precisar de treino antes de viver com crianças

Características

Esperança Média de Vida: 10–12 Anos
Peso em Adulto: 27-25kg
Altura: 51–61cm
Cores: Qualquer tom de cinza, grisalho ou azul com ou sem marcas brancas
Porte: Grande

Avaliação

Adequado para Famílias: 4/5
Necessidade de Exercício: 4/5
Fácil de Treinar: 3/5
Tolerância para ficar sozinho: 2/5
Sociável com outros animais: 4/5
Nível de Energia: 4/5
Escovagem e Higiene: 3/5
Queda de Pelo: 1/5
Bobtail

Personalidade

Os Bobtails são extrovertidos alegres e são companheiros de família populares. São dóceis, mas quando brincam são turbulentos pelo que deve ter cuidado na presença de crianças pequenas. Juntam-se a qualquer atividade com entusiasmo. São destemidos e dão excelentes cães de guarda, em particular com o seu latido peculiar. É imperativo um treino precoce para controlar o comportamento turbulento da raça.

Bobtail

História e Origem

País de Origem: Inglaterra

A raça Bobtail surgiu em Inglaterra em meados do século XVIII, e uma das teorias aponta para que o seu desenvolvimento tenha partido dos cães pastores antigos, nomeadamente o Pastor Bergamasco, o Bearded Collie, o Pastor de Brie, e o Cão Pastor de Armant. A designação "Bobtail" desempenha um papel fulcral na sua história. Na Inglaterra, no século XVIII, foi concedida uma isenção de impostos áqueles que possuissem cães utilitários com funções de pastoreio e condução de gado até aos mercados. Ora, para provar o estatuto de trabalhadores dos Sheepdogs, aptos para guardar e conduzir o gado, costumavam cortar a sua cauda.

Os Bobtails demonstravam um ótimo empenho devido ao seu entusiamo e à sua pelagem resistente ao clima. A pelagem era tosquiada anualmente ao mesmo tempo que as ovelhas e as mulheres dos agricultores fiavam também os pelos dos cães com a lã das ovelhas para conceber roupas quentes.