Malamute do Alasca

Alaskan Malamute
Uma aparência que faz lembrar um lobo, o Malamute é um cão de porte grande, imponente que apresenta algumas características típicas de um Spitz (cauda geralmente curvada por cima do dorso, uma pelagem muito espessa, orelhas eretas, e uma cabeça em forma de cunha). O cão Malamute macho mede entre 64-71 cm em adulto e a fêmea entre 58-66 cm, e pesam entre 38 e 56 kg. A pelagem pode apresentar várias cores e tonalidades – desde o branco e cinza claro ao preto, e desde o dourado ao vermelho e cor de fígado com manchas.
  • Cão adequando para donos experientes
  • Necessário muito treino
  • Gosta de passeios exigentes onde gaste muita energia
  • Gosta de dar passeios de mais de duas horas por dia
  • Cão grande
  • Heavy drool
  • Requires grooming every other day
  • Raça não hipoalergénica
  • Cão muito vocal
  • Cão de guarda. Ladra e alerta para situações de perigo.
  • Pode precisar de treino antes de viver com outros animais
  • Pode precisar de treino antes de viver com crianças

 

Uma tribo Inuíte nómada no noroeste do Alasca, denominada Mahlemuts, desenvolveu esta raça para puxar cargas elevadas em condições climatéricas extremamente duras e para ajudar na caça. Partilha a sua linhagem com outras raças do Ártico, nomeadamente o Samoiedo e o Husky da Sibéria, apesar de não ter sido criado para ser rápido, mas sim para ser forte. Com o seu pêlo de capa dupla, espesso, robusto e resistente, não é de espantar que os Malamutes tenham intervindo em diversas expedições árticas – algo que poucas outras raças conseguem aguentar.

 

Pode assemelhar-se a um lobo, mas não age como tal! O cão Malamute é um cão muito afetuoso, amigável, mas talvez não seja a raça ideal para um dono inexperiente. Adora escavar e uivar e caçar pequenos animais peludos – sejam eles esquilos, gatos ou cães pequenos. É essencial uma socialização precoce e um treino contínuo durante toda a sua vida – inclusivamente o treino de obediência.

 

Tal como sucede em várias raças, os cães Malamutes do Alasca são propensos a patologias oftalmológicas hereditárias e à displasia coxofemoral (uma patologia que leva a problemas de mobilidade). Recomenda-se fazer testes oculares e despiste da displasia da anca nos cães antes da reprodução.

 

O Malamute é uma raça que necessita de um mínimo de duas horas de exercício diário ou mais. Adora puxar, portanto um treino precoce com a trela é essencial! Muitos apreciam o canicross onde os cães correm com os seus donos, mas evite exercício intenso ao calor.

 

As raças caninas de porte gigante, para além de terem um apetite "inexaurível", carecem de um equilíbrio nutricional mineral e vitamínico diferente para preencher as necessidades em termos de articulações e cartilagens. Esta raça é suscetível a ter problemas de estômago e sensação de gás abdominal; Recomenda-se a dar-lhe refeições mais pequenas e com mais frequência para mitigar esse risco.

 

Com um subpêlo espesso que pode ter um comprimento até 5 cm, juntamente com uma pelagem espessa, grosseira na parte superior, a raça Malamute está bem protegida contra condições climáticas adversas e severas. Porém, numa casa com aquecimento central poderá haver uma perda considerável de pêlos! Escove o pêlo diariamente para remover os pêlos soltos.

 

Embora muitas raças de cão sejam consideradas tradicionalmente boas com crianças, todos e cães e crianças devem de ser ensinados a relacionar-se e respeitar-se para que possam estar juntos em segurança. De qualquer forma, cães e crianças pequenas não devem ficar sozinhos sem supervisão de um adulto.

Dog Breed

Qual é a raça de cão certa para mim?

Cada cão tem a sua personalidade única, mas há alguns instintos e comportamentos que têm desde que nascem. Teste o nosso Seletor de Raças e descubra qual a raça que mais se adequa às suas preferências e estilo de vida. Quanto mais em comum tiver com o seu cão, maior a probabilidade de partilhem uma vida feliz e completa juntos.

Tenha em conta

Adoção

É extremamente gratificante adotar um cão que esteja numa instituição ou num centros de recolha de animais. Ao fazer isto está a oferecer-lhe uma segunda oportunidade na vida. Há muitos cães à espera de uma família que os acolha de forma definitiva. Cada cão tem a sua própria história e muitos deles perderam o seu primeiro lar injustificavelmente estando ansiosos por fazer parte da uma família! Os centros de recolha de animais têm a capacidade de conciliar da melhor forma as características do cão com a família ideal e terão todo o gosto em aconselhá-lo e responder a qualquer questão que possa ter. Saiba mais em https://www.purina.pt/caes/ter-um-novo-cao/encontrar-o-cao-certo-para-mim/adotar-um-cao

Encontrar um bom criador

Se pretender adquirir um cão de raça, a melhor opção será encontrar um criador fidedigno. Uma das vantagens de adquirir um cão de raça é conhecer de antemão parte da sua personalidade. Contacte o seu veterinário para obter mais informações sobre doenças infecciosas, predisposições genéticas ou necessidades e cuidados específicos da raça específica do seu cão, para assim se sentir devidamente preparado quando o receber em casa.

Dar as boas-vindas ao seu cão

Com o seu novo cachorro ou cão adulto quase a chegar a casa, deve estar muito entusiasmado! Nestes últimos dias antes da sua chegada, há várias coisas que o manterão ocupado até ao dia em que o seu novo cão chegar a casa. Descubra-as aqui https://www.purina.pt/caes/ter-um-novo-cao/dar-as-boas-vindas-ao-seu-cao/dar-as-boas-vindas-ao-seu-cao-casa