Treinar o seu cachorro: Ensinar as boas maneiras

Os cachorros são naturalmente curiosos e adoram ser traquinas e brincar com os seus irmãos. Com tanto para aprender nas primeiras semanas e meses de vida, não admira que precisem de alguma orientação.
Treinar o cachorro
Treinar o cachorro
Treinar o cachorro
Com a quantidade certa de cuidado e de atenção, e seguindo as nossas dicas para treinar o seu cachorro e/ou frquentando uma escola de treino para cães, poderá ensinar o seu cachorro a portar-se bem e a tornar-se num cidadão modelo!
Treinar um cachorro
Antes de trazer o seu cachorro para casa, é importante acordar algumas regras chave com todos os membros da família, especialmente com as crianças. Treinar um cachorro exige trabalho em equipa e cabe a todos decidir quais as regras que devem sempre respeitar. Quando as regras estiverem definidas, é crucial que as respeitem sempre porque será muito confuso para o seu cachorro se uma pessoa permitir um comportamento e outra não o aceitar. Estes são alguns aspetos que devem considerar:

  • O cachorro pode subir para o sofá para receber mimos ou nem pensar?
    • Onde irá dormir o cachorro? Escolha uma cama ou uma transportadora e seja consistente. Trazer o seu cachorro para a cama porque ele está a chorar, apenas lhe ensinará que fazer barulho recompensa!
      • Em que divisões o seu cachorro não pode entrar? Por exemplo, andar dos quartos ou sala de jantar. Os cachorros não devem ser autorizados a subir escadas sem supervisão para evitar quedas. Grade de proteção para escadas podem ser uteis para impedir o acesso aos locais onde não está autorizado.
        • Que palavras vão utilizar como comando nos treinos e no dia-a-dia? É fundamental haver consistência para que o seu cachorro não fique confuso.
          • Quem ficará responsável por alimentar e fazer exercício com o cachorro e com que rotina? Durante o treino do cachorro, ensiná-lo e fazer a sua higiene deve ser uma tarefa partilhada por todos os membros da família para ajudar a criar laços. Defina uma rotina e seja consistente, garantindo que cada membro da família faz as coisas da mesma forma e recompensa os mesmos comportamentos.
Tão importante como decidir as regras da casa, é importante que todos os membros da família compreendam algumas regras básicas sobre o cachorro. Para ajudar o seu cachorro a ambientar-se à nova casa e à nova família, assegure-se que todos compreendem e respeitam o seguinte:

  • Os hábitos de sono do cachorro incluem dormir MUITO, o que os ajuda a crescer. Quando os cachorros estão na sua cama, não devem ser incomodados.
    • O seu cachorro não deve ser incomodado quando está a comer. Se alguém se meter entre um cachorro com fome e a sua comida, corre o risco de sofrer uma dentada defensiva!
      • Nunca goze com o seu cachorro, especialmente com comida ou brinquedos, porque ele pode ficar frustrado.
        • Não deve dar ao seu cachorros restos de comida à mesa, por mais fofinho que ele seja! Este comportamento pode encorajá-lo a pedinchar comida, além de poder também perturbar o seu estômago mais sensível e desequilibrar a sua dieta.
          • Utilize snacks para cão para recompensar o bom comportamento, como por exemplo ficar tranquilo enquanto a família janta, mas leia o rótulo da embalagem para evitar ultrapassar a dose adequada.
            • As crianças pequenas não devem ficar sozinhas com o cachorro e não devem pegar nele sem supervisão e sem orientação de um adulto.
              • Os cachorros roem, pelo que é da responsabilidade de todos os membros da família não deixar objetos ao alcance do cachorro. Além de poder destruir algum objeto valioso, o seu cachorro pode ter problemas de saúde se engolir algum dos objetos.

                Leia mais sobre como dar as boas-vindas ao seu cão.
Treinar um cachorro
Treinar um cachorro
  • Quando o seu cachorro reconhecer o seu próprio nome, tudo será bastante mais fácil para ambos, especialmente quando quiser chamá-lo para vir ter consigo.
    • Desde o primeiro momento em que conhecer o seu novo cachorro, diga o seu nome e repita muitas vezes quando ele estiver a fazer algo de que gosta, como por exemplo quando estiver a comer ou a receber mimos.
      • Nunca diga o nome dele com voz zangada. Os cachorros devem associar o seu nome a boas experiências ou poderão deixar de responder quando chamar por eles.
        • Assegure-se que todos os membros da família utilizam o mesmo nome e não recorrem a diminutivos. Se o nome do seu cachorro é Ben, utilize sempre Ben e não Benjamim, Bennie ou Benji. Isto ajudará o seu cachorro a criar uma associação forte com o seu nome e evitará que fique confuso.
O seu cachorro precisa aprender que não pode morder pessoas. Todos os cachorros são "dentadinhas", especialmente durante a mudança dos dentes, mas este comportamento deve ser desencorajado porque, se continuar até ele se tornar adulto, pode provocar grandes estragos. Pode recorrer a brinquedos de roer especiais para cachorros para o distrair e deixar de o morder a si (ou à sua mobília), mas se o seu cão continuar a moder muito e com força, deve levá-lo a algumas aulas de treino ou seguir os passos abaixo:

Faça um barulho alto e agudo (mesmo que ele não o tenha magoado) e depois vire as costas ao seu cachorro e afaste-se. Esta é uma forma mais eficaz do que dar-lhe uma reprimenda ou deixar escalar a brincadeira.

Esta reação será familiar para o seu cachorro porque os irmãos da sua ninhada respondiam da mesma forma quando eram magoados por outro cachorro. O seu cachorro rapidamente compreenderá que morder não trará recompensas.
Treinar o cachorro a não morder
Fases de aprendizagem do cachorro

Fases de aprendizagem do cachorro

  • É importante proporcionar ao seu cachorro tantas experiências quanto possível com pessoas e com outros cães, enquanto ele é novo e absorve tudo à sua volta.
    • O primeiro grande período de aprendizagem ocorre por volta das três semanas, quando os olhos e ouvidos se abrem pela primeira vez e os cachorros começam a explorar o grande mundo à sua volta. Nesta altura, os cachorros ainda estarão com a mãe e com a sua ninhada. Tente visitar o seu novo cachorro antes de o trazer para casa para que ele se habitue a estar com outras pessoas, além do seu criador.
      • A próxima grande fase é entre as 7 e as 12 semanas e neste período é aconselhável que o seu cachorro se mantenha afastado de espaços públicos enquanto não tomou ainda todas as vacinas. Enquanto não tiver tomado todas as vacinas, terá que encontrar formas de socializar o seu cachorro, nesta fase tão importante de desenvolvimento. Quando o médico veterinário indicar que o seu cachorro já pode ir à rua, deve participar em aulas de socialização de cachorros, que podem ajudar no treino e a conhcer outros cães.
Fases de aprendizagem do cachorro
Socializar o cachorro

Calendário social do seu cachorro (7 a 12 semanas)

  • Se não pode levar o seu cachorro para o mundo exterior, traga o mundo até ao seu cachorro. Convide familiares e amigos para sua casa para ajudar o seu cachorro a habituar-se a pessoas de género, idade, altura e raça diferente. Peça às suas visitas para usarem diferentes tipos de roupa e encoraje interação amigável, fornecendo snacks a todos. Convide também amigos que tenham cão a trazerem o seu cão bem-comportado para conhecer o seu cachorro. Confirme primeiro se os cães têm as vacinas em dia.
    • Apesar de o plano de vacinação do seu cachorro o impedir de ir a espaços públicos, ele poderá participar em festas para cachorros. Estes encontros são uma ótima forma de apresentar o seu novo cachorro a outros animais de idade semelhante.
      • Porque não pode levar o seu cachorro para parques ou lojas, isso não significa que ele tenha que ficar sempre em casa. Pode levar o seu cachorro a fazer pequenos passeios de carro. Além de o habituar a andar de carro, isto também lhe dará a oportunidade de observar o mundo através das janelas do carro e habituar-se ao barulho das buzinas ou motas, entre outros.
        • Sempre que o seu cachorro se deparar com algo novo, aja com confiança para demonstrar que ele não tem que se preocupar. Se estiver ansioso, o seu cachorro irá perceber e pensar que algo está errado. Um elogio ocasional, um snack e uma atitude calma são tudo o que precisa.
Treinar o seu cachorro

Levar o seu cachorro para espaços públicos

Quando tiver a aprovação do médico veterinário para levar o seu cachorro à rua, é altura de começar a alargar as experiências do seu cachorro. Pense em tudo e em todas as pessoas com quem ele se cruzará durante a vida e faça uma lista. A exposição repetida é essencial, pelo que deve experimentar tudo mais do que uma vez, até ele se sentir feliz, confortável e reagir bem aos estímulos.

  • Quando começar a passear o seu cachorro à trela, leve-o primeiro a ruas tranquilas passando lentamente para zonas mais movimentadas.
    • Leve o seu cachorro a uma zona comercial e sente-se a observar o ambiente. Quem for a passar, poderá querer vir dizer olá e fazer um mimo ao seu cachorro, o que é um bónus adicional.
      • Faça uma viagem num transporte público e passe tempo numa estação de comboio ou de autocarros movimentada para que o seu cachorro se habitue a todo o barulho e movimento.
        • Em Pets Welcome encontra lojas, cafés e restaurantes dog-friendly, que poderá visitar com o seu cachorro.
          • Há também parques, jardins e praias onde pode passear e divertir-se com o seu cachorro. Encontre-os em Pets Welcome.
          • E não se esqueça, sempre que possível repita as experiências.
A informação contida neste artigo não substitui o aconselhamento individual e profissional de um médico veterinário e de um especialista em comportamento. Deve sempre contactar um médico veterinário se tem alguma preocupação com a saúde e o bem-estar do seu animal de estimação. O veterinário é o profissional habilitado para fazer um exame completo ao seu animal, bem como a guardar o seu historial clínico, para prescrever os tratamentos ou aconselhamentos adequados. Recomendamos também que participe em aulas de socialização e de treino numa escola qualificada.