Treinar o seu cão a fazer as necessidades na rua

Trazer o seu novo cachorro para casa é um momento excitante e que nunca esquecerá! No entanto, há muito a aprender e uma coisa que quer ensinar-lhe rapidamente é a fazer as necessidades na rua.
Treinar cão a fazer xixi na rua
Treinar cão a fazer xixi na rua
Treinar cão a fazer xixi na rua
Não demorará muito a descobrir que os cachorros fazem xixi muitas vezes, por vezes, até 12 vezes por dia! É o seu papel identificar quando ele precisa de ir à rua e ensiná-lo a fazer xixi mal esteja lá fora.
Cão a fazer xixi na rua
Rapidamente, conseguirá identificar os sinais de aviso, quando a natureza estiver a chamar, mas a regra base é dar oportunidade ao seu cachorro de ir à rua, pelo menos de duas em duas horas.

Normalmente, consegue perceber quando o seu cachorro “precisa de ir à rua” porque ele olhará à volta ansioso, andará em círculos e começará a cheirar os cantos, à procura de um sítio. Essa é a pista para o levar à rua!

Pegue no seu cachorro e leve-o calmamente para a rua para o local onde pretende que ele satisfaça as suas necessidades. É boa ideia introduzir uma palavra que represente uma ordem (como “xixi” ou “força”).

Quando estiver a treinar o seu cachorro e se ele fizer o que lhe pedir, dê-lhe muitos elogios e mimos. Depois de o recompensar, brinque um pouco com ele, antes de o levar de volta para casa e continuar a brincar lá dentro.

Ensinar cachorro a fazer xixi na rua

Quando treinar o seu cachorro, idealmente quererá que o seu cão compreenda a diferença entre a zona de “brincadeira” do seu jardim e a zona de “casa de banho”. Pode ajudá-lo, colocando uma cerca e cobrindo a área com gravilha. Isto fará com que essa área pareça e cheire diferente do restante jardim para que o seu cachorro rapidamente aprenda a reconhecê-la.

Muitos cachorros gostam de ir à casa de banho num espaço natural e a gravilha ou relva proporcionam-lhe um ambiente, onde consegue sentir o seu odor, rapidamente. O mais importante é manter a zona de casa de banho limpa, removendo qualquer sujidade todos os dias e encorajando-o a utilizá-la. Dejetos deixados na sua zona de casa de banho podem afastá-lo e ele poderá procurar outras zonas para fazer as suas necessidades.

Ensinar cão a fazer xixi na rua

Quando tiver estabelecido a zona de casa de banho, estabeleça uma rotina de levar lá o seu cachorro para que ele a possa utilizar e recompense-o. Se ele cheirar em volta, mas não fizer nada, dê-lhe alguns minutos e depois pegue nele e leve-o de volta para casa. Isto pode parecer arriscado (e é), mas quer que ele compreenda que aquela é uma zona para fazer as necessidades e não para brincar.

Vigie-o cuidadosamente nos primeiros cinco minutos dentro de casa (ou antes identificar algum sinal de alarme) e tente levá-lo lá fora novamente. Se ele ainda não quiser ir, continue de olho nele para identificar algum sinal de que ele precise de se aliviar e leve-o lá fora, regularmente.

Nas primeiras duas semanas, a sua missão é levá-lo à rua o mais rapidamente possível, assim que ele acordar, mal tenha comido ou bebido alguma coisa e a cada meia hora, enquanto ele estiver a brincar. Lembre-se de utilizar as palavras de ordem e de o recompensar sempre que ele fizer o que lhe é pedido.

Brevemente, estabelecerá uma rotina e terá um cachorro bem treinado em casa.

Os descuidos em casa acontecem, especialmente durante as primeiras etapas do treino. Se o seu cachorro fizer as necessidades em casa, é importante manter-se calmo e ter em atenção que tudo faz parte do processo de aprendizagem.

Se descobrir uma pequena poça de xixi ou um cocó, quer esteja ou não presente quando o descuido ocorrer, limpe-o sem fazer qualquer tipo de alarido. Idealmente, deve fazê-lo quando o seu cachorro não estiver a olhar.

Nunca se zangue ou grite porque é injusto castigá-lo por algo que faz parte da sua natureza. Se o apanhar no ato, leve-o calmamente para a rua e coloque-o na zona de casa de banho para que ele possa terminar o que tinha começado. De seguida, limpe minuciosamente o chão com um spray neutralizador de odores para que não fique nenhum cheiro, que o seu cão possa associar a uma área de casa de banho. Quanto mais se dedicar a treinar o seu cachorro para ir à rua, mais rapidamente ele aprenderá.

Um método que poderá querer experimentar é treinar o seu cachorro, utilizando uma cerca.

Se utilizar uma cerca como lugar aconchegante para o seu cachorro dormir ou relaxar, pode também utilizá-la como ajuda para o treinar a fazer as necessidades no sítio certo. Como os cachorros não querem ir à casa de banho na sua zona de conforto, aprenderão a controlar a urina e as fezes.

Ao colocar o seu cachorro no seu espaço por um período curto, antes de o levar à rua, ele aprenderá a associar o espaço interior a controlo e a rua a casa de banho. Isto apenas funcionará se o mantiver na sua cerca por um período curto de tempo e lhe der muitas oportunidades para se aliviar (pelo menos de duas em duas horas), especialmente depois de comer, dormir ou brincar.

Claro que não são apenas os cachorros a precisar de ser treinados para fazer as necessidades no sítio certo. Se adotou um cão adulto, ele não saberá automaticamente qual o local adequado em sua casa para ir à casa de banho. Terá que identificar os seus sinais de aviso e garantir que leva o seu cão à rua, regularmente. Tal como com um cachorro, quando o seu cão adulto fizer o que lhe pediu, dê-lhe muitos elogios.

Se mantiver uma rotina de casa de banho consistente, o seu cachorro ou cão adulto aprenderá rapidamente a fazer as necessidades na rua. Pode, por vezes, ocorrer algum descuido, mas isso é normal e não deve entrar em pânico. Aumente apenas o número de idas à rua, durante algum tempo, até ter confiança de que o seu cão voltou ao normal.

Após algum tempo, ambos conhecerão a rotina: identificará a linguagem corporal do seu cão e ele compreenderá que tem que esperar até irem à rua.

A informação contida neste artigo não substitui o aconselhamento veterinário e/ou de um especialista em comportamento, tendo apenas o objetivo de informar. Deve sempre consultar um médico veterinário se tiver alguma preocupação com a saúde e bem-estar do seu animal de companhia. O veterinário é o profissional habilitado para guardar o historial clínico do seu cão e fazer um exame físico completo para poder recomendar-lhe opções individuais de tratamento ou terapia. Para aconselhamento detalhado e personalizado sobre comportamento, recomendamos que contacte um treinador ou um especialista em comportamento. Um especialista em comportamento exigirá que o seu cão seja referenciado pelo seu médico veterinário.