Como andar à trela com um cão adulto ou um cachorro

Passear o cão é uma atividade divertida, que o ajuda a relacionar-se com o seu pet e a descobrirem o mundo juntos! No entanto, ensinar o seu cão a andar à trela pode ser uma tarefa desafiante, pelo que é importante começar a treiná-lo, desde pequeno. Para tornar as suas aventuras fáceis e seguras, treinar o seu melhor amigo a passear à trela é uma competência vital e prioritária.
Andar com cão à trela
Andar com cão à trela
Andar com cão à trela

Se o seu cão faz muita pressão na trela ou o seu cachorro se recusa a andar sem a puxar com toda a força, isso significa que apenas o está a controlar com força física, em vez de o treinar para caminhar alegremente ao seu lado.

À medida que o seu cão cresce, o esforço físico exigido para o controlar fisicamente, pode ser demasiado, especialmente se o seu amigo de quatro patas é de porte grande e musculado.

Para facilitar a vida de ambos, basta algum treino e ele ficará radiante por seguir as suas indicações. Siga estas dicas para ensinar o seu cão adulto ou cachorro a andar à trela!

Aprender a usar uma coleira

Se ensinar um cachorro a andar à trela quando ele é jovem, ele crescerá a sentir-se bem com a trela e será muito mais fácil passeá-lo, quando for um cão adulto. No entanto, quer esteja a treinar o seu cachorro a andar à trela ou a treinar um cão adulto, o primeiro passo a dar não é com a trela, mas sim com a sua nova coleira!

O seu cão precisa de se sentir confortável com a sua coleira, pelo que deve escolher uma coleira leve de nylon para que ele não sinta que tem um peso a puxá-lo para baixo.

Garanta que a coleira está bem ajustada, com espaço suficiente para colocar dois dedos entre a coleira e o pescoço do seu cão. Verifique a coleira, diariamente, sempre que está na hora de ir à rua e ajuste-a para ficar mais confortável, caso lhe pareça necessário.

O seu cão tenta arrancar a coleira?

Provavelmente, nem irá aperceber-se que a está a utilizar se a colocar e de imediato o tentar distrair com biscoitos ou com uma brincadeira divertida! Se ele arranhar a coleira, distraia-o. Quando ele não estiver a prestar qualquer atenção à coleira, retire-a novamente. Ao longo de dois dias, aumente lentamente o período de tempo em que o seu cão ou cachorro utiliza a coleira, até que ele deixe de reparar nela. Estará no bom caminho para um cachorro ou cão adulto feliz e bem comportado a andar à trela!

Prender a trela

Antes de passear o seu cão à trela, o primeiro passo é prender uma trela à sua coleira. Estar à trela é outra sensação à qual ele necessita de se habituar, gradualmente, mas quando o fizer haverá todo um novo mundo para explorar!

  • Prenda uma trela à coleira e acompanhe o seu cão à volta do jardim, assegurando-se que a trela se mantém frouxa. Desta forma, ele praticamente não se aperceberá dela.
    • Após alguns minutos, retire a trela e brinque com ele, antes de voltar a prender a trela e voltar a andar junto dele por onde ele quiser andar, mantendo sempre a trela frouxa para que ele não sinta qualquer resistência.
      • Brevemente, o seu cão adulto ou cachorro estará pronto para andar à trela e para explorar o mundo!

Treinar

Quando tiver ensinado o seu cão a “sentar”, está na hora de pensar em como o treino o pode ajudar a andar à trela com ele.

  • Em primeiro lugar, ensine-o a andar junto a si com a trela e chame a sua atenção, dizendo o seu nome e mostrando-lhe uma guloseima. Isto será suficientemente apelativo para fazer qualquer treino valer o esforço!

    • De seguida, incline-se para a frente e dê alguns passos, encorajando o seu cão a andar também. Neste momento, o seu cão deverá ser recompensado e elogiado por quaisquer passos em frente que dê porque está a aprender uma competência nova.

      • Incentive o seu cão a “sentar” junto a si e volte a dar uns passos em frente.

        • Pratique andar em frente em muitas sessões de treino curtas e, quando o seu cão andar ao seu lado, sem colocar qualquer pressão na trela e sem andar ligeiramente à sua frente ou ficar um pouco para trás, diga “junto” para que ele associe andar junto a si com esse comando de voz.

          • Se o seu cão ficar para trás, imprima maior dinamismo nos seus movimentos e utilize um tom de voz mais animado. Tal como você, o seu cão pode ficar aborrecido e é muito mais fácil focar-se nalguma coisa que pareça mais divertida!

            • Se o seu cão vai sempre à sua frente, quando anda à trela, é porque quer chegar a algum sítio rapidamente. Mantenha-se simplesmente parado (ou comece até a andar para trás), chame-o para vir novamente para o seu lado e recomece o exercício.

              • As suas sessões de treino são tão excitantes, especialmente para um cão jovem, que andar pode envolver alguns puxões de cachorro. No entanto, o treino de andar à trela ficará mais fácil. O seu cão compreenderá rapidamente que puxar a trela é contraproducente para chegar a algum lado.

                • Quando o seu cão começar a perceber os conceitos básicos, pode tentar repetir estes exercícios de treino em locais mais movimentados e com mais distrações. Está quase na hora de andar bem com o seu cão à trela!

Ensinar o seu cão ou cachorro a andar à trela

Novas distrações

Quando o seu cão andar à trela e junto a si dentro de casa ou no seu jardim, comece a andar com ele à trela noutros locais (se ele já estiver totalmente vacinado).

Passear um cão à trela nem sempre é fácil. Lembre-se que ele quererá investigar todos os novos espaços, sons e cheiros, pelo que não deve exigir demasiado dele em pouco tempo.

Na rua, precisará de se esforçar mais para competir pela atenção do seu cão, pelo que deve levar algumas recompensas especiais (seja uma pequena quantidade da sua dose diária de ração ou o seu brinquedo favorito), ensinando-o de que focar-se em si vale a pena!

Mantenha as sessões de treino curtas e positivas, terminando sempre com um sucesso e, de seguida, proporcione-lhe uma sessão de brincadeiras juntos.

Conhecer pessoas e outros cães

Conhecer pessoas e outros cães

Pergunte ao seu veterinário ou escolas de treino locais sobre aulas de treino, que o possam ensinar a andar com um cachorro ou com um cão adulto à trela. Estas aulas são uma das melhores formas para se preparar para andar com o seu cão para que possam descobrir todo o mundo que os rodeia. No site Pets Welcome pode encontrar escolas de treino.

Andar com um cachorro ou com um cão adulto à trela, nem sempre é simples. Muitos cães ficam demasiado entusiasmados, quando veem outras pessoas ou cães a passear perto de si, e puxam a trela para os irem cumprimentar! É importante antecipar este comportamento para o evitar. (É também, por isto, que dedicar tanto tempo a treinar o seu cachorro a andar à trela compensa!)

Se vir alguém a aproximar-se, coloque uma guloseima no seu bolso, chame o seu cão pelo nome para chamar a sua atenção e, de seguida, mostre-lhe calmamente a guloseima, na qual ele se deve focar. Quando ele passar pela pessoa, dê-lhe muitos elogios e a seguir pare para lhe dar a recompensa. Ele rapidamente aprenderá boas maneiras se for recompensado desta forma.

Recompensas ocasionais

Quando o seu cão já andar alegremente e de forma consistente com a trela sem puxar, reduza o número de recompensas e dê-lhe apenas uma guloseima ocasional para recompensar bons comportamentos (como, por exemplo, passar calmamente por uma distração excitante como um gato). Não deixe totalmente de lhe dar recompensas. Recompensas ocasionais manterão melhor o seu cão interessado e concentrado do que recompensas constantes ou nenhuma recompensa!

Se precisa de mais ajuda e aconselhamento sobre andar com o seu cão à trela, contacte um treinador ou uma escola de treino.

Cão adulto ou cachorro que puxa a trela

Se o seu cão puxa a trela com a cabeça, ou se o seu cachorro se recusa a andar sem o arrastar e está a ser difícil fazê-lo parar, considere experimentar um peitoral.

Nunca utilize uma coleira estranguladora ou uma coleira educativa com pontas.

Treinar deve ser uma experiência positiva, baseada na recompensa, que reforça a sua relação com o seu cão e nunca baseada na punição que inspira o medo. Treinar com base nos castigos e punição acaba por ser, quase sempre, contraproducente!

Independentemente do ponto em que está a começar, com amor, encorajamento e paciência, o seu cão rapidamente irá alegremente acompanhá-lo em passeios fantásticos. Divirtam-se!