Sorry, you need to enable JavaScript to visit this website.
Your Pet, Our Passion.
gato se arrumando

A limpeza excessiva dos gatos: causas e tratamento

6 min de leitura

A limpeza excessiva pode ser uma resposta às mudanças no ambiente do seu gato com as quais ele está a ter dificuldades em lidar.

O seu gato está naturalmente numa missão de manter o seu pelo limpo, por vesses passando até 50% do tempo que está acordado se limpar-se. Mas, às vezes, o seu comportamento pode transformar-se numa limpeza excessiva. Descubra porque é que isso acontece e o que pode fazer para ajudar o seu gato.

 

O que é a limpeza excessiva dos gatos?

A limpeza excessiva do gato acontece quando o seu gatinho começa a escovar-se excessivamente - lambendo tanto o pelo que causa inflamação da pele, feridas ou queda de cabelo. Em casos extremos, um gato pode até começar a morder áreas da pele. Às vezes, vai notar que o seu gato está a limpar-se demais, ou a ferir a pele, ou uma pelagem irregular, mas, noutros casos, pode simplesmente encontrar sinais de limpeza excessiva, como tufos de cabelo atrás do sofá.

 

O que causa a limpeza excessiva dos gatos?

As duas principais causas da limpeza excessiva são comportamentais, quando o gato começa a limpar-se excessivamente como forma de aliviar do stress (também conhecida como alopecia psicogénica), e médicas, quando as alergias ou parasitas cutâneos são os principais culpados.

 

Limpeza excessiva do gato como mecanismo de alívio do stress

Pode não ser óbvio para si, mas o ambiente doméstico pode tornar-se muito stressante para o seu gato. Os fatores de stress específicos para a psique de um felino nem sempre se registram na nossa escala humana, mas podem causar tantos estragos quanto uma de zangas no trabalho ou um trabalho urgente de última hora.

A maior causa de stress para os gatos são outros gatos - uma casa com vários gatos ou outros gatos da vizinhança. Por natureza, os gatos são criaturas solitárias e podem achar que viver com outros gatos muito stressante. Frequentemente, isto não se manifesta como agressão a outros gatos e eles podem aconchegar-se juntos em casa, mas o seu gato pode lutar com o stress e começar a limpar-se excessivamente.

gato a lamber a pata 2

Alguns dos outros eventos mais stressantes para um gato incluem:

  • Mudar de casa
  • Moveis novos
  • Um novo membro na família
  • Novos horários

Antes de fazer uma mudança no seu estilo de vida, considere se isso vai afetar o seu gato. Estas criaturas de hábitos vão ser as primeiras a reagir a algo novo que esteja a acontecer na sua vida. No entanto, o mesmo amor que têm pela rotina pode levar a outras formas para aliviar os métodos de limpeza excessiva do gato.

Não importa o quão grande ou pequena seja a mudança, preste atenção em como o seu gato está reagir a ela. Em alguns casos, é uma boa ideia manter o máximo de coisas consistentes para o seu gato possível. Siga uma rotina normal de alimentação, no mesmo sitio e na mesma tigela, e seu gato provavelmente vai apreciar se lhe der um pouco de estabilidade. No entanto, noutros casos, também pode experimentar algumas mudanças ambientais e ver como o seu gato reage.

O seu gato deve ter a oportunidade de se retirar de vez em quando, de tentar se ambientar a todas as mudanças no seu novo ambiente. Encontrar um lugar onde o seu gato possa ir e descansar é essencial para mantê-lo calmo e longe de quaisquer ideias de limpeza excessiva.

Às vezes, tudo o que o seu gato precisa é de um pouco mais de atenção para o ajudar a aliviar o stress. Incentive-o a perseguir e atacar dentro de casa, tenha muitos brinquedos macios à sua disposição e pegue a cana de pesca de brincar com mais frequência. Se ele gostar de sair de casa, tente garantir que tem acesso ao ar livre como uma válvula de escape para o seu comportamento de caça e para reduzir o stress.

Por vezes, se o motivo pelo qual o seu gato está stressado não puder ser resolvido diretamente, o veterinário pode recomendar o tratamento dos sintomas com medicamentos ansiolíticos. Não hesite em pedir ajuda ao seu veterinário se o hábito de limpeza excessiva não desaparecer. Alguns medicamentos são na forma de comprimidos - como o Zylkene - enquanto outros, como o Feliway e o Pet Remedy, são medicamentos mais "naturais" que vêm como difusores e sprays.

Limpeza excessiva dos gatos por razões médicas

Alergias ou parasitas podem alterar consideravelmente a rotina de cuidados do seu gato.

Piolhos, pulgas, ácaros, carrapatos - essas criaturas quase invisíveis podem causar comichão extrema na pele do seu gato, o que pode levar a um segundo problema, a limpeza excessiva.

gato com olhos verdes a lamber as patas

Se acha que essa é a razão pela qual o seu gato está incessantemente a lamber o pelo, fale com um veterinário para obter conselhos sobre os tratamentos mais eficazes. No entanto, é importante ter em mente que, quando se trata de pulgas e carrapatos, a prevenção é o melhor remédio.

Continue com os tratamentos preventivos regulares contra pulgas, vermes e outros parasitas e provavelmente vai evitar o problema por completo. Também é importante tratar o meio ambiente regularmente - 95% das pulgas estão no meio ambiente, portanto, a gestão ambiental, bem como o tratamento do próprio animal de estimação são muito importantes.

 

Algumas raças são mais propensas à limpeza excessiva?

Tem sido notado que algumas raças de gatos, como o Abissínio e o Siamês, são mais propensas à limpeza excessiva. No entanto, não há consenso sobre o quão comum este comportamento é entre estas raças. Em condições propicias, como mudanças ambientais ou alergia na pele, os gatos, independentemente da raça, podem escolher a limpeza excessiva como a sua solução calmante.

 

É limpeza excessiva ou perda de cabelo?

Falhas de pelo na pelugem do seu gato são um sinal comum de limpeza excessiva. No entanto, esta não é a única razão pela qual o pelo do seu gato não é tão grosso como costumava ser. Outra possível razão é uma condição chamada alopecia ou perda de pelo do gato. Uma dieta pouco saudável ou até mesmo um desequilíbrio hormonal pode fazer com que seu gato perca um pouco de seu elegante pelo. O seu veterinário será capaz de diagnosticar a condição, entender o que a está causar e recomendar maneiras de tratá-la.

Seja qual for a causa da sua mudança de comportamento, resolver o problema da limpeza excessiva dos gatos pode demorar tempo. Portanto, seja paciente, trabalhe em conjunto com o seu veterinário e não tarda o pelo do seu gato vai voltar ao normal