Como cuidar da saúde oral do seu gato

gato adulto de pelo às riscas deitado em frente a túnel de brincar

Como cuidar da saúde oral do seu gato

gato adulto de pelo às riscas deitado em frente a túnel de brincar

Como cuidar da saúde oral do seu gato

gato adulto de pelo às riscas deitado em frente a túnel de brincar
March 14, 2019

Como cuidar da saúde oral do seu gato

Como cuidar da saúde oral do seu gato

A doença oral é uma das condições mais comuns detetadas pelos médico veterinários hoje em dia. E pode ser bastante dolorosa para os gatos, especialmente se não for tratada. No entanto, a boa notícia é que, ao contrário de muitos problemas de saúde, esta geralmente pode ser evitável.

O que é a doença oral?

Também conhecida como doença periodontal, em casos avançados, a doença oral é uma inflamação das gengivas ao redor dos dentes. Se não for tratada, pode afetar tanto a saúde do dente como as estruturas subjacentes e os sistemas de suporte.

gato adulto de pelo às riscas a andar
gato adulto de pelo às riscas a comer PRO PLAN NUTRISAVOUR

Quais são as causas?

A boca do gato contém bactérias que geralmente não são patogénicas. No entanto, com o tempo, multiplicam-se e acumulam-se nos dentes criando uma camada macia e pegajosa. Esta camada, se não for removida, pode tornar-se mais dura e transformar-se em tártaro. Essa placa liga-se aos dentes e gengivas, onde as bactérias se alimentam de nutrientes e produzem ácidos e toxinas que atacam o esmalte dos dentes e irritam as gengívas. A saliva é a única defesa natural do corpo neste estágio, pois age para neutralizar a erosão ácida. No entanto, a escovagem regular é a única maneira de realmente remover a placa.

Quando a placa não é removida, os minerais contidos na saliva combinam-se quimicamente com a camada de placa, fazendo com que endureça. A esta placa endurecida e calcificada chama-se tártaro. Uma vez formada, as bactérias mantidas na face do dente ficam presas - e o ácido e as toxinas que eles produzem perfuram o esmalte dos dentes e começam a formar cavidades.

Estágios e sintomas

Fase 1 - gengivite: a primeira fase da doença oral, os sintomas são gengivas avermelhadas e inchadas e possivelmente sangramento. Se diagnosticado atempadamente é reversível.

Etapas 2-4 - periodontite: este é o estágio avançado da doença oral que se agrava a longo prazo. Inicialmente, as gengivas inflamadas progridem para formar bolsas entre o dente e a gengiva. As raízes dentárias podem ficar expostas devido ao recuo das gengivas. À medida que a inflamação se agrava, podem ser causados abcessos na raiz do dente por infeção nesses bolsos. As estruturas mais profundas podem então ser afetadas, terminando em última instância na perda do dente.

Os sinais clínicos de doença oral avançada em gatos incluem halitose (mau hálito), relutância em comer, salivação excessiva, mastigar apenas de um lado da boca, dificuldade para engolir ou um inchaço anormal ao redor do focinho que pode indicar um abscesso oral.


Tratamento

Uma vez formado o tártaro, não pode ser removido por escovagem manual. Requer equipamento odontológico profissional especializado, como a escala ultrassónica e uma anestesia geral. O seu médico veterinário recomendará o tratamento adequado, dependendo do estágio em que a doença oral esteja.


A importância da escovagem

Embora a escolha do alimento possa fazer a diferença na saúde oral do seu gato, não há substituto para a escovagem regular dos dentes com uma escova e uma pasta de dentes específica para felinos. Também é importante agendar verificações odontológicas regulares com o seu médico veterinário, para garantir uma intervenção precoce e apropriada.

Partilhe com pessoas que conhece

EmailLinkedInFB