Os gatos podem comer chocolate?

Embora não tenham tanta tendência para atacar o chocolate e comê-lo como os cães, Por vezes, os gatos também gostam de chocolate. A maioria dos tutores sabe que o chocolate é perigoso para os cães, mas sabe se os gatos podem comer chocolate?
Gatos não podem comer chocolate
Gatos não podem comer chocolate
Gatos não podem comer chocolate

Os gatos podem comer chocolate?

Mesmo que tenham menos tendência para experimentar e comer chocolate às escondidas, o chocolate também faz mal aos gatos, tal como para os cães. Enquanto que uma tablete de chocolate pode não ser apelativa para os gatos, qualquer tipo de bebida de leite achocolatada pode certamente constituir um risco para qualquer felino!

O chocolate e o cacau contêm um ingrediente chamado teobromina, que é naturalmente metabolizada pelo organismo humano, mas não pelos gatos ou pelos cães. Isto provoca a acumulação tóxica desta substância, o que pode originar sintomas muito graves, em especial insuficiência hepática.

O seu gato não precisa de comer uma grande quantidade de chocolate para sofrer os seus efeitos nefastos, pelo que deve mantê-lo sempre fora da vista e do alcance de todos os seus animais de companhia. É impossível calcular a quantidade exata de chocolate necessária para que o seu gato fique doente porque o metabolismo de cada animal é diferente. No entanto, há alguns fatores que poderá ter em conta, que incluem o tamanho e peso do seu gato e a quantidade de chocolate que ele comeu. O chocolate preto tem uma maior quantidade de teobromina do que o chocolate de leite ou o chocolate branco.

Sintomas de envenenamento por chocolate nos gatos

Se suspeita que o seu gato comeu chocolate, fique atento a qualquer um dos seguintes sintomas:

  • Inquietação
    • Vómitos
      • Diarreia
        • Respiração acelerada
          • Aumento da frequência cardíaca
            • Temperatura elevada
              • Convulsões
                • Rigidez muscular
                • Se observar algum destes sintomas no seu gato, contacte um médico veterinário com urgência.

O que fazer se o seu gato comer chocolate

Se o seu gato tiver comido chocolate, deve mantê-lo sob observação atenta. Se o seu gato costuma ter acesso ao exterior, mantenha-o dentro de cada pelo menos durante 24 horas para garantir que ele não desenvolve qualquer sintoma. Mantenha as portas e janelas fechadas e garanta que ele não consegue sair, quando alguém entrar ou sair de casa.
gatos não podem comer chocolate
Se apanhar o seu gato a comer chocolate, leve-o ao veterinário o mais rapidamente possível. Se for apanhado de imediato, um veterinário poderá induzir o vómito para tentar extrair o elemento tóxico do organismo do seu gato, antes que se comece a acumular. O seu gato poderá vomitar naturalmente depois de comer chocolate, mas não tente induzir o vómito em casa sem o conselho expresso de um veterinário qualificado.

Tente determinar a quantidade exata e o tipo de chocolate que o seu cão comeu: guardar as embalagens ou restos pode ser útil. Quando consultar o seu médico veterinário, leve a embalagem porque ajudará a determinar o nível de risco para o seu gato. Saber o tamanho e peso do seu gato é também útil quando falar com um veterinário por telefone porque é também um dos fatores para avaliar o risco para o seu gato.

Quando consultar um veterinário, ele executará um conjunto de testes, incluindo um exame físico completo e, provavelmente, uma análise à urina. Poderá também realizar um eletrocardiograma para determinar se há alguma alteração na frequência cardíaca do seu gato.

Se o seu gato já estiver a demonstrar sintomas, não há nenhuma “cura”, exceto tratar os sintomas. É provável que sejam administrados fluídos intravenosos e, se o fígado tiver ficado afetado, o seu gato terá que receber tratamento para a doença hepática.

Alternativas ao chocolate para gatos

Mesmo na situação improvável de um gato desenvolver um gosto por chocolate, nunca deve ceder à tentação de mimar o seu gato com chocolate. Em alternativa, escolha snacks especificamente formulados para gatos: dar chocolate nunca é uma boa ideia!

Há muitos snacks para gato disponíveis, que além de serem apelativos ao paladar e ao olfato do seu gato, também podem proporcionar um conjunto de benefícios. Escolha snacks para gato que além de saborosos, também podem contêm nutrientes adicionais para ajudar com a higiene oral. E lembre-se que mimar o seu gato não implica apenas dar-lhe comida. Dedicar-lhe tempo, atenção e carinho pode ser tão bom (ou até melhor) como dar-lhe uma guloseima!