Gatos PURINA - Treinar e socializar gatinhos
Gatos PURINA - Treinar e socializar gatinhos
Gatos PURINA - Treinar e socializar gatinhos

Socialização de gatinhos: ensine ao seu gato competências básicas de vida

Um gatinho que acaba de dar os primeiros passos no mundo tem muito que aprender. Estes são os princípios básicos da socialização de gatinhos.
O mundo é um lugar tão grande para um gatinho que está a começar a descobrir onde é que ele se encaixa nele. O início da vida de um gatinho é barulhento, agitado e cheio de novas experiências. Existem humanos por toda parte, outros gatinhos vagueando por aí, gatos mais velhos, objetos grandes e pequenos, sem esquecer todos os tipos de sons e cheiros estranhos e assustadores.

Decifrar o que todos eles significam vai demorar um pouco, e é para isso que serve o período conhecido como socialização dos gatinhos. Tudo isto pode ser assustador quando se tem um novo gatinho, pois assim que ele chega a sua casa tudo é novo para ele. Descubra como transformar a sua tímida bola de pelo num gato adulto confiante e feliz, e ajude o seu gatinho a aprender rapidamente as primeiras lições da vida.

O que é socialização de gatinhos?

Socialização de gatinhos é o período no início da vida de um gato quando ele começa a aprender o que é seguro no seu ambiente, familiarizando-se com diferentes experiências, pessoas, animais de estimação e até mesmo sons. A exposição a coisas novas desde o início é crucial para a socialização dos gatos, mas certifique-se que não sobrecarrega o pequeno pacote de alegria com mais informação do que aquele que ele pode aguentar.

Quando é que se deve ensinar a socialização para gatinhos?

Embora o cronograma exato para a socialização dos gatinhos ainda esteja a ser debatido entre os especialistas, as primeiras 8 a 10 semanas são normalmente consideradas cruciais para o processo de socialização. Os gatinhos são como esponjas para novas informações, especialmente nos primeiros dias, o que significa que nunca haverá melhor altura para mostrar ao seu gatinho as linhas gerais da vida em geral e o tempo com a família em particular.

É muito possível que, quando conhecer o seu novo gatinho, o período de socialização já tenha passado. Nesse caso, é na casa do criador ou num centro de resgate onde eles vão aprender (ou não) as primeiras coisas sobre as pessoas e qual o papel que elas desempenham na vida de um gato.

Mas isso não significa que os gatos tenham aprendido tudo o que precisam saber sobre o mundo à sua volta. É importante verificar com o criador se há algum aspeto em particular no qual se deva focar. No final de contas, se o seu novo gatinho se esconde sempre que o despertador toca, vai quer saber disso à partida para que possa continuar o trabalho de socialização do seu gatinho em sua casa.

Embora as primeiras semanas sejam essenciais, não se esqueça de que o seu gatinho provavelmente lidará com coisas novas muito depois do seu primeiro aniversário. A socialização do gato não para após o marcador das 10 semanas, especialmente quando chega a hora de se mudar para a sua casa.

Dicas importantes sobre como socializar seu gatinho

Provavelmente, na primeira vez que der as boas-vindas ao seu novo gatinho em sua casa, vai notar que ele pode estar a entrar na sua nova vida com alguma relutância. Ele pode ser um pouco tímido ou até parecer assustado com toda a atenção que está a recebendo. O seu primeiro instinto será levantar a bola de pelos e confortá-lo, mas isso pode até piorar as coisas, pois pode aumentar o pânico dele. Aqui estão algumas dicas úteis para socializar o seu gatinho com o mínimo de stress para todos os envolvidos.

Mantenha toda a gente calma

Assim que estiverem descansados e confiantes no seu espaço, é então finalmente chegada a hora de conhecer a sua nova família humana. Este é obviamente um momento muito emocionante, mas tente manter toda a gente calma. Antes de apresentar um novo gatinho à família, todos se devem sentar no chão e concordar com uma regra - apenas podem tocar no gatinho se ele vier até si.

Sem agarrar

Não deve agarrar bruscamente ou causar discussões entre as crianças, ou isso vai assustar o seu animal de estimação. Se o gatinho se tentar esconder, convença-o com um brinquedo ou uma guloseima para o incentivar a ser sociável, mas nunca o agarre ou force.

Tenha atenção às crianças

Se acha que está animado com o seu novo gatinho, imagine só como as crianças se sentem! Conhecer as crianças é um grande passo para a socialização do seu gatinho. Para começar a amizade com o pé direito, ensine as crianças mais pequenas como pegar e sustentar o peso do gatinho de forma adequada e como acariciá-lo suavemente.
Gatos PURINA - Socializar gatinhos com crianças
As crianças pequenas costumam dar "pancadinhas" em vez de "acariciar", o que pode ser desconfortável ou até doloroso para gatinhos minúsculos. Ensine-os onde acariciar o gatinho - no topo da cabeça e ao longo das costas.

Embora a barriga seja irresistível quando um gatinho está rebolar ou a brincar, a maioria é bastante sensível nesta área e pode atacar. E lembre as crianças de deixar a cauda do gatinho em paz - e de nunca a puxar.

Dê-lhe alguma privacidade

Embora possa ser tentador ver um lindo gatinho dormir, ele precisa de um pouco de privacidade. Certifique-se de que ele tem a sua própria cama num lugar tranquilo. Ele pode até escolher esse lugar por ele mesmo. Certifique-se de que ele é deixado sozinho quando está a comer, a fazer as necessidades ou a dormir - e mantenha a caixa de areia longe do alcance das crianças pequenas. Seguramente que não quer seus filhos brinquem com qualquer coisa que encontrarem nela!

Lave as mãos após manusear o seu gatinho e principalmente após a limpeza da caixa de areia, e incentive os mais pequenos a fazerem o mesmo.

Apresentar o seu gatinho a outros animais de estimação

A socialização do seu gatinho também significa deixá-lo confortável perto de outros companheiros de casa ou convidados de quatro patas. O segredo para apresentar o seu novo gatinho aos outros animais de estimação da casa é a paciência. Nunca os coloque numa situação onde possam lutar com os seus outros animais de estimação.

Gatos e cães muitas vezes aprendem a amar-se uns aos outros, ou pelo menos a viver juntos sem problemas, mas o mesmo não pode ser dito em relação a todos os animais de estimação. Mantenha os animais de estimação como coelhos, porquinhos-da-índia, ratos, pássaros e répteis sempre longe do seu gatinho, pois um gato caçador pode vê-los como presas.

Os animais reconhecem-se parcialmente pelo cheiro. Portanto, ao apresentar o seu gatinho a um cão ou gato, tente misturar os seus cheiros. Acaricie um e depois o outro para que o cheiro seja transferido, trocando também a roupa da cama. Dessa forma, ele passará a associar coisas boas (dormir confortavelmente e ser acariciado) com o cheiro do outro animal.

Use um spray de feromonas

Outro bom truque para um bom início de socialização do gatinho é usar spray de feromonas sintéticas e difusores de feromonas plug-in, pois eles farão com que o seu gatinho saiba que a área é segura e vai ajudá-lo a sentir-se relaxado e em paz. Se usar difusores, distribuir um ou dois pela casa deve ser suficiente.
Gatos Purina - socialização de gatinhos

Estabeleça uma rotina

Assim que o seu gatinho encontrar a sua confiança, não tardará a andar a correr pela casa. Cuidado com onde pisa - ele pode aparecer do nada de repente!
Ele estará pronto para brincar, mas ainda precisará das suas sonecas, por isso dê-lhe um lugar tranquilo e agradável onde se possa deitar sem ser incomodado.

Vai ajudá-lo a ambientar-se se seguir uma rotina, especialmente com a alimentação, brincadeiras e mimos.

Se seguiu as dicas de socialização para o seu gatinho, mas ainda está a ter problemas na sua integração à sua casa, fale com o seu veterinário. Ele pode recomendar um especialista em comportamento felino.

Descubra mais sobre a vida inicial do seu gatinho, desde a alimentação até a higiene e tudo o mais.