Porque é que os gatos miam de noite?

Ouvir um gato a miar de noite não é invulgar - mas se tem um gato e se é ele que mia durante a noite, então pode ser por alguma razão que lhe diga respeito. Também chamado de vocalização ou chamamento noturno, o facto de o seu gato miar durante a noite pode ser problemático, se for por causa de algum mal-estar do animal ou se perturbar o seu descanso. Descubra as razões que levam o seu gato a miar durante a noite.
Porque é que os gatos miam de noite?
Porque é que os gatos miam de noite?
Porque é que os gatos miam de noite?

Os gatos são naturalmente mais ativos à noite

O miar noturno do seu gato pode ter a ver com o facto de os gatos serem naturalmente mais ativos a determinadas horas noturnas. Embora seja uma crença popular que os gatos são notívagos, isto não é totalmente verdade. Contudo, são crepusculares, o que significa que são mais ativos no período do crepúsculo e ao amanhecer. Não obstante alguns gatos se adaptarem à rotina dos seus donos, esta tendência crepuscular pode traduzir-se numa maior atividade às primeiras horas do amanhecer, enquanto a família está ainda a dormir. Os gatos mais jovens têm uma grande disposição para ser ativos durante a noite, porque os seus instintos lhes dizem que é uma excelente altura para caçar. Todavia, à medida que crescem é provável que o seu ritmo se adapte ao do resto da família, o que certamente reduzirá as vezes em que miam durante a noite.

Aborrecimento

O seu gato pode ser muito vocal à noite simplesmente porque se sente aborrecido - ou porque não se exercitou suficientemente durante o dia. Brincar com o seu gato antes de se deitar, pode ajudar não só a que esteja mais cansado à noite, como ajudará a manter a sua mente ocupada e feliz durante o dia. O miar à noite pode ser fundamentalmente uma forma de chamar a atenção. Embora seja importante corresponder às suas necessidades, aceder continuamente aos seus pedidos de atenção durante a noite, pode originar que o faça cada vez mais frequentemente e se transformar num padrão.

Doença

Se o seu gato miar constantemente à noite, é uma boa ideia falar com o veterinário para um check-up de saúde. Excessiva vocalização, inclusive à noite, pode ser um sinal de atividade excessiva da tiróide ou de um problema renal.

Envelhecimento

A idade afeta-nos a todos e os gatos não são diferentes. À medida que envelhecem, é possível acontecer que esse envelhecimento tenha consequências no seu cérebro e que se possam sentir desorientados. O Síndrome de Disfunção Cognitiva está diretamente relacionado com o passar dos anos no cérebro dos gatos e pode apresentar uma variedade de sintomas, sendo o miar à noite um deles.

Sentir-se encurralado

Se o seu gato está habituado a estar fora de casa durante o dia e o mantém dentro de casa à noite, há uma forte possibilidade de ele miar à noite por se sentir preso. Se for seguro, considere a possibilidade de o deixar sair à noite, para que se sinta livre para gastar a sua energia no exterior.

Acasalamento

Como muitos de nós sabemos por experiência, guinchos extremamente sonoros e um gato a miar à noite podem ser os sons de acasalamento entre gatos. Sendo este um processo natural, aconselhamos que considere esterilizar o seu gato – macho ou fêmea – já que além de reduzir ninhadas indesejadas contribui para reduzir significativamente o miar.

O que pode fazer?

Em primeiro lugar deve sempre consultar o Médico Veterinário que acompanha o seu gato, para garantir que não existe nenhum problema de saúde. O veterinário pode também dar conselhos sobre o que poderá fazer para reduzir as circunstâncias em que o gato mia à noite. Proporcionar-lhe maior atividade diurna ou dar-lhe de comer mais tarde ao fim do dia, para o manter satisfeito, pode ajudar nesta situação.

Pode ser complicado saber o que os nossos animais domésticos esperam de nós. Saiba mais sobre a Linguagem Corporal do Gato para se informar sobre como o seu gato se está a sentir através da sua linguagem corporal.