Sorry, you need to enable JavaScript to visit this website.
Your Pet, Our Passion.
Welsh Terrier Mobile

Welsh Terrier

Cães de porte pequeno, compactos e com uma aparência robusta, os Welsh Terriers são também inteligentes e primorosos. Dotados de uma pelagem cerdosa e áspera e mais volumosa nas patas. Estes cães encontram-se em preto e castanho ou preto grisalho e castanho. Os adultos medem 39cm ou menos e pesam entre 9-10kg.

O que necessita saber
  • Cão adequando para donos com alguma experiência
  • Necessário algum treino
  • Gosta de passeios com alguma atividade
  • Gosta de dar passeios de uma hora por dia
  • Cão Pequeno
  • Cão que se baba pouco
  • Requer tratamento do pelo dia sim dia não
  • Raça não hipoalergénica
  • Cão conversador e vocal
  • Cão de guarda. Ladra e alerta para situações de perigo
  • Pode precisar de treino antes de viver com outros animais
  • Pode precisar de treino antes de viver com crianças

Características

Esperança Média de Vida: 12 – 15 anos
Peso em Adulto: 9 – 9.5kg 
Altura: 39cm or less in height
Cores: Preto e castanho ou preto, grisalho e castanho 
Porte: Pequeno

Avaliação

Adequado para Famílias: 4/5
Necessidade de Exercício: 5/5
Fácil de Treinar: 3/5
Tolerância para ficar sozinho: 2/5
Sociável com outros animais: 5/5
Nível de Energia: 5/5
Escovagem e Higiene: 3/5
Queda de Pelo: 2/5
Welsh Terrier deitado na cadeira

Personalidade

O Welsh Terrier é um cão ativo e com um aspeto alegre, inteligente e carinhoso. É apegado aos seus donos, brincalhão e divertido, apesar de ser um pouco reservado com estranhos. Se for devidamente socializado, gosta de conviver com gatos, caso contrário tem tendência para os perseguir. Sente-se mais feliz se for cão único!

Welsh Terrier em pé no campo com relva verde

História e Origem

Alguns historiadores apontam fortemente para a ligação da raça canina Welsh Terrier com o Old English Black and Tan (ou o Broken-Coated Terrier), contudo o seu pedigree galês de longa história evidencia que esta raça não é descendente direta da raça britânica atualmente extinta. Em 1737, os residentes de Carnarvonshire começaram a manifestar um enorme orgulho por esta raça imaculada também conhecida como "Carnarvonshire Welsh Terrier". Esta raça foi utilizada em matilhas para caçar lontras e texugos durante mais de 250 anos, tendo sido reconhecida como raça distinta em 1885, em Inglaterra.