Sorry, you need to enable JavaScript to visit this website.
Your Pet, Our Passion.
Welsh Springer Spaniel/ Springer Spaniel de Gales Mobile

Welsh Springer Spaniel/ Springer Spaniel de Gales

Cães compactos e simétricos, os Welsh Springer Spaniels têm um porte médio e foram criados para serem resistentes e para trabalharem arduamente. Têm uma pelagem lustrosa, acetinada e lisa com plumagem nas extremidades e uma cor intensa vermelha e branca. Os machos adultos medem 48cm e as fêmeas 46cm. Pesam entre 16-20kg.

O que necessita saber
  • Cão adequando para donos inexperientes
  • Necessário muito treino
  • Gosta de passeios exigentes onde gaste muita energia
  • Gosta de dar passeios de mais de duas horas por dia
  • Cão médio
  • Cão que se baba pouco
  • Requer tratamento do pelo dia sim dia não
  • Raça não hipoalergénica
  • Cão conversador e vocal
  • Não é um cão de guarda
  • Pode precisar de treino antes de viver com outros animais
  • Cão perfeito para famílias

Características

Esperança Média de Vida: 12 – 15 anos
Peso em Adulto: 16 – 20kg 
Altura: 46 – 48cm 
Cores: Profundo, rico vermelho e branco. As áreas brancas podem ser salpicadas com tique-taque vermelho
Porte: Mediano

Avaliação

Adequado para Famílias: 5/5
Necessidade de Exercício: 5/5
Fácil de Treinar: 5/5
Tolerância para ficar sozinho: 1/5
Sociável com outros animais: 4/5
Nível de Energia: 5/5
Escovagem e Higiene: 3/5
Queda de Pelo: 3/5
Spaniel (Welsh Springer) em pé perto da água

Personalidade

Os Welshies têm os olhinhos doces e leais peculiares da raça Spaniel e são completamente dedicados aos seus donos. São companheiros generosos e cheios de vida. Gostam de conviver com pessoas, mas podem desconfiar um pouco de estranhos. Gostam de pertencer à vida familiar e necessitam de companhia. São cães de caça aplicados, por norma, obedientes e fáceis de treinar.

Spaniel (Welsh Springer) corre no campo com relva

História e Origem

Desde o século XVIII que os spaniels vermelhos e brancos se instalaram no País de Gales. Os Springer Spaniels de Gales foram encontrados sobretudo no País de Gales e no oeste de Inglaterra antes da sua disseminação para o este de Inglaterra e para a Escócia, onde foram recrutados como cães de caça e para fins reprodutivos. A sua capacidade polivalente e o seu instinto de caça contribuíram para sua disseminação a nível mundial no século XIX e XX. Antes de esta raça ter sido declarada como oficial pelo Clube de Canicultura Inglês em 1902, o Springer Spaniel de Gales era conhecido como Cocker de Gales.