Sorry, you need to enable JavaScript to visit this website.
Your Pet, Our Passion.
Bloodhound/Cão de Santo Humberto

Bloodhound/Cão de Santo Humberto

Facilmente reconhecíveis pela sua cabeça nobre e enrugada, pálpebras inferiores caídas e orelhas penduradas, os Bloodhounds têm uma estrutura óssea sólida e membros musculosos e são cães realmente grandes! Têm uma pelagem curta, sedosa de cor preta e castanha, cor de fígado e castanha, e vermelha. As fêmeas adultas medem entre 58-63cm em altura e os machos adultos entre 63-69cm. Pesam entre 41-50kg.

O que necessita saber
  • Cão adequando para donos com alguma experiência
  • Necessário muito treino
  • Gosta de passeios com alguma atividade
  • Gosta de dar passeios de uma a duas horas por dia
  • Cão grande
  • Cão que se baba pouco
  • Requer tratamento do pelo uma vez por semana
  • Raça não hipoalergénica
  • Cão conversador e vocal
  • Não é um cão de guarda
  • Pode precisar de treino antes de viver com outros animais
  • Pode precisar de treino antes de viver com crianças

Características

Esperança Média de Vida: 10–12 anos
Peso em Adulto: 41–50kg
Altura: 58–69cm
Cores: A sua pelagem curta e lisa vem em preto e castanho, fígado e castanho e vermelho
Porte: Grande

Avaliação

Adequado para Famílias: 5/5
Necessidade de Exercício: 5/5
Fácil de Treinar: 3/5
Tolerância para ficar sozinho: 2/5
Sociável com outros animais: 5/5
Nível de Energia: 5/5
Escovagem e Higiene: 3/5
Queda de Pelo: 4/5
Bloodhound/Cão de Santo Humberto

Personalidade

São cães carinhosos, com uma natureza gentil, que se dão bem com crianças e conseguem viver em harmonia com outros cães e animais de estimação. São cães amistosos que acolhem visitas tanto desejáveis como indesejáveis. Embora tenham uma personalidade calma, contudo no exterior são barulhentos. São cães muito apegados e dedicados aos donos e não gostam de estar sozinhos.

Bloodhound/Cão de Santo Humberto

História e Origem

Os antepassados das raças modernas do Bloodhound remontam ao mosteiro de Santo Humberto, onde os cães chamados "Segusius" eram inicialmente utilizados para perseguirem lobos, felinos grandes ou veados, ou para rastrear animais feridos. Quando os Normandos conquistaram a Inglaterra em 1 066 d.C., introduziram muitos dos seus cães na Inglaterra, entre eles o Cão de Santo Humberto, ficando este conhecido como Bloodhound – ou, para ser mais exato — os cães pretos e castanhos eram os Bloodhound e os brancos os Cães Talbot). O Bloodhound atual não é idêntico ao cão de outrora, contudo, na Bélgica ainda mantém o nome da raça "Cão de Santo Humberto".