Sorry, you need to enable JavaScript to visit this website.
Your Pet, Our Passion.
Daniel

Regional Leader Purina Institute and Veterinarian @Purina

Daniel
Ingredientes

Ingredientes

Ir para secção >

A alimentação crua é melhor do que alimentação manufaturada?

Não há investigação científica que confirme que a alimentação crua seja melhor do que processada ou vice-versa. No entanto, há deve ter em conta a segurança alimentar e as consequências para a saúde desta opção, já que pode não fornecer todos os nutrientes que o seu animal precisa e que pode conter bactérias perigosas quer para o animal quer para si.

Embora não exista uma definição oficial única ou receita para 'Alimentação crua', esta expressão refere-se a pet food preparada em casa ou comercialmente com carne, órgãos ou ossos crus. Podem também incluir ingredientes como, leite não pasteurizado, ovos, frutas, vegetais, óleos, nozes e sementes cruas. Este tipo de dietas nem sempre é constituído só por elementos totalmente crus: pode conter, por exemplo, cereais cozinhados. O termo "BARF" é comumente utilizado para descrever este tipo de dieta. é um acrónimo para Ossos e Alimentação crua ou alimentação crua e biologicamente apropriada (em inglês "Bones and Raw Food" ou "Biological Appropriate Raw Foods"). Algumas pessoas acreditam que os seus animais devem comer alimentação crua porque está mais perto da forma como comeriam se não estivessem domesticados.

Há dois tipos de alimentação crua para cães e gatos: caseira e comercializada.

Preparar comida crua caseira é um desafio e requer conhecimentos específicos para garantir que fornece ao seu animal a quantidade adequada de nutrientes na proporção correta.
Existe já alimentação crua congelada e liofilizada para cães e gatos, que pode ser completa ou complementar. Estes produtos ajudam as famílias a alimentar os seus animais de forma responsável.

Na PURINA, estamos comprometidos a produzir alimentação segura, nutritiva e de alta qualidade que satisfaça a grande variedade de necessidades, no entanto, a alimentação crua não cumpre os nossos standards. Embora não disponibilizemos alimentação crua para cães e gatos, oferecemos uma variedade de produtos, com uma seleção de ingredientes naturais, como PURINA BEYOND e PURINA ONE DUAL NATURE.

Quem defende a BARF, alega inúmeros benefícios para a saúde como melhor digestão, pele mais saudável, redução de problemas alérgicos, aumento da resistência a doenças e parasitas, eliminação do odor do corpo e do mau hálito, melhor controlo de peso, redução de problemas de saúde, melhor qualidade de vida e nutrição semelhante á dieta "selvagem". Poucos destes benefícios têm suporte científico. Um dos argumentos reside no facto de ao cozinhar os alimentos estes reduzem a capacidade de digestão, especialmente de proteínas. No entanto, se os ingredientes forem cozinhados da forma correta, a capacidade de digestão pode mesmo melhorar. As preocupações relativamente a alimentação crua dividem-se em três áreas principais:

  1. Doenças de origem alimentar

    A Alimentação crua aumenta o risco de infeções bacterianas e infeções, já que os derivados de aves e de outros subprodutos animais podem estar contaminados.

  2. Ferimentos físicos

    O consumo de ossos crus pode resultar em inúmeras doenças quer em cães quer em gatos, que incluem dentes fraturados e outros ferimentos na línguas, engasgamentos, obstrução ou perfuração gastrointestinal, vómitos, diarreia, sangramento retal e mesmo morte.

  3. Desequilíbrio nutricional

    Pode seguir ou não uma receita ao preparar alimentação crua. Embora seja possível preparar alimentação crua em casa para garantir uma dieta equilibrada nutricionalmente, há múltiplos estudos que indicam que a maioria das refeições cruas preparadas em casa não fornecem uma alimentação nutricionalmente completa.

 

cachorro lá fora