Sorry, you need to enable JavaScript to visit this website.
Your Pet, Our Passion.
Purina ONE logo
Pequeno gatinho cinzento a morder o polegar do dono.

Como fazer o seu gato parar de morder

5 min de leitura
Purina ONE logo
Patrocinado por PURINA ONE

O seu gato parece sempre querer morde-lo? Saiba mais sobre os motivos pelos quais os gatos mordem e as melhores maneiras de fazer com que parem de o fazer

Não é incomum os gatos morderem. Há muitos motivos pelos quais um gato pode começar a morder de repente, aparentemente sem ser provocado. É importante entender que nem sempre morder um gato é feito como uma agressão.

Os gatos são predadores natos e, como tal, ações aparentemente agressivas como morder, atacar e arranhar constituem uma grande parte de suas brincadeiras. Permitir e encorajar esse instinto natural é importante para os felinos, mas há uma linha ténue entre se envolver em brincadeiras estimulantes e permitir um comportamento agressivo.

Saiba mais sobre os motivos pelos quais os gatos mordem para ajudar a impedir qualquer mordida desnecessária.

 

Por que mordem os gatos?

Existem muitos motivos pelos quais os gatos mordem e é importante entender o que o seu gato está a tentar comunicar ao morder. Eles podem estar a tentar enviar uma mensagem ou querem que pare de fazer algo.

Descobrir por que os gatos mordem pode ser confuso, pois muitos proprietários reclamam que os gatos mordem sem ser provocados e do nada. Num primeiro momento eles podem estar a gostar de uma festa, no momento seguinte, estão a mostrar os dentes!

Na maioria das vezes, quando os gatos mordem, eles estão a tentar dizer-lhe que não estão a gostar do contato que estão a receber no momento. Para os felinos, há uma linha muito ténue entre o as festas agradáveis e as carícias irritantes, por isso, embora o dono possa pensar que uma mordida veio do nada, para um gato a ação é inteiramente justificada.

 

Mordida repentina do gato durante uma festa

Uma das reclamações mais comuns dos donos de gatos é a mudança repentina de atitude que pode ocorrer durante o carinho: num segundo, o gato pode estar a adorar a atenção, no próximo ele está a morder os seus dedos!

É difícil dizer quando um gato está farto de carícias, mas aprender a ler a linguagem corporal dele ajuda-lo-á a saber quando uma mordidela pode estar a chegar O seu gato está a enviar uma mensagem nesta situação: ele já está farto. diminui a probabilidade dele morder novamente, respeitando isso e permitindo que o seu gato faça as suas próprias coisas, em vez de insistir em mais afeto.

 

Mordidela de gato durante a brincadeira

Os gatos costumam morder durante a brincadeira porque expressam seu instinto natural de caça.

Mão de donos de gato a morder.

Pode desencorajar o comportamento elogiando-os por brincadeiras delicadas durante as sessões de brincadeira. Sempre que o seu gato se envolver numa brincadeira que usa as patas, mas não as garras ou os dentes, premei-o com muito carinho e uma recompensa ou guloseima.

Também pode ajudá-lo a exercitar esse instinto natural, dando-lhe brinquedos que ele possa morder e arranhar para deleite do coração dele, sem que causar danos físicos reais. Quando o seu gato usar os seus brinquedos para morder e arranhar, reforce o bom comportamento com carinho e uma guloseima. Esta pode ser uma das maneiras mais eficazes de impedir que um gato morda em outras situações, especialmente quando a mensagem é aplicada durante as sessões de brincadeira. 

 

Mordidela de gato agressiva

Embora uma mordidela de gato seja muitas vezes apenas um aviso ou uma brincadeira superexcitada, às vezes pode tornar-se uma expressão de agressão. Morder durante o jogo é bastante fácil de distinguir de comportamento agressivo: esses pequenos beliscões não causarão muitos danos e acabam rapidamente. Mordidas agressivas de gatos são acompanhadas por outros sinais de que seu gato está em modo de luta, seja dirigido a uma pessoa ou a outro animal.

É importante impedir os gatos de morder de forma agressiva. O seu animal de estimação deve aprender que este tipo de comportamento não é aceitável, ou ele vai continuar a usá-lo como uma forma de expressar o seu medo ou frustração. Mesmo quando treina um gato para parar de morder, todos os animais podem ocasionalmente esquecer a lição e agir por instinto. Reforce sempre o bom comportamento com guloseimas e nunca tente disciplinar fisicamente o seu animal de estimação: eles não vão compreender a mensagem dessa forma.

Mordidas agressivas são geralmente acompanhadas por som assanhado, cuspidelas e uma postura arqueada defensiva. Evite permitir que seu animal de estimação entre em situações nas quais se torna agressivo. Isso é mais provável de acontecer com gatos ao ar livre que se encontram em disputas territoriais ou gatos que têm um histórico de abuso e se assustam facilmente. Compreender a psicologia do seu gato é extremamente útil para ajudar os proprietários a gerir estas situações mais agressivas. Leia mais sobre isso no nosso guia.

 

Gatinho na fase de mordidelas

Não se preocupe quando o seu gatinho começar a morder e a atacar outros animais e durante as brincadeiras que tem consigo.

Gato preto e branco a mordiscar o dedo do dono.

 Para todos os gatos, o ato de brincar à luta constitui uma grande parte das suas brincadeiras. Eles praticam essas tendências como um instinto natural: praticando para o dia em que precisarão de caçar as suas presas, mesmo que para os gatinhos domésticos, esse dia provavelmente nunca chegue!

Embora este seja um instinto natural que deva ser encorajado nos gatinhos jovens, nunca dê a impressão de que está tudo bem ao morder os dedos das mãos e dos pés das pessoas. Dê-lhes muitos brinquedos para praticar e recompense-os por isso. Ensinar gatinhos desde muito cedo na sua vida social que morder não é aceitável é a maneira mais eficaz de treinar um gato a parar de morder.

Leia mais guias sobre como treinar seu gato.