Sorry, you need to enable JavaScript to visit this website.
Your Pet, Our Passion.
código gatinho animado
gatinho no veterinário

Primeiros socorros para gatos

4 min de leitura

Criámos este guia de primeiros socorros para gatos para o ajudar a manter o seu animal de estimação calmo e confortável até que possa chegar ao seu veterinário.

Os nossos gatos são exploradores por natureza, estejam a subir a uma árvore no jardim ou a investigar o território de outro gato. Infelizmente, este amor pela aventura pode, por vezes, colocá-los em apuros e pode vir a precisar de algumas habilidades de primeiros socorros para gatos.

Na Purina, desenvolvemos este guia de dicas essenciais de primeiros socorros para gatos. Deve sempre ligar para o seu veterinário e procurar ajuda profissional como prioridade, mas em caso de emergências que exijam ajuda imediata pode ganhar tempo valioso até que chegue ao seu veterinário. 

 

Como saber se um gato está a sentir dor

Os gatos são criaturas muito secretas e por isso nem sempre sabemos se eles estão a sentir dor, por isso pode ser difícil saber quando é que eles precisam dos primeiros socorros para gatos. Embora isso dependa em grande parte da doença ou lesão específica de seu animal de estimação, alguns dos sintomas mais comuns de doença ou lesão que os gatos apresentam são os seguintes:

  • Esconder-se, como ir para um lugar escuro ou na sua tenda para gatos
  • Respiração rápida e fraca
  • Rosnar, assanhar ou chorar
  • Agressividade contra pessoas e outros animais de estimação na casa
  • Dormir com mais frequência
  • Falta de apetite
  • Lamber obsessivamente uma área particular
  • Falta de cuidados pessoais
  • Relutância em mexer ou envolver-se nas brincadeiras de gato ou gatinho
  • Alterações nas fezes
  • Mancar ou ter dificuldade em se movimentar

 

Primeiros socorros para gatos

Quando o seu gato está com dor ou sofrimento, saber como reagir pode muitas vezes fazer uma grande diferença. Vai ter de tentar manter a cabeça fria, respirar fundo e permanecer calmo, pois o seu gato provavelmente ficará stressado e assustado. A última coisa que vai querer fazer numa situação de emergência é piorar a situação, entrando em pânico, pois os gatos são mestres em perceber como nós nos sentimos.

A primeira coisa que deve fazer é entrar em contato com o seu veterinário. Ao telefonar-lhe, ele vai poder preparar-se para a sua chegada e, se for uma emergência, podem tentar falar consigo sobre alguns primeiros socorros básicos para gatos através do telefone também.

Nunca dê ao seu gato medicamentos para uso humano, pois podem ser venenosos e causar uma reação adversa.

Como lidar com um gato ferido

Dono a acariciar gato

INo caso de precisar de lidar com um gato ferido para levá-lo ao veterinário, vai precisar de saber como lidar com ele com segurança. A menos que seja aconselhado de outra forma pelo seu veterinário, dependendo das circunstâncias, aqui estão as nossas dicas: aproxime-se dele muito devagar e coloque uma das mãos sob o queixo, na frente do peito, com a outra entre as pernas traseiras.

Se ele parecer particularmente agressivo, pode usar uma toalha grossa para se proteger ou usar luvas de proteção. Depois de o levantar, coloque-o numa caixa de transporte bem acolchoada para garantir que sua viagem é o mais confortável possível. Pode cobrir a caixa de transporte com uma toalha para o ajudar a sentir-se menos assustado.

 

Ajudar um gato que está a sangrar 

Se o seu gato parece estar a sangrar, é importante aplicar os primeiros socorros rapidamente para evitar choque ou que ele colapse. Se se encontrar numa situação em que precisa diminuir o fluxo sanguíneo antes de procurar ajuda, siga estas etapas: em primeiro lugar, aplique pressão por pelo menos 10 minutos usando uma gaze, lenço de papel ou um pano limpo - isto pode ser difícil e pode precisar de alguém para o ajudar se o seu gato estiver a oferecer resistência. Não amarre uma ligadura ao redor da área.

Enquanto estiver a aplicar pressão, em nenhum momento deve levantar o curativo para verificar se parou de sangrar, pois isso poderá desalojar o coágulo. Se o sangue passar pelo curativo, simplesmente coloque um novo em cima do outro. Procure ajuda veterinária o mais rápido possível.

 

Primeiros socorros de gatos para ossos quebrados

Leve o seu gato ao veterinário o mais rápido possível. Apoie a área afetada, se possível, com uma toalha por baixo e levante-o calmamente para uma caixa de transporte. Nunca tente aplicar uma tala sozinho, pois isso fará mais mal do que bem e pode fazer com que o osso saia através da pele.

 

Lidar com queimaduras e escaldões

Molhe uma toalha ou pano em água fria e aplique diretamente na área afetada. Não aplique pomadas ou cremes, pois isso pode causar irritação, mas pode usar uma gaze embebida numa solução salina para proteger a área. Depois de fazer isso, leve-o ao veterinário imediatamente.

 

O que fazer se o seu gato foi envenenado

Se sabe que o seu gato foi envenenado por comer alguma coisa, é mais importante ir ao veterinário do que dedicar qualquer tempo a primeiros socorros. Vai precisar encontrar o veneno, ligar para o veterinário e levá-lo o mais rápido possível. É importante que leve o rótulo ou qualquer informação sobre o que seu gato comeu, ou se for uma planta, aponte o nome dela e leve uma amostra ou uma foto consigo.

 

Ajudar um gato com convulsões

Um erro comum que os donos cometem ao ver o gato a ter um ataque é tentar segurá-lo. Em vez disso, deve escurecer a sala, desligar qualquer coisa que faça barulho e certifique-se de remover qualquer coisa com a qual seu gato possa se aleijar. Depois de fazer isso, telefone para o seu veterinário e ele vai recomendar o próximo curso de ação.

Picadas ou mordidas de insetos

Veterinário a examinar gato preto

Ao usar os primeiros socorros para gatos para tratar picadas ou mordidas de insetos, a primeira coisa que deve fazer é verificar se o ferrão ainda está no seu animal de estimação. 

Se estiver, tente removê-lo cuidadosamente com uma pinça, tendo cuidado para não apertar, pois este pode liberar veneno adicional. Se estiver preocupado, deixe-o e leve-o ao veterinário para que ele o remova por si. Se o ferrão estiver fora, lave a área com um álcali, algo como bicarbonato de sódio dissolvido em água fria para picadas de abelha ou inseto, ou use sumo de limão ou vinagre para picadas de vespa. Se não tiver certeza do que era o inseto, use água limpa.
Se a picada ou mordidela de inseto estiver na boca do seu animal de estimação, leve-o ao veterinário imediatamente, pois pode inchar e causar dificuldades respiratórias.

 

O que fazer se o seu gato estiver a sufocar

Se o seu gato estiver a sufocar, enrole-o numa toalha e abra a boca. É importante que não incline a cabeça dele para trás, pois isso pode fazer com que o objeto caia em sua garganta, por isso pode precisar de duas pessoas para isto - uma para segurar e apoiar o gato e outra para olhar para dentro da boca do gato à procura de objetos. Se o objeto estiver visível e não parecer estar preso a nada, remova-o com uma pinça sem pontas Se o objeto parecer que pode estar preso a algo, não o puxe. Contate o seu veterinário e leve-o ao consultório imediatamente.

Os primeiros socorros para gatos só devem ser usados para ajudar seu gato até que possa ir ao veterinário - nunca devem ser usados em vez de cuidados profissionais, mas sim em casos onde uma ação imediata é necessária. Certifique-se sempre de ter o número do seu veterinário guardado no telefone, pois nunca sabe quando poderá vir a precisar dele.

Estas são nossas dicas básicas de primeiros socorros para gatos! Quer saber mais informações sobre o bem-estar do seu gato ou gatinho? Leia o nosso guia sobre como remover uma carraça de um gato.