Sorry, you need to enable JavaScript to visit this website.
Your Pet, Our Passion.
Oriental de pelo Longo

Principais características da raça de gatos Oriental de pelo Longo

O gato Oriental de pelo Longo apresenta um corpo longo, delgado e elegante, semelhante ao de um Siamês, com uma cabeça e orelhas de formato triangular. A pelagem é longa e acetinada, mas ao contrário do Persa não tem um subpelo lanudo, e a pelagem encontra-se rente ao corpo e, por isso, pode clamar oficialmente a denominação de "pelo semilongo". A cauda tem uma plumagem magnífica. A gama de cores admissíveis abrange desde cores sólidas a cinzentos, pontas coloridas ou tigradas. Todos os Orientais de pelo Longo têm olhos verdes em forma de amêndoa, exceto os gatos brancos, que podem ter os olhos verdes ou azuis, ou terem olhos desiguais (um olho de cada cor).

O que necessita saber
  • Muito ativo
  • Sociável e dependente
  • Muito comunicativo
  • Gato magro e elegante
  • Requer que o pêlo seja tratado todos os dias
  • Raça não hipoalergénica
  • Precisa de algum espaço exterior
  • Pode precisar de familiarização antes de viver com crianças
Gato de cabelo comprido oriental a brincar no jardim

Personalidade

Como todos os gatos do tipo Oriental, eles são alegres, sociáveis e curiosos. Os Orientais de pelo Longo miam muito e podem entrar facilmente em monotonia, se não lhe derem atenção e jogos de diversão. Estes gatos anseiam por companhia, que é algo a considerar se estiver fora durante a maior parte do dia. A adoção de dois gatos poderá ser a solução do problema.

Gato de cabelo comprido oriental de pé perto do vaso de flores

História e Origem

País de Origem: Inglaterra

Outros Nomes: Foreign Longhair, Angora, Madarin, British Angora

Os Orientais de pelo Longo foram inicialmente importados de Ancara, na Turquia, no século XIX, e foram os primeiros gatos de pelos longos a serem introduzidos na Europa Ocidental. O declínio da raça surgiu no início do século XX com a introdução do Gato Persa com um tipo de pelagem mais volumosa. O Oriental de pelo Longo moderno foi reproduzido geneticamente por criadores no Reino Unido através de cruzamentos seletivos com Abissínios (por causa do pelo longo) e Siameses (por causa da sua fisionomia). Alguns dos gatos iniciais foram introduzidos e criados nos EUA, atualmente classificados como Angorás Turcos. O Oriental de pelo Longo era anteriormente conhecido como o Angorá Britânico antes de ser rebatizado em 2002 pelos clubes de felinicultura britânicos, a fim de evitar confusão com o Angorá Turco. Na Europa, o gato Oriental de pelo Longo com uma cor sólida é conhecido como Javanês.