Sorry, you need to enable JavaScript to visit this website.
Your Pet, Our Passion.
Burmilla

Burmilla

O Burmilla é um gato de porte médio, semelhante ao Burmês, com um corpo robusto, bem musculoso e uma parte traseira forte e direita. A fêmea é muito mais pequena e delicada que o macho. A cabeça é ligeiramente abobadada, o focinho tem uma forma triangular e as orelhas são afastadas. A cor dos seus olhos expressivos vai do dourado até ao verde. A pelagem é curta e rente, com um subpelo pálido e um sombreado que cobre (uma cor mais escura nas pontas) a restante parte do corpo e um "M" distinto na testa.

O que necessita saber
  • Brincalhão e curioso
  • Sociável e dependente
  • Ligeiramente comunicativo
  • Gato médio
  • Requer que o pêlo seja tratado uma vez por semana
  • Raça não hipoalergénica
  • Precisa de algum espaço exterior
  • Pode precisar de familiarização antes de viver com crianças
Gato Burmilla  a tirar uma soneca

Personalidade

O Burmilla é menos turbulento do que um Burmês, mas menos relaxado que um Chinchila. Este gato pretende ver os seus donos à volta dele e ser parte da família. É ostensivamente exigente e persegue os donos até lhe prestarem a atenção devida. Como a maioria dos gatos Asiáticos, os Burmillas são muito inteligentes e muitas vezes conseguem resolver problemas, como por exemplo,  abrir portas.

Burmilla  parecendo surpreso

História e Origem

País de Origem: Grã-Bretanha

O Burmilla é um gato de pelo curto do grupo felino Asiático. Esta raça surgiu em 1981 através do cruzamento acidental entre um macho chinchila e uma fêmea Burmês lilás, de forma a obter um gato do tipo Burmês. Os gatinhos tinham o comportamento e a constituição de um Burmês, porém eram dotados de uma cor deslumbrante prateada e de manchas nas pontas como o Chinchila. Na verdade, estes gatos despertaram de tal forma o interesse que decidiram então por os acasalar outra vez e, a partir daí, foi criada uma nova raça.