Sorry, you need to enable JavaScript to visit this website.
Your Pet, Our Passion.
Cão da Terra Nova

Principais características da raça de cães Cão da Terra Nova

O cão da Terra Nova é mais bem descrito como um gigante gentil. São grandes e pesados tanto a nível de estrutura ósseo como de pelagem. Em cachorros parecem ursos de peluche fofos, mas esta fase não dura muito tempo, pois crescem muito depressa. Podem ser pretos, castanhos ou brancos e pretos (Landseer). Os machos adultos medem, em média, 71cm e pesam entre 64-69kg; as fêmeas adultas medem 66cm e pesam entre 50-54,5kg.

O que necessita saber
  • Cão adequando para donos experientes
  • Necessário algum treino
  • Gosta de passeios com alguma atividade
  • Gosta de dar passeios de uma hora por dia
  • Cão muito grande
  • Cão que se baba muito
  • Requer tratamento do pelo diária
  • Raça não hipoalergénica
  • Cão pouco vocal
  • Cão de guarda. Ladra, alerta para situações de perigo e protege fisicamente se necessário.
  • Cão perfeito para viver com outros animais
  • Cão perfeito para famílias
Terra Nova de pé na floresta

Personalidade

Os cães Terra Nova são dóceis, meigos e são ótimos animais de estimação, gostando de conviver com pessoas e outros animais. Têm um instinto natural para salvar vidas, o que poderá ser um inconveniente pois tentarão constantemente tirá-lo da água! São cães extrovertidos, cheios de energia e diz-se que são das raças mais amistosas.

Filhote de Brown Newfoundland a olhar para a frente

História e Origem

Especula-se que a raça canina Terra Nova (ou "Newfie") não tivesse habitado na Terra Nova. Porém, a ilha era habitada por nativos e pelos seus cães de tipo lobo no século XV. Estes cães foram utilizados para caçar, trazer e transportar cargas. Durante a colonização da ilha, os colonos apenas mantiveram os cães mais obedientes e úteis. Os cães que sobreviveram foram cruzados com outros que foram introduzidos na ilha pelos comerciantes e a ninhada resultante foi entregue à sua sorte. Ao longo dos anos, novos cruzamentos culminaram na formação e revigoramento da raça, dando lugar ao Terra-nova atual. No início do século XVIII, foi difundida a notícia por toda a Europa sobre estes cães extraordinários que conseguiam transportar cargas pesadas e, então, começaram a ser reproduzidos com afinco.