Sorry, you need to enable JavaScript to visit this website.
Your Pet, Our Passion.
Pastor Belga Tervueren

Principais características da raça de cães Pastor Belga Tervueren

O Tervueren é uma raça de porte médio, de pelo comprido e estrutura aparentemente quadrada. Embora seja frequentemente confundido com o Pastor Alemão de pelo Comprido, ele apresenta uma estrutura mais quadrada, uma estrutura óssea mais leve, com uma cabeça mais cinzelada.

O que necessita saber
  • Cão adequando para donos experientes
  • Necessário muito treino
  • Gosta de passeios exigentes onde gaste muita energia
  • Gosta de dar passeios de mais de duas horas por dia
  • Cão grande
  • Cão que se baba pouco
  • Requer tratamento do pelo uma vez por semana
  • Raça não hipoalergénica
  • Cão conversador e vocal
  • Cão de guarda. Ladra e alerta para situações de perigo
  • Pode precisar de treino antes de viver com outros animais
  • Pode precisar de treino antes de viver com crianças
Pastor belga Tervueren em pé na estrada

Personalidade

O Tervueren é um companheiro dedicado e carinhoso, protege o seu lar e família. Tal como em todas as raças com tendências para guardar, não é aconselhável encorajar esses instintos de guarda quando são cachorros, uma vez que pode começar a assumir a sua função de guarda em situações inadequadas. Os seus instintos naturais de guarda entram em ação se e quando necessário. Contudo, tem um grande sentido de humor e aprende rapidamente.

Pastor Belga Tervueren na competição

História e Origem

País de Origem: Bélgica

Existem quatro variedades do Pastor Belga – o Groenendael, o Tervueren, o Malinois e o Laekenois –, assim denominados conforme as regiões na Bélgica onde foram criados. As características da raça Tervueren são as mais semelhantes às do Groenendael. Crê-se que foram cruzados dois cães pastores "de pelo comprido de cor fulva coberto com um véu preto", resultando uma ninhada que foi cruzada com o raça original Groenendael. Uma ninhada precedente à raça Tervueren. Na década de 1940, a raça Tervueren quase que se extinguiu; porém, o interesse na raça foi reavivado na década de 1950.