Sorry, you need to enable JavaScript to visit this website.
Your Pet, Our Passion.
Grande Munsterlander

Grande Munsterlander

A raça canina Munsterlander de porte grande (ou "Munsters") são cães bem proporcionados que se transportam com orgulho. Dotados de uma pelagem solta e densa com plumagem nas patas e cauda. Os seus familiares de porte mais pequeno assemelham-se aos Setters e todos os outros aspetos também, à exceção da cor. Os Grandes Munsterlanders são pretos ou azuis ruão com branco, e os exemplares de porte mais pequeno castanhos (cor de fígado) e brancos ou fígado ruão. O Grande Munsterlander adulto mede 60-65cm e pesa cerca de 25-29kg, e as fêmeas medem 58-63cm e pesam cerca de 25kg. O Munsterlander Pequeno macho adulto mede 54cm e as fêmeas 52cm, com um peso entre os 15-17kg.

O que necessita saber
  • Cão adequando para donos com alguma experiência
  • Necessário algum treino
  • Gosta de passeios exigentes onde gaste muita energia
  • Gosta de dar passeios de mais de duas horas por dia
  • Cão grande
  • Cão que se baba pouco
  • Requer tratamento do pelo dia sim dia não
  • Raça não hipoalergénica
  • Cão conversador e vocal
  • Cão de guarda. Ladra e alerta para situações de perigo
  • Cão perfeito para viver com outros animais
  • Cão perfeito para famílias
Munsterlander de pé na relva

Personalidade

Estes cães carinhosos e adoráveis dão-se bem com a família, outros cães e animais de estimação. A maioria deles são muito pacientes com crianças. Contudo, os Munsterlanders atuam como cães de guarda quando necessário e podem ser bastante sonoros. São corajosos, ansiosos por trabalhar e têm uma natureza gentil, querendo agradar sempre. Necessitam de muita atenção e carinho. Transmitem a ideia de que apreciam muito a vida e querem que os donos sintam o mesmo!

Munsterlander de pé na relva numa manhã quente de verão

História e Origem

No século XIX, os cães caçadores de aves na Alemanha tinham todos os formatos, tamanhos e cores de pelagem. No final do século XIX, os diferentes padrões foram separados devido ao interesse crescente nas raças individualizadas. Quando o Clube de Pointer Alemão de pelo Comprido estabeleceu o seu estalão, a única cor intencionalmente permitida era a cor de fígado e o branco. Os cachorros pretos e brancos, muitos com linhagens de sangue excelentes, foram dados a agricultores e caçadores da região de Münster na Alemanha. Para eles, a cor não era importante e, assim, estes cachorros foram reproduzidos, possivelmente com outras raças, por exemplo, com outros setters ou spaniels, até que a raça canina Grande Munsterlander foi reconhecida como raça autónoma em 1919 para a distinguir dos exemplares de porte pequeno.