Sorry, you need to enable JavaScript to visit this website.
Your Pet, Our Passion.
Pharaoh Hound

Principais características da raça de cães Pharaoh Hound

Estes cães de porte médio com uma pelagem curta e orelhas eretas têm uma aparência graciosa e atlética. O Paraoh Hound apresenta uma cor acastanhada ou castanho intensivo, por vezes com manchas brancas. Os machos adultos medem entre 56-63cm de altura e pesam cerca de 23-25kg. As fêmeas adultas medem 53-61cm e pesam 20-23kg.

O que necessita saber
  • Cão adequando para donos experientes
  • Necessário algum treino
  • Gosta de passeios com alguma atividade
  • Gosta de dar passeios de uma hora por dia
  • Cão grande
  • Cão que se baba pouco
  • Requer tratamento do pelo uma vez por semana
  • Raça não hipoalergénica
  • Cão conversador e vocal
  • Não é um cão de guarda
  • Pode precisar de treino antes de viver com outros animais
  • Pode precisar de treino antes de viver com crianças

Características

Esperança Média de Vida: 11–14 Anos
Peso em Adulto: 20-25kg
Altura: 53-63cm
Cores: O Pharaoh Hound vem em tons de castanho, às vezes com manchas brancas na cauda, ​​peito, dedos e rosto
Porte: Médio

Avaliação

Adequado para Famílias: 5/5
Necessidade de Exercício: 4/5
Fácil de Treinar: 3/5
Tolerância para ficar sozinho: 2/5
Sociável com outros animais: 4/5
Nível de Energia: 2/5
Escovagem e Higiene: 3/5
Queda de Pelo: 2/5
Pharaoh Hound em frente a arbustos

Personalidade

O Pharaoh Hound é descrito como um cão razoavelmente independente e leal à sua família. Possui um instinto de caça inato e gosta de explorar o que o rodeia seja acompanhado ou sozinho, por isso recomenda-se uma socialização precose para mais tarde ele aceitar os gatos e outros animais pequenos. Podem ser bastante barulhentos e, sendo uma raça bastante sociável, gostam de conviver com outros cães e pessoas.

Três cães a descansar na relva

História e Origem

País de Origem: Malta

Foram encontrados vestígios de cães com uma aparência semelhante à raça canina Pharaoh Hound no Vale do Nilo que datam de há 4 000 a.C. Presume-se que, antes do período prédinástico egípcio, estes lebréis foram comercializados pelos Fenícios e deixados em ilhas isoladas onde se reproduziram entre si durante centenas de anos. Por volta de 1 000 a.C., a ilha de Malta foi colonizada pelos Fenícios e os seus lebréis. Estes cães eram apreciados pela sua capacidade de caçar coelhos e tornaram-se conhecidos como o "cão de coelho", que se tornou o Pharaoh Hound que conhecemos atualmente.