Mudámos recentemente a nossa Política de Privacidade. Para conhecer em detalhe a Política de Privacidade corrigida, por favor clique neste link.

Política de Cookies

O que contêm os alimentos PURINA?

undefined

Aqui na PURINA, criar refeições cuidadosamente equilibradas para manter o seu pet feliz e saudável é o que nos tem guiado ao longo dos últimos 85 anos.

A nossa equipa dedicada é constituída por nutricionistas, especialistas em comportamento animal, médicos veterinários e cientistas alimentares, todos trabalhando para criar alimentos para animais de companhia, que suportem a sua saúde e bem-estar. O nosso objetivo é simples: tornar os pets de todo o lado o mais felizes e saudáveis possível.

Os ingredientes que escolhemos são uma das partes mais importantes do trabalho que desenvolvemos. Utilizamos matérias-primas de origem animal (tais como frango, carne de vaca, borrego e peixe), vegetais, cereais e vitaminas para desenvolver receitas saborosas e nutritivas. O alimento que eles comem é uma parte fundamental da forma como os nossos pets crescem e se desenvolvem – não deixamos nada ao acaso. Continue a ler para saber mais sobre os ingredientes específicos que utilizamos na gama de alimentos PURINA…

Carnes e subprodutos de origem animal

Matérias-primas de origem animal (tais como frango, carne de vaca e borrego) são geralmente boas fontes de proteína, ácidos gordos essenciais, ferro e algumas vitaminas do grupo B. Têm um ótimo sabor para os pets e são de fácil digestão para eles.

O termo “carne e subprodutos de origem animal” apenas significa um ingrediente de origem animal e a PURINA apenas utiliza ingredientes, que obrigatoriamente provenham de animais que tenham sido inspecionados por veterinários e que sejam liberados para consumo humano. Isto significa que os alimentos PURINA contêm matérias-primas de origem animal dos mesmos animais que nós comemos, tais como carne de vaca, borrego, aves e carne de porco.

Peixes e subprodutos de peixes

O peixe é uma excelente fonte de proteína de elevada qualidade e é por isso que o utilizamos em muitas das receitas PURINA. As proteínas são unidades estruturais do organismo, essenciais para o crescimento e reparação. As proteínas ajudam a libertar energia e a formar músculo, pele, pelo, anticorpos e hormonas. A massa muscular do peixe contém iodo. Uma vez que as espinhas são frequentemente trituradas na preparação do peixe, também é fornecida uma boa fonte de cálcio e fósforo. A carne dos peixes gordos contém vitamina A e D e ómega-3 – ótimos para manter o pelo saudável e brilhante.

Vegetais

Os vegetais são com frequência combinados com fontes de proteína em muitos dos nossos alimentos PURINA.

Os vegetais fornecem uma ótima fonte de vitaminas, minerais e fibra. Os grãos de soja fornecem uma fonte de proteínas e energia, ómega-6, vitaminas B, fibras e minerais.

Vitaminas, minerais e aminoácidos

Tal como os humanos, os gatos e os cães necessitam de um correto equilíbrio de vitaminas e minerais para manter as estruturas corporais e as funções vitais. As vitaminas suportam um conjunto de funções do organismo, incluindo o sistema imunitário, a visão, a estrutura óssea, os músculos e as articulações, bem como a produção de antioxidantes. Os minerais equilibram os fluídos corporais, suportam os processos metabólicos e promovem ossos e dentes fortes.

As vitaminas, os minerais e os aminoácidos são classificados como “aditivos nutritivos” nos alimentos para animais de companhia. Estes aditivos ajudam-nos a produzir alimentos que são nutricionalmente completos e equilibrados para responder às necessidades nutricionais do seu pet. Alguns exemplos incluem Vitamina A, que ajuda a visão normal; cálcio e fósforo para ajudar a promover o desenvolvimento e manutenção de ossos e dentes saudáveis; Ferro (Sulfato ferroso monohidratado), que pode ajudar a suportar um sangue saudável e Zinco (Sulfato de zinco monohidratado), que pode ajudar a suportar um sistema imunitário saudável.

Outros aditivos

Os aditivos incluem aromatizantes, conservantes, antioxidantes e corantes. Os aditivos desempenham papéis importantes no fornecimento de um alimento apelativo e saboroso, bem como no desenvolvimento de um alimento seguro e nutricionalmente equilibrado para o seu pet. Apenas utilizamos pequenas quantidades de aditivos, que são seguros e legalmente permitidos de acordo com a restrita legislação Europeia sobre alimentos para animais de companhia. Os aditivos utilizados podem também ser encontrados na nossa própria alimentação.

Os conservantes são um exemplo de um tipo de aditivos. Podem ser artificiais ou naturais, mas ambos são utilizados para prevenir a degradação dos ingredientes alimentares, como por exemplo adegradação das gorduras. Os conservantes são críticos para garantir que os alimentos para animais de companhia se mantenham com boa qualidade, seguros e palatáveis.

Os antioxidantes são outro exemplo de aditivo. Tem sido demonstrado que desempenham um papel importante na saúde e bem-estar dos pets a longo prazo. Em alguns casos, podemos adicionar antioxidantes como, por exemplo, vitamina C, vitamina E e selénio aos nossos alimentos para ajudar a promover uma boa saúde e neutralizar os radicais livres.

Os corantes são apenas utilizados em pequenas quantidades nos nossos produtos. Os corantes e todos os outros aditivos que utilizamos são cuidadosamente regulados por um conjunto de autoridades (The European Food Safety Authority (EFSA) em conjunto com a Comissão Europeia) e é permitida a sua utilização em alimentos para gatos, cães e humanos em todos os estados membros da União Europeia. Todos os produtos PURINA respeitam a restrita legislação Europeia para alimentos de animais de companhia, para garantir que são seguros e nutricionalmente equilibrados.

Cereais

As boas fontes de hidratos de carbono nos alimentos para animais de companhia derivam normalmente de cereais. Os cereais como o milho, o arroz ou a cevada são incluídos em muitos alimentos PURINA porque fornecem uma fonte importante de energia, uma parte de proteína e outros nutrientes, incluindo algumas vitaminas B. Certas fibras como, por exemplo, farelo de arroz, podem também ter efeitos benéficos adicionais, ajudando a suportar a saúde do trato digestivo.

Gorduras

As gorduras são uma parte essencial da alimentação dos animais de companhia e uma importante fonte de energia, fornecendo mais do que o dobro da energia fornecida pelas proteínas e hidratos de carbono. As gorduras também melhoram o sabor e a digestibilidade dos alimentos para animais de companhia.

Os ácidos gordos essenciais são importantes para a saúde geral do seu pet, tais como para um pelo brilhante e uma pele saudável, articulações saudáveis, sistema imunitário saudável, reprodução e para ajudar no sistema excretório.

Preocupamo-nos muitas vezes com as gorduras “Boas” e “Más” nos nossos alimentos, mas, ao contrário dos humanos, é geralmente considerado na medicina veterinária que os gatos e os cães não apresentam o mesmo risco de entupimento das artérias.

Todos os ingredientes nos alimentos PURINA, incluindo as gorduras, são cuidadosamente adaptados para dar ao seu animal de companhia as quantidades corretas, dependendo da sua idade ou estilo de vida. Isto significa que a quantidade exata de gordura em cada um dos nossos produtos varia. Um alimento PURINA para cachorros, por exemplo, tem um maior teor de gorduras do que um alimento para cães adultos, enquanto os alimentos para cães seniores ou para controlo de peso são mais baixos em gordura.

Sal

O sódio é um mineral alimentar essencial para gatos e para cães. O sal na forma de cloreto de sódio desempenha um papel importante ao ajudar o sistema nervoso a trabalhar de forma efetiva. O equilíbrio correto de determinados minerais designados eletrólitos (por exemplo, sódio, potássio, cálcio e magnésio) está também relacionado com o suporte do equilíbrio da água para evitar que o organismo fique com falta de água (e fique desidratado) ou com água em excesso. A quantidade de sódio nos alimentos PURINA está sempre dentro dos níveis de segurança e faz parte de uma alimentação 100% completa e equilibrada.

Açúcar

Os açúcares incluem sacarose (de cana ou açúcar de beterraba), frutose e glucose, que são todos produtos naturais, presentes na alimentação humana, como fruta e vegetais. O açúcar, tal como a proteína, é uma fonte de energia. No entanto, não representa um ingrediente principal na indústria de alimentos para animais de companhia. Leia o rótulo (sempre por ordem decrescente) e, no caso de ver “açúcares” declarados, deverão vir no final da lista de ingredientes.

share.png Partilha
x
precisamos do seu consentimento para continuar

O nosso site utiliza cookies e outras tecnologias para que nós e os nossos parceiros possamos reconhecê-lo(a) e compreender como os utilizadores usam o nosso site.

Consentimento do CookiePara ver uma lista completa das empresas que utilizam esses cookies e outras tecnologias e nos informar se podem ou não ser utilizadas no seu dispositivo, aceda à nossa ferramenta de consentimento de cookies. Verá esta mensagem apenas uma vez, mas poderá sempre definir as suas preferências, a qualquer momento, na Ferramenta de Consentimento de Cookies. Além disso, descubra mais informações sobre a utilização de cookies e tecnologias semelhantes sobre este site no nosso anúncio de Cookies.

Quando aceder ao nosso site, as empresas identificadas na Ferramenta de Consentimento de Cookies irão utilizar os cookies e outras tecnologias.

Concordar e entrar no acesso ao portal