Cuidar de cães de pastoreio

Os cães de pastoreio são cheios de energia e adoram estar no exterior, independentemente do clima. Eles gostam de ser treinados por si e jogar jogos divertidos – mas como poderá garantir que esta raça especial está feliz e preenchida?
Black and white Border Collie sitting with tongue out
Black and white Border Collie sitting with tongue out
Black and white Border Collie sitting with tongue out

Exemplos de algumas raças de cães de pastoreio incluem:

  • Border Collie
  • Welsh Corgi Pembroke
  • Bearded Collie
  • Pastor Belga
  • Pastor Alemão (see also Guarding Dogs)

O seu cão é um Cão de Pastoreio se ele:

É muito enérgico, adora longas caminhadas, observa as coisas com entusiasmo, persegue tudo o que se mexe e gosta de ir buscar as bolas, ou outros brinquedos, que são atirados para longe. Os Cães de Pastoreio têm muita atenção a si e aos seus sinais, e geralmente eles gostam de o manter no seu raio de visão. O seu Cão de Pastoreio valorizará o divertido treino baseado nas recompensas e poderá aprender muitas novas respostas e truques de forma rápida e fácil, o que também é uma ótima experiência para ambos, capaz de aumentar a ligação.

Exercício do Cão de Pastoreio

Se o seu cão é uma dessas raças, ele irá adorar explorar o ar livre – e certamente tem o vigor para isso! Originalmente criadas para longas horas de trabalho em todos os tipos de clima, no campo, nas montanhas e nas encostas, as raças de pastoreio não se deixam intimidar pelo tempo frio ou húmido. Estas raças adoram ser passeadas por si em qualquer estação, pelo que caso esteja preparado para o desafio o seu Cão de Pastoreio constituirá um excelente companheiro para o ar livre.

Embora estes cães amem o esforço físico das longas caminhadas, o exercício mental é igualmente importante para as raças de pastoreio. Andar ao longo da mesma rota dia após dia pode ser um pouco chato para o seu cão, que é inteligente, mas a concentração e o foco necessários para meia hora de aprendizagem de coisas novas em novos ambientes, bem como aprendizagem de novos truques, deixará este tipo de cão feliz e com o sentimento de dever cumprido. A variedade é muito importante para os cães de pastoreio e, portanto, deve estar preparado para explorar muitos ambientes diferentes nas suas caminhadas – e que tal praias, bosques, campos abertos, colinas ou rios para variar um pouco?

Como o seu cão tem um talento natural para perseguir e pastorear, é também essencial ter um chamamento fidedigno para o manter seguro ao seu lado. Ajudará certamente caso encontre gado pelo caminho ou caso o seu cão comece a perseguir vida selvagem de forma entusiasmada quando estiver a fazer umas caminhadas.

Black and white dog running through grass

Brincadeira independente

As raças de cães de pastoreio são inteligentes e podem aprender a trabalhar sem a ajuda do seu dono, mas geralmente estas raças preferem mantê-lo – o seu ‘pastor’ – à vista. Por exemplo, se estiver a trabalhar no jardim e não puder atirar bolas para o seu amigo canino apanhar, o seu cão irá normalmente divertir-se sozinho, movendo a bola sem a ajuda de ninguém. Se estes cães forem deixados sozinhos, sem nada com que se divirtam, eles geralmente inventarão as suas próprias atividades – seja a pastorear o gato de família, a perseguir a sua própria cauda ou a ladrar para o chamar novamente para a brincadeira!

Esteja ciente de que, assim que saibam o que devem fazer para chamar a sua atenção, estes cães irão repetir o seu comportamento e este poderá tornar-se problemático – mantenha-se firme, portanto, independentemente do quão adoráveis os olhos do seu ‘cachorrinho’ são!

Brincar com o seu cão de pastoreio

Black and white Border Collie catching pink frisbee

O seu cão de pastoreio adoram trabalhar e brincar com a sua família humana. Ele é um cão que exige uma quantidade de tempo considerável, precisando de uma boa dose de estímulo todos os dias para compensar o facto de não trabalhar em tempo integral com gado ou ovelhas. Como originalmente este tipo de cães eram cães de trabalho, eles pretendem naturalmente manter-se ocupados!

No caso das caminhadas mais lentas, que não necessitam de trela, o seu cão irá geralmente cercar a família, conduzindo toda a gente com toda a naturalidade, de forma a garantir que ninguém fica para trás. Eles adorará jogar ao ‘esconde e procura’ consigo; se um dos seus grupos se esconder, o seu pastor irá rapidamente notar a sua ausência e irá rapidamente à sua procura. As crianças normalmente adoram esta brincadeira, e muitas raças de pastoreio não precisam de aprender como jogar este jogo, uma vez que a busca e a condução é natural em si.

O seu cão irá também participar provavelmente num bom jogo de ‘busca’; alguns Border Collie, especialmente, irão trazer-lhe uma bola de ténis ou um disco voador para que lhes possa atirar para sempre! Não espere que o seu cão pare de brincar quando estiver cansado: o seu entusiasmo significa que ele simplesmente irá continuar a brincadeira até que você decida parar: deve por isso ter cuidado para não ir além dos limites do seu cão. Os saltos demasiado grandes para apanhar o disco voador podem causar problemas nas articulações do seu cão, e as lesões podem ocorrer se o seu cão aterrar de forma desajeitada ou parar de repente. Fique conscientes, então, da idade, da capacidade física e da aptidão do seu cão. Embora pareça uma coisa natural a fazer, não atire paus para que o seu cão vá buscar, já que isso lhe poderá causar lesões graves e, às vezes, fatais.

Geralmente, os cães de pastoreio são cães bastante inteligentes e aprendem rapidamente com um treino baseado em recompensas – acessível para si e divertido para o seu cão também! Treine o seu cão em cada oportunidade que tiver ao longo do dia, uma vez que sessões de treino ‘curtas-e-frequentes’ manterão o cérebro do seu cão a funcionar de forma muito mais eficaz do que sessões mais longas e menos frequentes. Tente no entanto não estimular demasiado o seu cão com muitas novas experiências – ele precisa de tempo para relaxar como toda a gente, e se puder desligar por vezes, divertir-se-á e apresentar-se-á melhor mais tarde.

Ligação emocional

Os cães deste tipo ligam-se muito a uma pessoa às vezes, mas podem desfrutar da companhia de todos os membros da sua família humana. É uma boa ideia garantir que todos os membros da família brincam com o seu cão e que todos o alimentam, mas que, especialmente, o treinam e arranjam formas de que faça exercício, para que o seu cão não fique dependente de uma só pessoa. Os cães de pastoreio também podem formar grandes laços com outros cães em casa e, com a devida socialização e o devido treino desde uma idade baixa, podem fazê-lo também com gatos! (Se o seu animal de companhia for um Pastor Alemão, poderá querer ler também sobre Cães de Guarda – o temperamento do Pastor Alemão [Link to ‘Guarding Dogs’ article] mostra que tem muito em comum com estas raças.)

O seu inteligente cão de pastoreio está bem sintonizado com o seu humor e tem tendência a responder bem quando está calmo e mostra bem as suas intenções. Por exemplo, se houver um barulho alto e inesperado, o seu cão provavelmente irá olhar para si e avaliar a sua reação. Se estiver calmo, ele sentir-se-á seguro e entenderá que não há nada de errado; mas se ficar ansioso, ou lhe der muita atenção na tentativa de reconfortá-lo, o seu cão ficará provavelmente ansioso no futuro.

Fazer com que o seu cão faça parte da sua vida quotidiana é importante – ele irá adorar manter-se ocupado dentro de casa ou a participar nalguma atividade no jardim consigo, ‘ajudando-o’ no que pode. Dê aos seus ajudantes pequenos trabalhos, tais como colocar os seus brinquedos numa caixa, no final de uma sessão de brincadeira, ou ir buscar itens identificados (os seus chinelos, a escova de grooming do seu cão, a trela do seu cão, o correio), pois o seu cão responde muito bem ao treino e mostra uma grande disposição para trabalhar para si. Se o seu cão de pastoreio for bem socializado e treinado, será para si um prazer levá-lo consigo a visitar cafés, jardins e bares dog-friendly, bem como a visitar os seus amigos. As pessoas irão certamente adorar o comportamento amigável e energético do seu cão, e este receberá muita atenção!

No final de um dia atarefado, nada dará mais gosto ao seu cão de pastoreio do que deitar-se aos seus pés ou ao seu lado no sofá, a dormir e aproveitar as suas festinhas. O contacto físico é importante para este tipo de cão, para que ele possa colocar a sua cabeça nos seus pés ou no seu colo, ou se possa simplesmente apoiar em si se estiver quieto. Devolva a gentileza e escove o seu cão regularmente. Não apenas a escovagem diária do seu cão garantirá que quaisquer detritos que possam ter ficado presos ao seu pelo durante as incursões pelo campo são removidos, como que quaisquer problemas de saúde relacionados com a pele e o pelo do seu cão são detetados atempadamente. Além disso, esta é uma experiência relaxante, que contribuirá para melhorar a ligação entre ambos.

Treino

Black, white and tan longhaired dog running

É importante que transmita ao seu adorável cão a autoconfiança desde uma idade baixa para que ele não se torne excessivamente dependente da sua presença física constante, uma vez que isso pode levar a problemas relacionados com a separação. Habitue o seu animal de companhia a curtos períodos de solidão desde uma idade baixa, tanto quanto possível, indo para outra sala e separando-se dele de tempos a tempos, mesmo quando não vai sair de casa. Disponibilize uma casota interior confortável para o seu cão, do género de uma toca (por vezes chamado de box) ou uma cama confortável num quarto calminho onde o seu amigo canino possa dormir um pouco ou mastigar um brinquedo, seguro, que contenha um snack. Exercite o seu cão antes de ter de o deixar em casa sozinho, para que ele tenha tido a oportunidade de ir á casa-de-banho e esteja pronto para relaxar. Para manter o seu animal de companhia ocupado, porque não esconder um brinquedo que contém um snack para que o seu cão o encontre e se mantenha depois ocupado?

Algumas raças de cães de pastoreio – particularmente as raças Collie, com o seu temperamento amoroso característico dos Collie – podem ser persistentes nas suas tentativas de chamar à atenção. Períodos de treino ‘sem contacto’ podem ensinar ao seu cão que não lhe será dada nenhuma atenção quando é colocado um certo marcador visual, tal como um lenço pendurado sobre a maçaneta da porta ou um qualquer adorno colocado sobre uma mesa. Isso ajuda realmente a gerir o vínculo que tem com o seu cão, já que ele não irá esperar pela sua atenção e, depois, ficar frustrado se não lha der. Desta forma, o seu cão não irá tornar-se um incómodo e acabará por receber tanta atenção quanto aquela que lhe quiser dar; simplesmente, a sua felicidade não irá estar dependente disso.

O seu cão terá fortes instintos naturais de guarda, especialmente os tipos de cão de pastoreio, tais como o Pastor Alemão e o Pastor Belga, e irão muitas vezes vigiar os seus limites no jardim, mantendo-se alerta a qualquer ruído, dentro ou fora de casa. A socialização completa com as pessoas quando estes cães são muito novos é importante, assim como ao longo da sua vida, para que estes aceitem alegremente visitantes.

Ensinar o seu amigo canino a ‘calar’ a pedido, depois de bater na porta, irá impedi-lo de ladrar demasiado quando ouve qualquer barulho. Os cães de pastoreio podem tornar-se possessivos em relação a brinquedos, à comida, à sua cama e a outros recursos (incluindo em relação a si) se se sentirem ameaçados. Essa é outra razão pela qual a socialização precoce é uma boa ideia e, portanto, treinar o seu cão a ‘dar’ os seus brinquedos – ou até um objeto a pedido – é bastante fácil se lhe puder oferecer um objeto ainda melhor em troca, tal como um snack! Veja a nossa página sobre Cães de Guarda para mais informação.

Nutrição do cão de pastoreio

A maioria dos tipos de cães de pastoreio não se preocupa tanto com os outros cães como várias outras raças de cão, mas as recompensas de alimentação, especialmente os snacks de alta qualidade (que normalmente são dados só em ocasiões especiais), costumam funcionar bem quando usados para ensinar novos exercícios de treino.

Se a comida não motiva especialmente o seu cão de pastoreio, tente elogiá-lo de forma verbal para reforçar o seu bom comportamento. Alternativamente, alguns cães de pastoreio irão trabalhar muito para aprender novos truques em troca de brincadeira com o seu brinquedo favorito ou com uma bola. Experimente por si mesmo e veja o que se adequa melhor ao seu cão, e tente usar uma variedade de recompensas diferentes para manter o seu interesse elevado e tornar a situação agradável para ambos.

Se o seu cão comer alimentação seca, poderá usar cerca de um quarto da sua dose diária recomendada como recompensa pelo seu treino, no caso de a comida constituir para si uma motivação – não há nada como um saboroso snack para aumentar o seu interesse! Outro quarto da dose poderá ser oferecido em brinquedos preparados para o efeito, para que o seu cão possa brincar durante todo o dia, quer em espaços interiores, quer exteriores. Outro quarto pode ainda ser espalhado pelo jardim para que o seu cão o possa procurar, constituindo um jogo divertido para manter o seu cão ocupado.

Alimentar o seu cão desta forma obriga o seu cão a trabalhar para ter a sua comida, o que o irá satisfazê-lo e mantê-lo ocupado durante mais tempo. A quantidade restante da sua alimentação diária deve ser dividida em duas refeições por dia (manhã e tarde), de modo a que o seu cão o veja sempre como um fornecedor de comida ‘parental’. Peça a todos os membros da família que assumam esse papel, à vez, para que todos possam beneficiar do vínculo fortalecido com o seu cão.

Se o seu cão comer alimentação húmida, recorra a outros snacks mais adequados como forma de recompensa durante o seu treino, mas tenha cuidado ao calcular a dose diária de alimentação recomendada do seu cão. O seu cão é mais feliz em pelo menos duas refeições por dia, mas apenas uma destas refeições precisa de ser uma grande refeição ‘principal’. Metade da sua dose diária de alimentação pode ser dividida em porções mais pequenas, reservadas para uma alimentação mais ‘ativa’, que requer a procura da alimentação por parte do seu cão – muito mais divertido!

O seu cão mostrará abertura a ser treinado para lhe levar a sua tigela na altura das suas refeições (a menos que seja de cerâmica e, como tal, demasiado pesada). Poderá ir mais longe até no caso de alguns cães de pastoreio e treinar este tipo de cães para colocar depois as tigelas lavadas no armário!

Enquanto seguir as diretrizes da dose diária de alimentação recomendada (veja a embalagem da comida do seu cão para mais informação) e monitorizar o peso do seu cão, não se preocupe se parecer que não há muito mais comida restante para a refeição. Desde que o seu cão tenha tido acesso à sua dose diária de alimentação recomendada e você esteja a alimentar o seu cão com uma dieta completa, o seu cão terá todos os nutrientes certos para se manter forte.

Siga simplesmente estas dicas para manter o seu Cão de Pastoreio feliz e preenchido, e o seu cão não será o único a beneficiar da situação – você e toda a sua família terão um companheiro fiel e enérgico durante muito tempo!

Orange nutrition icon