Brincadeiras e Brinquedos para gatinhos

Brincar com o seu gatinho é um dos fantásticos benefícios da vossa relação. E mais, brincar diariamente contribui para que ambos permanecerem física e emocionalmente saudáveis - de que mais justificações precisa?
Brincadeiras e Brinquedos para gatinhos
Brincadeiras e Brinquedos para gatinhos
Brincadeiras e Brinquedos para gatinhos

Gatos e gatinhos são por natureza brincalhões, adoram interagir consigo e o divertimento que experimentam é uma recompensa em si mesmo! Brincar, incluindo exercitarem-se, contribui para a ligação entre os dois e contribui para alimentar os seus instintos caçadores. Elaborámos esta lista para lhe dar a conhecer tudo, desde os brinquedos de que mais gostam até às razões pelas quais gostam de brincar. Continue a ler para saber mais.

Porque é que os gatos gostam de brincar?

O gosto que experienciam ao brincar está associado à natureza selvagem dos seus antepassados. O que aparenta ser “brincar”, é na realidade o seu gato estar a aprender técnicas de sobrevivência, tais como perseguir, caçar e capturar presas. Embora os gatos que temos em casa não tenham qualquer necessidade de desenvolver capacidades de caça, o instinto geralmente impõe-se.

A brincadeira normalmente surge por volta das quatro semanas e por certo verificará que passam a maior parte do tempo a lutar com outros gatinhos à medida que descobrem a hierarquia social. Das sete às oito semanas, começam a centrar a sua atenção em brincadeiras predatórias com objetos inanimados.

Benefícios de brincar com o seu gato

Brincar não é somente a parte divertida de viver com o seu gato, mas é, na verdade, uma forma essencial de os manter física e emocionalmente saudáveis. Alguns dos muitos benefícios da brincadeira incluem:

Ajudar a expressar os seus instintos de caçadores

As brincadeiras de gatos e gatinhos ajuda-os a expressarem os instintos naturais de caçadores, o que é ótimo para estimular o seu cérebro e uma excelente forma de fazer exercício. Os melhores brinquedos para encorajar este tipo de jogos são varas de pesca e brinquedos pequenos e macios que podem ser rolados por baixo deles, para atraírem a sua atenção e encorajá-los a saltar e caçar.

Estimular física e mentalmente

Brincar durante 20 minutos por dia fornece uma boa estimulação mental e bastante atividade física ao seu gato, ao mesmo tempo que estreita a ligação entre ambos. Brincar é essencial para gatos que vivem dentro de casa, para ter a certeza de que utilizam a mesma e energia que gastariam a patrulhar o seu território e a caçar.

Também importa salientar que gatos domésticos podem precisar de tempo extra de brincadeira, ou então, mais do que um período por dia. Se tiver mais do que um gato e eles gostarem de brincar juntos, ou se o seu gato já for velho e menos ativo, uma pequena sessão será suficiente.

O período mais propício à brincadeira é normalmente de manhã e ao entardecer; assim, deve certificar-se de que brinca com eles antes de se deitar, e que o seu gato estará igualmente cansado o que contribuirá para que mie menos à noite.

Brincar como forma de exercício físico

Todos sabemos que os cães queimam imensa energia a correr atrás de bolas, praticando desporto para cães e sendo levados a passear. Com os gatos as coisas podem ser diferentes. Poucos de nós levamos os nossos amigos felinos a passear e durante bastante tempo podem estar a fazer qualquer coisa - desde espreguiçarem-se no jardim a dormitar ao sol! Então, como é que se garante que se exercita o suficiente?

A resposta é simples: divirta-se a brincar com eles! Desde pequeninos até à velhice adorarão empurrar, perseguir e atacar toda a espécie de coisas! Na verdade, a brincadeira com os gatinhos é uma das melhores coisas de os ter em casa.
Brincadeiras e Brinquedos para gatinhos

Porquê usar jogos de gatos de esconder e procurar?

O seu gato é inteligente e necessita de ser exercitado para se manter satisfeito. Uma das maneiras de o fazer, é levá-lo a “caçar” a sua própria comida. Um gato a quem levam a alimentação de uma forma fácil ou “aborrecida”, quererá ocupar-se de outro modo - arranhando o sofá para ter a sua atenção ou brincando com objetos que a si não agradam. Isto poderia conduzir a um comportamento problemático, se não se lhe prestasse atenção. Animais de companhia aborrecidos tendem a dormir mais, tornando-se mais letárgicos, o que os leva a quererem exercitar-se cada vez menos e o que aumentará o risco de se tornarem obesos. Em vez de entrar neste ciclo vicioso, brincar ao jogo de esconder e procurar comida, associará comida e exercício, tal como o seu gato faria na natureza. De facto, fazer da refeição um período de divertimento, significa que nunca estarão aborrecidos ao jantar e vai proporcionar muita diversão para ambos!

Brinquedos feitos em casa

Por vezes os brinquedos de gatinhos podem ser caros - mas não tem de ser assim! Pode fazer ótimos brinquedos de coisas que tenha em casa. Porque não tentar um dos seguintes: . Um balde cheio de bolas de papel amarrotado ou bolas de ping-pong pode ser uma boa distração. Quando o seu gatinho tentar persegui-la, atira-lhe uma bola pelas escadas abaixo; . Deixe um grande saco de papel no chão para mergulhar e desfazer aos bocados - retire as pegas, para que não se enredem em torno do pescoço e não use sacos de plástico; . Caixas de cartão para saltar para dentro e para fora, também são divertidas. Cole várias caixas umas às outras, ligadas por buracos de espreitar para ele esconder e procurar e ponha uma bola ou um brinquedo tipo rato para conferir uma excitação suplementar. . Faça um saco de tecido cheio de erva-gateira seca, que deixa alguns gatos eufóricos!

Porque é que alguns gatos são mais ativos do que outros?

Algumas raças de gatos têm a reputação de dormitar bastante durante o dia, enquanto outras são geralmente conhecidas pela sua energia e atividade. Raças puras, com um comportamento mais ativo incluem: Siamês, Abíssinio, Oriental e Turkish Van, ao passo que as mais relaxadas incluem Persas, Himalaios, British Shorthair e Ragdoll. Mas existem muitos gatos ativos em centros de acolhimento e abrigos que apenas aguardam por um parceiro de brincadeira!

Os gatos são como nós quando se trata de exercício: alguns são simplesmente mais ativos do que outros. Em todo o caso, não é natural que um gato dormite o dia inteiro e não se interesse por brincar consigo. Consulte o veterinário se tal for o caso, pois pode tratar-se de um problema de saúde.
Brincadeiras e Brinquedos para gatinhos

Redirecionar a agressividade para a brincadeira

Se o seu gatinho gosta de atacar os seus tornozelos, tente redirecionar este comportamento para os seus brinquedos. Se tem apenas um gato, pode sentir-se tentado em adquirir outro, para solucionar esta agressividade lúdica. Os gatos têm tendência para serem animais solitários, mas dois irmãos dão-se muitas vezes bem e mantêm-se ambos fisicamente ocupados. No entanto, poderia acabar com dois predadores em vez de um só! Consulte o seu veterinário ou um profissional da área para aconselhamento, se tiver de lidar com um entusiasta de tornozelos!

Mantenha o seu gato saudável através do jogo

Gatinhos com excesso de peso podem tornam-se facilmente gatos obesos, o que não é nada saudável! Gatos com demasiado peso são suscetíveis de sofrerem de osteoartrite e de outros problemas, como diabetes e doenças urinárias. Manter o seu gato com o peso adequado é extremamente importante. As brincadeiras e o exercício físico ajudam a manter o peso controlado e a prevenção é sempre melhor do que o tratamento de uma eventual patologia.

Para manter níveis de atividade, invista em brinquedos para o exercitar; uma estrutura para trepar dentro de casa, um poste para arranhar. Introduza sessões regulares de brincadeira e lembre-se de que tudo aquilo que mexa agradará aos gatos, porque lhes dá a oportunidade de aperfeiçoarem os seus instintos de caçadores.