We have recently changed our privacy policy. To read the revised policy please click on this link to see the details.

Política de Cookies

Dicas para uma gravidez saudável

A sua gata vai ter gatinhos… que boa notícia! No meio de toda a excitação lembre-se que, quando está grávida, a sua gata pode necessitar de cuidado, conforto e carinho extra.

Alimentação e Nutrição

Proteína e energia extra mantêm a sua gata forte, ao longo da gravidez. Uma ração normal para gatos adultos é ótimo para a alimentação do dia-a-dia, mas não terá os nutrientes adicionais de que a mãe necessita. Recomendamos que mude para um alimento para gatinhos, desde o início da gravidez até ao desmame dos gatinhos.

Dar uma ração para gatinhos à sua gata traz também benefícios para os seus gatinhos em crescimento. Não só significará que recebem leite de elevada qualidade, como também ajudará no desmame porque eles irão imitá-la e experimentar algum do alimento dela.

Porque não experimentar uma das seguintes fórmulas?

Mude a ração da sua gata lentamente, adicionando gradualmente mais quantidade da fórmula para gatinhos e reduzindo a quantidade de alimento habitual, durante um período de 7 a 10 dias, até que já só esteja a utilizar a fórmula para gatinhos. Fazer a transição de alimentos lentamente ajudará a evitar distúrbios digestivos.

Se a sua gata é alimentada com uma dieta especial por questões de saúde ou tem o estomago sensível, consulte o veterinário antes de fazer alguma alteração na sua rotina alimentar.

A gravidez é um período em que a sua gata se sente faminta e, geralmente, as doses diárias de alimento de uma gata grávida podem duplicar no final da gravidez. Deverá verificar um aumento estável do peso corporal da sua gata à medida que o apetite aumenta. É normal que o peso aumenta cerca de 40-50% durante a gravidez, pelo que deve consultar o veterinário se verificar que o apetite dela diminui ou que começa a perder peso. A sua gata deverá perder este excesso de peso, durante as 3-4 semanas de amamentação.

Disponibilizar à sua gata refeições mais frequentes e mais pequenas, ao longo do dia irá ajudá-la a manter-se com energia. Pode também deixar ração seca à discrição para ela ir petiscando ao longo do dia.

Para mais informação, veja Alimentação durante a gravidez e amamentação

Garantir que a sua gata tem acesso a água fresca é tão importante como aumentar o seu consumo de alimento, especialmente se ela come apenas alimentos secos. Beber muito é essencial para a mãe se manter hidratada e saudável.

Pode colocar várias taças com água nas zonas da casa, onde ela passa mais tempo, para facilitar a sua ingestão de água.

Hand and paw iconAcarinhar

À medida que as hormonas da gravidez surgem, ela poderá ficar mais carinhosa e pedir mais mimos. Amor e carinho são uma grande parte do cuidado de uma gata grávida e é importante ter em atenção que à medida que o corpo dela muda, terá que ser cuidadoso na forma como a manuseia.

Apesar de ser seguro dar palmadinhas à sua gata grávida, assegure-se que evita a barriga. Esta zona estará muito sensível e qualquer toque poderá provocar-lhe desconforto ou magoar os gatinhos. Se tiver que pegar na sua gata, certifique-se que a apanha pela zona do rabo e patas traseiras em vez de a levantar pelo estômago.

Evite qualquer atividade mais violenta no final da gravidez da sua gata e tente deixá-la fazer o que gosta. Terá que a ajudar a manter-se o mais calma possível nesta altura e qualquer atividade demasiado energética poderá causar-lhe stress.

Purple vaccincation iconVacinação

Idealmente, a sua gata estará com as vacinas em dia antes da gestação. As mães saudáveis transmitem imunidade aos seus gatinhos através do leite, pelo que é bom assegurar que os seus níveis de anticorpos estão num bom nível. O seu veterinário pode fazer uma análise sanguínea para verificar os níveis de anticorpos para confirmar se necessita ou não de ser vacinada.

Se a sua gata já está grávida e as vacinas estão em atraso, tenha em atenção que algumas vacinas não podem ser administradas, durante a gravidez. Consulte o seu médico veterinário para confirmar que vacinas são seguras tanto para a mãe como para os gatinhos.

Se a sua gata não está vacinada quando tiver os gatinhos, não se preocupe. Tudo deverá decorrer suavemente, mas se tem alguma preocupação, contacte o seu veterinário.

Orange stop sign iconParasitas

Como os parasitas podem ser transmitidos da mãe para os gatinhos, é importante continuar com os tratamentos de desparasitação, durante a gravidez. Deve também manter os tratamentos de prevenção de pulgas, confirmando apenas com o seu veterinário que a medicação é segura para ela e para os seus gatinhos.

Complicações

As gatas têm a felicidade de usufruírem de gravidezes normalmente simples e que se desenrolam suavemente. Não é comum surgirem complicações durante a gravidez das gatas e, quando ocorrem, estão geralmente limitadas a abortos numa fase inicial.

Blue chevron iconAborto

Se a sua gata abortar, é pouco provável que se aperceba do sucedido e ela não ficará perturbada com a situação, exceto se ocorrer numa fase mais tardia da gravidez.

Se a sua gata abortar numa fase mais tardia da gravidez, leve-a ao veterinário para um check-up para se assegurar que ela não está com risco de infeção.

Blue chevron iconEclampsia

As gatas têm muito menos probabilidade do que as cadelas de desenvolverem um problema relacionado com nível baixo de cálcio, durante ou após a gravidez (eclampsia).

No entanto, para estar seguro, esteja atento à sua gata caso ela demonstre sinais de espasmos, nervosismo e agitação, que são sinais de eclampsia que pode, eventualmente, resultar em convulsões se não for tratada.

Blue chevron iconCesariana

Embora sejam raros os problemas durante o parto, ocasionalmente é necessário recorrer a cesariana. Este poderá ser o caso se a mãe sofreu anteriormente um trauma na sua pélvis (tal como uma fratura) ou se a sua raça é conhecida por cabeças ou corpos especialmente grandes, tal como no caso dos Persas.

A sua gata poderá precisar de uma cesariana se entrou em trabalho de parto, mas está em esforço à mais de uma hora sem expelir nenhum gatinho. Se isto acontecer, contacte de imediato o seu veterinário.

Criar um “ninho”

Nas 2 semanas finais da gravidez felina, encoraje a sua gata a ficar dentro de casa para garantir que ela não entra em trabalho de parto na rua. Pode ajudar a sua gata a preparar-se para o trabalho de parto, criando um “ninho” onde possa descansar confortavelmente e que possa utilizar depois do nascimento dos gatinhos.

Uma caixa de cartão com mantas, lençóis ou toalhas lavadas funciona especialmente bem. Certifique-se que a caixa tem espaço e altura suficiente para a mãe e a sua ninhada ficarem confortáveis, sem o risco de algum gatinho mais aventureiro escapar! Mantenha o ninho num local aconchegado à temperatura ambiente para que ela se sinta confortável.

Não se surpreenda se a sua gata grávida escolher outro local para ter os gatinhos. Se isto acontecer, não tenha receio de mover os gatinhos para o ninho que preparou, mal eles nasçam. É perfeitamente seguro manusear os gatinhos, uma vez que pegar neles não fará a mãe abandoná-los ou feri-los. A mãe poderá pegar nos seus gatinhos e levá-los novamente para o local que ela escolheu, mas sinta-se à vontade para os mudar novamente se considerar que eles ficarão mais confortáveis no ninho que lhe preparou. Certifique-se que a nova zona para onde os levou se mantém quente quando a mãe sai do ninho para que eles continuem confortáveis. Recomendamos um saco quente que vá ao micro-ondas. Tenha em atenção a temperatura, que deverá ser morna, para evitar queimaduras e sobreaquecimento.

share.png SHARE
x
precisamos do seu consentimento para continuar

O nosso site utiliza cookies e outras tecnologias para que nós e os nossos parceiros possamos reconhecê-lo(a) e compreender como os utilizadores usam o nosso site.

Consentimento do CookiePara ver uma lista completa das empresas que utilizam esses cookies e outras tecnologias e nos informar se podem ou não ser utilizadas no seu dispositivo, aceda à nossa ferramenta de consentimento de cookies. Verá esta mensagem apenas uma vez, mas poderá sempre definir as suas preferências, a qualquer momento, na Ferramenta de Consentimento de Cookies. Além disso, descubra mais informações sobre a utilização de cookies e tecnologias semelhantes sobre este site no nosso anúncio de Cookies.

Quando aceder ao nosso site, as empresas identificadas na Ferramenta de Consentimento de Cookies irão utilizar os cookies e outras tecnologias.

Concordar e entrar no acesso ao portal