Mudámos recentemente a nossa Política de Privacidade. Para conhecer em detalhe a Política de Privacidade corrigida, por favor clique neste link.

Política de Cookies

Alimentar uma gata grávida

A gravidez é tanto maravilhosa como muito cansativa, para si e para o seu animal de estimação. Uma coisa importante que pode fazer para ajudar a sua futura mamã é dar-lhe o suporte nutricional de que necessita.

Alimentar a sua gata durante a gravidez

produtos para gatas gravidas

A gravidez é tanto maravilhosa como muito cansativa, para si e para o seu animal de estimação. Uma coisa importante que pode fazer para ajudar a sua futura mamã é dar-lhe o suporte nutricional de que necessita. Escolher o plano alimentar correto durante a gravidez assegurará que os seus gatinhos vão crescer bem e que têm a força de que necessita para lidar com o nascimento e com a amamentação dos recém-nascidos.

A ração para gatos adultos que normalmente dá à sua gata é ótima para a sua dieta do dia-a-dia, mas não fornece a dose extra que ela precisa, quando está grávida. Para uma mãe feliz e gatinhos saudáveis, escolha uma fórmula que responda às suas novas exigências.

Uma ração de elevada qualidade para gatinhos fornecerá todos os nutrientes necessários, quando alimentar a sua gata grávida. Comece a alimentá-la com um alimento para gatinhos, desde o acasalamento até algumas semanas após ter dado à luz, para a manter forte e lhe dar a energia de que necessita para suportar os seus novos gatinhos.

Porque devo alimentar uma gata grávida com uma fórmula para gatinhos?

As gatas grávidas precisam de mais calorias e proteína e ambas podem ser fornecidas por uma ração de elevada qualidade para gatinhos. Mudar a mãe para um alimento para gatinho ajudará também a sua ninhada porque os gatinhos a irão imitar e experimentar algum do seu alimento sólido, quando estiverem a ser desmamados do leite materno. Temos uma seleção de alimentos que pode experimentar:

Se a sua gata tem o estômago sensível, escolha uma fórmula para gatinhos delicados. Se ela está numa dieta específica por questões de saúde, consulte o seu veterinário para aconselhamento, antes de fazer qualquer alteração.

Quando escolher uma fórmula para gatinhos para a sua gata grávida, tenha em atenção as preferências da sua gata.

As rações secas contêm mais calorias por porção do que as rações húmidas. Por isso, se a sua gata é apenas alimentada com ração húmida, dê-lhe mais refeições ou doses maiores para garantir que ela recebe a energia extra de que necessita. Pode também tentar misturar o seu alimento húmido com um pouco de ração seca para lhe dar o melhor das duas.

Que quantidade de alimento devo dar a uma gata grávida?

O consumo de alimento da sua gata grávida aumentará gradualmente, desde o dia em que ela acasalou até ao final da sua gravidez. No final da gravidez, ela comerá cerca de 50% mais do que a sua dose normal (apesar de não ser pouco comum ela precisar de duplicar a sua dose habitual!). Felizmente, alimentar uma gata grávida é relativamente fácil. Desde que lhe disponibilize alimento suficiente, geralmente ela será capaz de gerir o alimento, comendo o que necessita e parando, quando tiver consumido a quantidade necessária.

Como os gatinhos necessitam de nutrição extra na fase inicial do seu desenvolvimento, comece a alimentar a sua gata grávida com uma fórmula para gatinhos Desde o acasalamento.

Tenha em atenção a preferência da sua gata, quando escolher a ração para gatinho que lhe quer dar. Se ela prefere normalmente alimentos húmidos, lembre-se que estes têm um menor conteúdo calórico do que a ração seca. Tente misturar os dois tipos de alimento para lhe dar a energia extra de que necessita. Certifique-se sempre que ela tem suficiente água limpa e fresca para se manter hidratada, especialmente se ela prefere ração seca.

Para facilitar a transição para o novo alimento, introduza-o lentamente. Demore 7 a 10 dias e vá adicionando gradualmente a nova ração, reduzindo a quantidade de alimento habitual, até que esteja já a alimentá-la exclusivamente com o novo alimento. Ter este cuidado ao alimentar gatas grávidas ajudará a que a transição ocorra o mais suavemente possível.

Para manter os níveis de energia da mamã, dê-lhe muitas refeições mais pequenas ao longo do dia. Se possível, deixe alimento seco sempre disponível para ela ir petiscando, juntamente com muita água fresca. Os gatinhos começarão a desenvolver-se a partir da 5ª semana de gravidez, pelo que o seu consumo de alimento deverá aumentar a partir desta data, continuando a aumentar gradualmente até ao desmame da ninhada.

Poderá notar o peso da sua gata a aumentar, quando ela começar a comer mais. Algum deste peso será a gordura que ela está a acumular para alimentar os seus gatinhos, durante a amamentação. Este ganho de peso é perfeitamente normal e ela deverá perder o peso em excesso, durante as suas 3 a 4 semanas de amamentação.

Não se preocupe se a mamã perder o apetite um pouco antes do final da gravidez. Este é um sinal comum, que lhe dará a indicação que o parto está quase a chegar. Mesmo que ela fique um pouco renitente em comer, assegure que tem sempre alimento e água à disposição para o caso de ela querer ir petiscando.

A nutrição é muito importante em todas as etapas da gravidez. Por isso, se verificar que ela está a perder o apetite ou que começa a perder peso, consulte o seu veterinário.

Que quantidade de alimento devo dar a uma gata durante a amamentação?

Tendo em atenção que a mãe será a única fonte de alimento dos gatinhos, durante as suas primeiras oito semanas de vida, é tão importante manter uma ração de elevada qualidade durante a amamentação como é importante fornecer uma nutrição adequada durante a gravidez. Para a manter forte durante este período, ela deverá comer até 4 vezes mais as quantidades que comia durante a gravidez!

Para a ajudar a amamentar gatinhos felizes e saudáveis, continue a alimentar a mamã com uma fórmula para gatinhos, até o desmame estar completo. O maior conteúdo calórico e os nutrientes adicionados ajudarão a manter altos os seus níveis de energia, que é o que ela necessita quando está a cuidar de uma ninhada de gatinhos traquinas!

Durante a amamentação, mantenha as doses semelhantes, mas aumente o número de refeições por dia. Pode aumentar a ingestão de líquidos, adicionando um pouco de água à sua alimentação (seja húmida ou seca) – isto poderá também ajudar os gatinhos a interessarem-se por alimentos sólidos, porque é mais fácil comê-los quando estão humedecidos.

A produção de leite materno irá gradualmente parar 6 a 8 semanas após o nascimento. Nessa altura, pode lentamente começar a reduzir o seu consumo de alimento, até que volte à quantidade normal, antes da gravidez. Tal como fez no início da gravidez, comece a reintroduzir uma ração para gatos adultos, lentamente, durante 7 a 10 dias.

Se tem alguma preocupação com a perda ou ganho de peso da sua gata, utilize a nossa ferramenta de avaliação da condição corporal para mais informação. O seu médico veterinário será também capaz de lhe fornecer aconselhamento sobre a nutrição da sua gata, após a gravidez e amamentação.

Alimentos PURINA para gatas gestantes ou lactantes

Várias marcas PURINA disponibilizam alimentos de elevada energia para gatinhos, adequados para a sua gata durante a gravidez e a amamentação. Saiba mais sobre os alimentos PURINA® para gato aqui.

share.png Partilha