We have recently changed our privacy policy. To read the revised policy please click on this link to see the details.

Política de Cookies

Persa

  • Comprimento do pêloLongo
  • Cuidados de HigieneDiário
  • RuídoBaixo
  • Exercício diárioBaixa

Visão Geral

O Persa é um gato de tamanho médio, corpulento e com uma cabeça enorme, em proporção ao seu corpo. A cabeça é redonda e larga com pequenas orelhas e um focinho curto e plano. Os olhos são grandes e redondos com cores brilhantes. As patas são curtas, grossas e fortes com almofadas plantares redondas e os dedos dos pés redondos e com pelo . A cauda é curta e espessa. A pelagem é longa, espessa e luxuriante com uma densa camada interna macia. O persa apresenta uma ampla variedade de padrões e cores.

Origem

Os primeiro antepassados dos persas foram importados no século XVII da Pérsia para Itália, e de Angora (agora Ancara), Turquia para a França. Os gatos persas tinham o pêlo cinza enquanto os de Angora eram brancos. Os descendentes dos gatos de pêlo longo chegaram à Grã-Bretanha no século XIX. Estes primeiros persas eram bastante diferentes dos gatos atualmente: os seus focinhos eram mais longos, as suas orelhas maiores e tinham uma forma esguia. Ao longo dos anos, a reprodução seletiva produziu uma forma de corpo mais robusta e um focinho plano, com a aparência que tem atualmente. O pêlo não é apenas longo, tem uma sub-camada densa que requer um enorme compromisso em termos de cuidados por parte do dono - o gato não consegue manter sozinho a sua pelagem em boa condição.

Personalidade

Os gatos Persa são calmos e afetuosos. Estes são delicados e não são tão ativos como os de raça de pêlo curto. Geralmente gostam de viver isoladamente e não se importam de ser o único gato. Eles gostam de se sentar calmamente e parecer bonitos.

Saúde

Pode esperar-se que o gato Persa viva cerca de dez a doze anos, contudoesta raça é reconhecida por desenvolver uma série de problemas de saúde. Porque o formato da cabeça foi encurtado e a face achatada, pode haver deformidades de mandíbula, o que pode levar a doenças dentárias e problemas potenciais com comer e beber. As suas pequenas narinas e um palato mole grande, podem também conduzir a problemas respiratórios graves. Os canais lacrimais podem não seguir o seu caminho natural, com lacrimejamento constante - o que pode levar a lesões na pele e feridas no focinho. A natureza achatada da face também aumenta as probabilidades de doença ocular. Os Persas podem transportar um gene que conduz à insuficiêcia renal (chamado Doença Renal Poliquística autossómica dominante ) através do desenvolvimento de quistos nos rins. Esta condição foi encontrada em mais de um terço dos gatos Persas e Exóticos na década de 1990, quando os testes de despiste se tornaram disponíveis. Através do despiste, os criadores estão agora a trabalhar para tentar erradicar o problema - deve sempre pedir ao criador para lhe mostrar os certificados PKD dos pais do seu gatinho. Os Persas também podem ter um aumento da incidência de cardiomiopatia hipertrófica (espessamento das paredes do coração). Como outros gatos de pêlos longos, os Persas são mais propensos a desenvolver infecções fúngicas da pele, como micose.

Informação Adicional

Se estiver a considerar a reprodução do seu gato persa, deve pedir exames de despiste de doença renal policquística para garantir uma ninhada saudável. Aconselhe-se com o seu veterinário.

Nutrição

Cada gato é único e tem os seus próprios gostos, aversões e necessidades específicas quando se trata do seu alimento. No entanto, os gatos são carnívoros e cada gato deve obter 41 nutrientes diferentes e específicos na sua alimentação. A proporção desses nutrientes irá variar dependendo da sua idade, estilo de vida e saúde em geral, por isso não é surpreendente que um gatinho energético em crescimento precise de um equilíbrio diferente de nutrientes na sua dieta, comparado com um gato sénior menos ativo. Outras considerações a ter em conta são a quantidade certa de alimento para manter a condição corporal ideal em conformidade com a dose diária recomendada e de acordo com a preferência individual de alimentos húmidos ou secos.

Cuidados de Higiene

O gato Persa de pêlo longo exige cuidados diários para manter a sua pelagem longa e espessa livre de nós. Se isto nao acontecer e o pêlo ficar emaranhado, pode ter de se cortar na totalidade e voltar deixar a crescer. Atenção também deve ser repartida pelos os olhos e coxas. Estas áreas precisam ser limpas diariamente para evitar manchas. Os olhos dos persas tendem a lacrimejar e o canto do olho e dos lados do nariz necessita de limpeza regular. A zona posterior é muito propensa a ficar suja de fezes e é essencial assegurar cuidados para manter esta área escrupulosamente limpa para evitar manchas e inchaços desconfortáveis. A escovagem regular é necessária para ajudar a remover o pelo de modo a que não seja ingerida pelo gato como bolas de pelo, o pode ser um problema para os Persas. Tal como acontece com todos os gatos, é recomendada a vacinação e controlo de parasitas.
share.png SHARE
x
precisamos do seu consentimento para continuar

O nosso site utiliza cookies e outras tecnologias para que nós e os nossos parceiros possamos reconhecê-lo(a) e compreender como os utilizadores usam o nosso site.

Consentimento do CookiePara ver uma lista completa das empresas que utilizam esses cookies e outras tecnologias e nos informar se podem ou não ser utilizadas no seu dispositivo, aceda à nossa ferramenta de consentimento de cookies. Verá esta mensagem apenas uma vez, mas poderá sempre definir as suas preferências, a qualquer momento, na Ferramenta de Consentimento de Cookies. Além disso, descubra mais informações sobre a utilização de cookies e tecnologias semelhantes sobre este site no nosso anúncio de Cookies.

Quando aceder ao nosso site, as empresas identificadas na Ferramenta de Consentimento de Cookies irão utilizar os cookies e outras tecnologias.

Concordar e entrar no acesso ao portal