Mudámos recentemente a nossa Política de Privacidade. Para conhecer em detalhe a Política de Privacidade corrigida, por favor clique neste link.

Política de Cookies

Trabalho de Parto e Nascimento na Gata

É muito emocionante estar à espera de novas bolinhas de pelo e talvez também um pouco assustador.

Preparar o nascimento

icone laranja ninho

Durante as duas últimas semanas de gravidez da sua gata, certifique-se que todos os membros da família sabem manter-se calmos e silenciosos perto dela e que a manuseiam com cuidado, em especial as crianças que podem ficar excitadas com a ideia de terem em breve novos gatinhos com quem brincar!

Tente mantê-la o mais calma e inativa possível , durante este período, e encoraje-a a relaxar na sua cama especial para a maternidade. Até as camas mais suaves e confortáveis podem não ser tentadoras para ela e algumas gatas até rejeitam a caminha que lhes sugere para o nascimento dos gatinhos e preferem um canto de uma caixa de cartão! Certifique-se que ela tem alguns locais disponíveis para poder escolher onde dar à luz e nunca tente retirá-la do local escolhido. Leia mais sobre como criar uma cama para a maternidade da sua gata clique aqui.

blue chevronEsteja preparado para ajudar

O trabalho de parto da sua gata deve ocorrer suavemente, mas é importante ter ajuda de sobreaviso para a manter calma, caso surja alguma complicação.

Tenha à mão o contacto 24 horas do seu médico veterinário, antes de a sua gata entrar em trabalho de parto, porque o parto ocorre com frequência durante a noite ou porque ela poderá precisar de uma ajuda de emergência. Se a futura mamã estiver com dificuldades a ter os gatinhos, pode precisar de a levar ao médico veterinário, pelo que deve ter transporte preparado.

Quando pensar que o parto se possa estar a aproximar, é bom ter alguns utensílios preparados com antecedência, incluindo uma taça limpa com água morna, toalhas e peças de roupa limpas, fio dental e luvas descartáveis, juntamente com uma transportadora e os contactos do seu veterinário. É importante ter tudo isto à mão, para prevenir!

Se precisar de afastar os gatinhos da mãe, tem que os ajudar a manter-se quentes. Recomendamos um saco quente que vá ao micro-ondas ou um saco de água quente. Tenha em atenção a temperatura, que deverá ser morna, para evitar queimaduras e sobreaquecimento.

Saiba quais os sinais de alerta

Pode ser difícil identificar um parto iminente. Durante as primeiras etapas do trabalho de parto, a mamã ficará muito inquieta, a andar de um lado para o outro como se estivesse à procura de algo e pode tornar-se muito vocal. Contacte o seu veterinário se não tem a certeza se o trabalho de parto já começou e mantenha-se atento à sua gata, durante as semanas e dias finais de gravidez para garantir que sabe quando e onde ela irá dar à luz os seus gatinhos. A sua gata adora a sua privacidade, especialmente quando está prestes a ter os gatinhos! É importante observar o parto da sua gata para que possa ajudar, caso surja algum problema, especialmente se a sua gata vai ser mãe pela primeira vez.

icone azul lupa com gato

As etapas do trabalho de parto e do nascimento

O trabalho de parto da gata tem três etapas. Quando pensar que o trabalho de parto começou, deve manter-se atento. Normalmente, o trabalho de parto desenrola-se de forma muito suave, mas é importante acompanhá-la para que possa identificar de imediato alguma complicação. No entanto, interferir, exceto quando absolutamente necessário, pode atrasar o parto felino e perturbar a sua gata, pelo que deve limitar a sua atuação a observações regulares e deve tentar não intervir desnecessariamente. Não se preocupe! Geralmente, os partos das gatas são muito suaves. Se estiver preocupado, consulte o seu médico veterinário. Limite também o número de pessoas presentes. Apesar de toda a família estar muito excitada com a chegada de novos gatinhos, esta situação pode perturbar a mãe!

  • Pode não se aperceber da primeira etapa, quando o cérvix e o útero se estão a preparar para o nascimento.
  • Começam a surgir contrações, mas que podem ainda não ser visíveis.
  • A sua gata ficará muito inquieta, a andar de um lado para o outro como se procurasse algo e pode ficar muito vocal.
  • Ela pode fazer várias idas improdutivas à liteira, mas finalmente irá acomodar-se na sua cama para o nascimento.
  • Não se surpreenda se ela escolher outro local porque pode não estar habituada à sua “cama de maternidade” ou porque simplesmente quer dar à luz noutro local. Não a mude de sítio porque é sempre mais seguro deixá-la ter os gatinhos no sítio que ela escolheu.
  • Ela pode também começar a ter descargas vaginais.
  • A segunda etapa do trabalho de parto felino é o nascimento dos gatinhos – tão emocionante! Esta etapa pode demorar desde 2 a 24 horas. Volte a verificar o seu kit para o parto e certifique-se que tem tudo à mão.
  • Alguns gatinhos vão nascer de cabeça (como os bebés humanos), mas outros irão surgir primeiro de pés, o que é bastante normal, pelo que não deve ficar alarmado.
  • Os gatinhos nascem normalmente em intervalos de 30 a 45 minutos, mas por vezes podem nascer com mais do que uma hora de intervalo.
  • Observe a uma distância de segurança e intervenha apenas se for absolutamente necessário: se, por exemplo, vir que ela está com contrações fortes sem conseguir expelir um gatinho; se ela tiver uma perda de sangue ou se estiver a expelir os gatinhos rapidamente sem tempo para os limpar/rebentar os sacos amnióticos. Para mais informação sobre quando deve chamar o seu veterinário para aconselhamento, leia A que estar atento durante o parto.
  • A etapa 3 é a expulsão das placentas e, normalmente, ocorrerá após o nascimento de cada gatinho.
  • Conte o número de placentas que a sua gata expele – deve existir uma placenta por cada gatinho.
  • Se verificar que há menos placentas do que gatinhos, a mãe poderá tê-las comido ou então gatinhos gémeos podem ter partilhado uma. No entanto, este pode ser também um sinal de placentas retidas, o que deve ser analisado o mais rapidamente possível pelo seu veterinário. Ligue-lhe se não tem a certeza.
  • Não se preocupe se a mamã comer algumas placentas porque é normal. No entanto, deverá ficar ainda mais atento durante o nascimento!

Ajudar no nascimento

Quando nasce um gatinho, a mãe deve ajudá-lo a romper o saco amniótico (a membrana fina à volta do gatinho) e depois deve limpá-lo cuidadosamente. Em princípio, não terá que intervir durante o parto da sua gata, mas ocasionalmente a mamã poderá precisar de alguma ajuda.

Se ela não romper o saco, não o romper na totalidade ou não limpar os gatinhos, poderá precisar de a ajudar a cuidar dos gatinhos recém-nascidos. Rompa cuidadosamente os sacos, utilizando uma toalha (nunca utilize um objeto pontiagudo) para que o gatinho consiga respirar. Limpe gentilmente a boca e nariz e depois seque-o rapidamente com um pano ou toalha limpos no sentido oposto ao do crescimento do pelo. Uma fricção final firme com um pano morno secará e aconchegará o gatinho, bem como irá estimulá-lo a ter o seu primeiro grande fôlego.

Após ter dado à luz, a mãe normalmente irá morder o cordão umbilical, mas poderá ter que a ajudar caso ela não o faça. Com as mãos limpas ou com luvas descartáveis, dê um nó com o fio, a aproximadamente 2,5 cm do corpo do gatinho. Ate outro nó um pouco mais à frente e corte o cordão umbilical entre os dois nós. Não corte demasiado perto do gatinho porque pode ser perigoso. Deixá-lo muito longo pode fazer com que seja mordido ou engolido pela mãe. Se verificar que a mãe tenta roer o cordão umbilical muito perto do gatinho, impeça-a e faça-o você mesmo.

Se está preocupado com esta parte do nascimento, consulte o seu veterinário com antecedência para se sentir confortável com o que tem a fazer.

Após o nascimento

Poderá parecer-lhe que passa muito rápido, mas expulsão de todos os gatinhos deverá demorar entre 2 e 5 horas. Em alguns casos, pode durar até 24 horas! Se verificar que a mamã está com problemas em dar à luz em algum momento, contacte o seu veterinário para definir qual o próximo passo. Se a sua gata está com contrações sem expelir nenhum gatinho, durante uma hora ou mais, contacte de imediato o seu médico veterinário.

As ninhadas têm normalmente entre quarto e seis gatinhos, apesar de não ser pouco comum ser maior ou até menor do que isto. Quando todos os gatinhos tiverem nascido, dê à sua gata algum tempo para se limpar e alimentar a sua ninhada. Tente não interferir em demasia, mas não tenha medo de os manusear gentilmente porque isto irá ajudar a sociabilizá-los, bem como dará uma bem merecida pausa à mamã!

Se os gatinhos ainda não mamaram, após uma hora de terem nascido, pode precisar de os guiar para uma das maminhas da mãe porque devem estar famintos! Se há mais gatinhos do que maminhas, pode precisar de os ir trocando, até aprenderem a partilhar.

Se a mãe não parece muito interessada em cuidar da sua ninhada ou não os está a alimentar, contacte o seu médico veterinário imediatamente.

Às vezes, após o parto, a mãe pode abandonar a ninhada, tendo o dono que assumir essa responsabilidade, mas não é comum. Se tem alguma preocupação ou questão sobre criar a ninhada, aconselhe-se junto do seu médico veterinário.

Agora deve celebrar este momento especial, o nascimento dos gatinhos – Parabéns!

share.png Partilha
x
precisamos do seu consentimento para continuar

O nosso site utiliza cookies e outras tecnologias para que nós e os nossos parceiros possamos reconhecê-lo(a) e compreender como os utilizadores usam o nosso site.

Consentimento do CookiePara ver uma lista completa das empresas que utilizam esses cookies e outras tecnologias e nos informar se podem ou não ser utilizadas no seu dispositivo, aceda à nossa ferramenta de consentimento de cookies. Verá esta mensagem apenas uma vez, mas poderá sempre definir as suas preferências, a qualquer momento, na Ferramenta de Consentimento de Cookies. Além disso, descubra mais informações sobre a utilização de cookies e tecnologias semelhantes sobre este site no nosso anúncio de Cookies.

Quando aceder ao nosso site, as empresas identificadas na Ferramenta de Consentimento de Cookies irão utilizar os cookies e outras tecnologias.

Concordar e entrar no acesso ao portal