We have recently changed our privacy policy. To read the revised policy please click on this link to see the details.

Política de Cookies

Cuidar do seu gato sénior

Pode notar que o seu gato dorme mais, não consegue saltar tão alto como costumava ou não caça um brinquedo de corda como tanta energia.

A vida em família

O seu pet irá adorar fazer sestas principalmente quando tem um sítio confortável para se deitar e está a envelhecer. Os gatos séniores podem sofrer de dores nas articulações por isso uma cama confortável fornece o apoio para mantê-los o mais confortável possível. Coloque a sua cama num local aconchegado, calmo e longe de correntes de ar para que ele consiga descansar.

Para reduzir o esforço nas articulações do seu gato, mantenha o bebedouro com água limpa perto dele para que não tenha que andar tanto quando desejar beber água. Isto ajudará a encorajar o seu pet a beber mais água, evitando assim a desidratação e também as infeções no trato urinário, que podem afetar os gatos mais velhos. É também uma boa ideia manter a sua liteira por perto – mesmo que o seu gato nunca a tenha usado, vai achar útil ter uma que é facilmente acessível para não ter que andar tanto para usá-la.

O seu pet pode gostar de observar as pessoas de uma janela ou de dormir no sofá, cada gato tem o seu lugar favorito, que normalmente se situa num plano mais alto que o chão. Apesar dos gatos ainda gostarem de saltar, eles podem não conseguir saltar tão alto como conseguiam à medida que envelhecem. Ao quebrar um salto em etapas, pode ajudá-los a chegar onde querem. Por exemplo, ao colocar um banquinho entre o chão e a sua cadeira favorita transforma um grande salto em dois saltos mais fáceis.

icone roxo coração
Gato a espreguiçar-se no jardim

Tal como nós, os gatos tornam-se um bocadinho menos móveis à medida que envelhecem. Ao mexer-se menos significa que o seu pet não vai queimar energia ao mesmo ritmo que queimava quando era mais novo, por isso pode haver o risco de ganhar peso.

Ao escolher cuidadosamente a dieta do seu gato, pode ajudá-lo a manter-se em forma. As porções corretas de uma alimentação especialmente formulada para gatos séniores dão-lhe todo o bem-estar que ele precisa.

Os gatos são diferentes dos cães na medida em que não os temos que levar a passear para se exercitarem. No entanto, pode brincar com o seu gato, encorajando-o a explorar para o manter em movimento, ajudando-o a evitar ganhar excesso de peso e facilitando as suas articulações a ficarem macias.

Use a nossa ferramenta de condição corporal para verificar se o seu gato está com um peso saudável durante a sua vida.

Gato branco a correr no jardim

Quando o seu gato for sénior, estará habituado a uma certa rotina. Tente mantê-la o mais consistente possível para o benefício do seu bem-estar físico e mental.

icone azul gato

Para além de ficarem mais sábios, ao envelhecerem os gatos podem ficar com os sentidos um bocadinho mais fracos. Existem maneiras de compensar estes efeitos nestes seus anos mais séniores.Como por exemplo, ao aquecer o alimento húmido um bocadinho antes de o servir pode ajudar a libertar o aroma e tornar-se mais apelativo para o seu gato comer. Para fazer isto, coloque a porção no micro-ondas por alguns segundos mas nunca a deixe ficar quente demais.

Tente evitar ruídos altos inesperados se a audição do seu gato já não é o que era. O mesmo em relação à visão – aproxime-se do seu gato cuidadosamente e propositadamente para evitar quaisquer choques no caso de ele não ver claramente.

Envelhecer trás várias mudanças ao seu gato, que podem parecer estranhas e confusas à primeira vista. Ao dar ao seu gato o mesmo nível de amor e afeção com um bocadinho mais de paciência, fará esta transição para os seus anos mais avançados muito mais fácil para o seu gato. Com apenas alguns ajustes e check-ups regulares no veterinário, a sua relação com o seu gato pode ser tão recompensadora como sempre foi.

icone laranja mão com patinha

Nutrição para gatos séniores

Gato deitado no sofá

icone-pequeno-roxo-nutricaoAlterar as necessidades

Um gato passará cerca de 40% da sua vida como sénior, por isso é importante perceber a mudança nas suas necessidades nutricionais para garantir que ele está o mais saudável e feliz possível. Os gatos são normalmente considerados séniores a partir dos 7 anos e a partir dessa altura pode notar que começam a abrandar um bocado o seu ritmo. Ao levar uma vida mais calma e ao abrandar o seu metabolismo, o seu gato sénior utiliza menos energia diariamente, e por isso não irá precisar de tantas calorias. Esta mudança deve refletir-se na dieta do seu gato, para garantir que não é alimentado em excesso e manter um peso corporal saudável.

Um alimento específico para gato séniores irá dar ao seu pet tudo o que ele necessita à medida que envelhece. É uma fórmula que contém proteína facilmente digerível, mais fácil para o seu estômago e mais suave para os seus dentes. Para mais informação, veja o nosso guia em como alimentar um gato sénior

perda-de-apetite A perda de apetite

Se notar que o seu gato anda esquisito com o seu alimento, é melhor levá-lo ao veterinário. Uma perda de apetite pode ser provocada por um problema de saúde ou também pode ser devida a uma simples mudança de sabores. O seu veterinário será capaz de avaliar se for algo mais sério e dar-lhe-á conselhos em como convencer o seu gato sénior a comer outra vez!

As marcas PURINA para gatos séniores

A Purina tem marcas que oferecem alimentos cuidadosamente formulados para gatos séniores. Nós recomendamos um dos seguintes:

Check-ups regulares

Tal como nós estamos mais suscetíveis a certos problemas de saúde à medida que envelhecemos, os gatos também. Alguns destes resultam do processo natural de envelhecimento, mas outros podem ser evitados e cuidados facilmente.

icone-pequeno-verde-veterinarioVisitas ao veterinário

Check-ups regulares no veterinário são a melhor maneira de manter a saúde do seu gato sénior – de facto, são tão importantes que algumas cirurgias acontecem em clinicas específicas para gatos séniores. Durante o check-up, o seu veterinário irá pesar o seu gato e examiná-lo rigorosamente. Se tiver alguma preocupação, ele pode pedir análises de urina e de sangue para testar algum sinal de doença comum em gatos séniores.

Os planos de vacinação, desparasitação interna e externa devem continuar normalmente na vida do seu gato sénior.

icone verde saúde

icone-pequeno-saudeCheck-up dentário

Os gatos mais velhos têm um maior risco de ter problemas com os seus dentes e gengivas, por isso garanta que leva o seu gato sénior regularmente a um check-up dentário como parte de uma rotina saudável.

icone-roxo-gatoPele, pelo e unhas

Os gatos precisam das suas unhas para trepar e proteger-se mesmo quando são mais velhos, portanto as suas unhas devem ser apenas cortadas quando absolutamente necessário. Como os gatos séniores são menos ativos, eles não colocam as suas unhas tão escondidas como costumavam, podendo estas precisar de serem aparadas de vez em quando.

Como os gatos séniores podem por vezes perder a habilidade para retrair completamente as suas garras, estas podem parecer mais longas do que na verdade são – por isso tenha cuidado para não as cortar demais!

As dores nas articulações numa idade mais avançada significam que o seu gato não consegue atingir todos os sítios para se conseguir lamber. Pode dar-lhe uma ajuda com uma escova – os gatos com pêlo curto precisam apenas uma vez por semana e gatos com pêlo comprido necessitam de uma escovagem todos os dias. Tente evitar dar banho ao seu gato, excepto quando é urgente, pois os gatos mais séniores consideram-no uma experiência stressante.

Sinais e sintomas de envelhecimento

Quando se cuida de um gato sénior, saber quais os sintomas de envelhecimento a que devemos estar atentos é importante, tal como uma dieta nutritiva e muita atenção e amor. Ao identificar algum dos sinais abaixo pode ajudá-lo a perceber as mudanças que estão a acontecer com o seu gato e proporcionar-lhe o melhor tratamento quando necessário.

icone-roxo-gato

Os gatos séniores podem sofrer de osteoartrite, resultando em dores nas articulações. Pode notar que o seu gato demora mais tempo a levantar-se ou que os seus movimentos estão mais rígidos que o normal. O pêlo embaraçado também é um sinal de osteoartrite, pois o seu gato pode não estar flexível o suficiente para fazer a sua higiene propriamente.

Se o seu gato estiver a sofrer de osteoartrite, garanta que a sua comida é facilmente atingível. Passe algum tempo com o seu gato quando ele se alimentar para garantir que ele consegue lá chegar e comer uma quantidade saudável.

icone-pequeno-saude

Nos gatos nota-se mais facilmente que estão com problemas dentários que nos cães. Por exemplo, eles mostram dificuldade ao mastigar, babam-se, têm mau hálito ou páram de comer. Se eles pararem de comer, também perderão peso. Se reparar em algum destes sintomas, leve o seu gato a um check-up dentário assim que possível!

icone-pequeno-saude

Os gatos em idade avançada podem por vezes desenvolver problemas renais. Os sintomas podem ser beber ou urinar excessivamente, ou urinar sem controlo. Se notar que o seu gato está com estes sintomas, leve-o ao veterinário o mais rápido possível para um check-up, assim ele terá o tratamento adequado, pois estes sinais podem também indicar diabetes ou problemas hormonais.

icone-pequeno-saude

Os gatos não costumam respirar de boca aberta,por isso se notar alguma coisa pode sugerir que eles estão a sofrer de uma doença cardiovascular ou respiratória. Outros sintomas podem ser, por exemplo, o seu gato parecer mais letárgico que o habitual, tendo uma maior dificuldade ao respirar ou estar sentado direitinho para respirar melhor.

icone-pequeno-saude

Qualquer crescimento de caroços ou verrugas que note no seu gato deve ser investigado pelo seu veterinário. Podem ser totalmente benignos mas também podem ser potenciais sinais de cancro.

icone-pequeno-laranja-solidariedade

Com a idade avançada, os gatos podem por vezes exibir comportamentos estranhos ou inesperados. Estes podem ser miar aleatoriamente, ir à casa de banho em sítios inapropriados, parecerem confusos ou esquecerem-se de comportamentos como, por exemplo, usar a liteira. Estes comportamentos são normalmente efeitos secundários de senilidade mas fale com o seu veterinário se notar que isto está a acontecer e a causar transtornos.

icone-pequeno-saude

Os gatos séniores podem ter cataratas e esclerose nuclear – duas condições que exibem uma mancha azulada no olho, mas que têm diferentes efeitos secundários. Com uma visita ao veterinário será capaz de distinguir estas duas condições.

Estes problemas são menos comuns em gatos que em cães.

icone-pequeno-saude

O hipertiroidismo comum é uma condição que pode afetar os gatos com idade avançada. Esta condição pode perturbar o metabolismo normal do gato, o que significa que este queimará energia demasiado rápido e por isso terá um maior apetite e perderá peso rapidamente. Outros sintomas podem ser um pêlo sem brilho e um comportamento errático (como hiperatividade) – se reparar em algum destes comportamentos, fale com o seu veterinário pois este pode ajudá-lo a tratar com sucesso esta condição.

Se reconhecer algum dos sintomas acima que podem significar um problema de saúde para o seu gato sénior ou estiver preocupado com algum aspeto relacionado com o bem-estar do seu gato, fale com o seu veterinário o mais rápido possível.

Tenha atenção às necessidades do seu gato e a qualquer mudança que ele tenha, pois irá ajudá-lo a dar-lhe o cuidado e o amor que ele precisa durante os seus próximos anos.

share.png SHARE
x
precisamos do seu consentimento para continuar

O nosso site utiliza cookies e outras tecnologias para que nós e os nossos parceiros possamos reconhecê-lo(a) e compreender como os utilizadores usam o nosso site.

Consentimento do CookiePara ver uma lista completa das empresas que utilizam esses cookies e outras tecnologias e nos informar se podem ou não ser utilizadas no seu dispositivo, aceda à nossa ferramenta de consentimento de cookies. Verá esta mensagem apenas uma vez, mas poderá sempre definir as suas preferências, a qualquer momento, na Ferramenta de Consentimento de Cookies. Além disso, descubra mais informações sobre a utilização de cookies e tecnologias semelhantes sobre este site no nosso anúncio de Cookies.

Quando aceder ao nosso site, as empresas identificadas na Ferramenta de Consentimento de Cookies irão utilizar os cookies e outras tecnologias.

Concordar e entrar no acesso ao portal