Sorry, you need to enable JavaScript to visit this website.
Saiba mais sobre a companhia por detrás de PURINA Friskies®
Purina

Guia de cachorros

Guia de cachorros

Guia de cachorros

Guia de cachorros

O primeiro ano de vida do seu cachorro é importante em muitos aspetos, desde a alimentação até ao treino que lhe dá.

Selecione uma secção abaixo para SABER MAIS sobre como tirar o máximo proveito deste ano importante.

1 – 2 MESES DE IDADE

  • Nesta idade os dentes de leite começam a irromper
  • O programa de desparasitação do seu cachorro deve ser iniciado por volta dos 14 dias, uma vez por dia durante três dias
  • A primeira consulta no veterinário!
  • Quando o seu cachorro tiver 8 semanas, deve levar a primeira dose de vacinas
  • Faça-o sentir-se confortável durante a visita ao veterinário, leve um cobertor ou um brinquedo
  • Verifique as unhas do cachorro e apare-as, se necessário
  • Os cachorros em crescimento precisam de comer, e muito!
  • O novo membro da sua família precisará, provavelmente, de refeições ligeiras quatro vezes ao dia, e as raças maiores em particular precisarão de ração especialmente concebida para cachorros, de forma a suprir as suas necessidades de crescimento rápido.
  • Nas primeiras duas semanas que o cachorro passar na casa nova, mantenha-se fiel à dieta recomendada pelo criador ou pelo abrigo de animais.
  • As alterações à dieta do cachorro devem acontecer gradualmente, misturando aos poucos alimentos novos com as suas refeições atuais.
  • Independentemente de ele fazer uma cena e suplicar, evite alimentá-lo com pedaços de gordura dos vossos pratos ou carne crua.
  • E, em especial, tenha atenção ao facto de que o chocolate e as cebolas são alimentos prejudiciais para os cães, mesmo que sejam comidas que o resto da família adora.
  • Tudo é divertido, novo e excitante para um cachorro, no entanto, nesta idade o que mais importa é criar laços sólidos de reconhecimento parental com o seu animal de estimação.
  • Introduzir jogos como "busca" nesta fase pode realmente ajudar a sua família a formar laços fortes com o recém-chegado.
  • Jogos de bola também proporcionam um exercício excelente para todos!
  • O seu novo cachorro estará cheio de energia e diversão e disposto a socializar com outros animais e potenciais companheiros de brincadeira, no entanto, é preferível mantê-lo afastado de quem não seja membro da família, pelo menos até que ele tenha levado todas as vacinas.
  • Mesmo que o seu animal de estimação esteja desesperado para explorar o mundo lá fora, é melhor mantê-lo em segurança dentro de casa nos primeiros meses, aventurando-se com ele no exterior para curtos passeios em família e pausas higiénicas.
  • Se o cachorro for um pouco tímido com pessoas e animais que não conhece, dê-lhe uma guloseima de cada vez que tiver um encontro com novas visitas.
  • Pegue-lhe ao colo e aperte-o junto ao peito quando o estiver a apresentar a pessoas novas. Ele precisa de saber que tem o apoio e a segurança de uma família que lhe quer bem em todos os momentos.
  • Já preparou a casa e comprou as coisas necessárias para o cachorro se instalar na sua nova vida. Chegou a hora de escolher um nome!
  • Este é um processo em que toda a família se pode envolver. Inspire-se na personalidade emergente do recém-chegado, ou simplesmente dê-lhe o nome do seu ator favorito. Repita várias vezes o nome do cachorro quando estiverem a fazer coisas que ele aprecia, em especial quando ele estiver a comer ou a brincar consigo.
  • Esse procedimento irá ajudá-lo a reconhecer e a desfrutar do seu novo estatuto. Nunca grite o nome dele se estiver zangado. Os cachorros jovens precisam de associar o nome deles a sentimentos positivos.

3 – 4 MESES DE IDADE

  • Por esta altura, o seu cachorro já deve estar totalmente vacinado.
  • Esta é a altura em que o seu cachorro começará a perder os dentes de leite e irá desejar roer tudo aquilo com que entrar em contacto, dos brinquedos dos miúdos até ao seu tapete favorito.
  • Preste atenção às coisas que ele gosta de mastigar e arranje-lhe alguns brinquedos mastigáveis de textura semelhante, de modo a proteger os seus objetos preferidos lá de casa.
  • Melhor assim que deixá-los, literalmente, roer a sua casa inteira!
  • Tal como qualquer jovem, nesta idade o seu cachorro estará permanentemente fascinado, mas facilmente se aborrecerá.
  • Assegure que passam tempo em família diariamente, a jogar os seus jogos preferidos, mas vá improvisando e misturando para evitar que a brincadeira se torne muito previsível.
  • O contacto físico com o seu cachorro é extremamente importante nesta etapa do seu desenvolvimento.
  • Aproxime-se dele com mimos e boa disposição e passem tempo de qualidade juntos.
  • E lembre-se que é impossível dar mimo a mais a um cachorro nesta idade, mas peça aos miúdos que sejam meigos quando lhe dão mimo.
  • Habituar o cachorro da família ao mundo exterior requer amor e paciência.
  • Comece por passear com o recém-chegado por algumas ruas tranquilas nas redondezas da vossa casa e gradualmente vá introduzindo zonas mais movimentadas.
  • Leve o cachorro a uma área de compras ou a um restaurante que aceite animais como parte de um programa familiar.
  • Os transeuntes de certeza que se vão aproximar para dizer olá, um bónus adicional. Faça uma viagem curta num transporte público para ajudar o cachorro a acostumar-se ao bulício do mundo dos humanos fora do seu lar de família.
  • Levá-lo em curtas viagens de carro irá ensinar-lhe que viajar pode ser divertido e que não significa apenas idas ao veterinário.
  • Por esta altura, as aulas de treino já devem ter começado e o seu cachorro já deve estar a caminho de se tornar um membro da família bem treinado (embora pequenos acidentes ocasionais sejam inevitáveis), bem como capaz de reconhecer comandos básicos como "Senta" ou "Para baixo".
  • Tire diariamente uns minutos em família para aprender ou experimentar coisas novas com o cachorro. Neste preciso momento, ele está fascinado por tudo o que o rodeia no seu novo lar.
  • Introduza a utilização da trela e gradualmente vá aclimatando o cachorro aos aspetos mais movimentados do mundo exterior.

5 – 6 meses

  • Se assim o decidir, por volta dos 5–6 meses a maioria dos cachorros devem ser esterilizados ou castrados.
  • Os cachorros devem tomar banho com champôs específicos.
  • Não lhe dê banho demasiadas vezes, fazê-lo pode remover alguma da oleosidade natural da pele.
  • A dentição pode ser dolorosa e irritante para qualquer jovem.
  • Também pode fazer com que o seu cachorro se enfastie e perca o apetite.
  • Não ceda aos humores do cachorro e certifique-se de que continua com a rotina de refeições nutritivas pelo menos duas vezes por dia.
  • Se o cachorro apresentar problemas de estômago por mais de um ou dois dias, leve-o ao veterinário.
  • Por esta altura, o seu cachorro inicia as mudanças físicas. Está a crescer tão depressa! Não se esqueça de tirar montes de fotografias do cachorro nesta fase, ou até mesmo de começar um diário familiar, para que possa preservar essas memórias em segurança nos anos vindouros.
  • Esta é uma idade delicada, um pouco à semelhança de uma adolescência precoce. As hormonas do cachorro começarão a ter impacto no seu comportamento, de forma que terá de ter alguma paciência.
  • Ralhar e gritar com o novo membro da família não irá ajudar. Utilizar discos de treino pode ser útil nesta fase para mostrar ao cachorro quais os comportamentos aceitáveis e inaceitáveis em casa.
  • O seu novo animal de estimação irá entrar na adolescência canina e, por volta desta idade, começará a perder a dentição de leite. Agora começará uma fase em que irá roer tudo o que encontrar, definitivamente a altura certa para lhe fornecer brinquedos mastigáveis.
  • Nesta idade o cachorro é como uma esponja, absorvendo todas as experiências novas e arriscando novos comportamentos. Mantenha sempre discos de treino por perto, para o ajudar a reconhecer comportamentos bons e maus.
  • Nesta etapa constrói-se a confiança com o seu cachorro, assim, seja firme, justo e consistente com ele.

7 – 8 meses

  • A partir dos seis meses, o seu cachorro irá atravessar muitas alterações físicas e hormonais.
  • As hormonas do seu cão irão disparar e ele começará a demonstrar interesse no sexo oposto
  • Pondere a castração, que tem muitos benefícios de saúde e comportamentais, para além de prevenir gravidezes
  • O seu cachorro tem a dentição completa e é seguro começar a escová-los com uma escova específica para cachorros.
  • Utilize apenas pasta de dentes para cães, que se destina a engolir
  • Escove o pelo do cachorro, é uma excelente forma de criar laços
  • Por esta altura, o seu cachorro estará a caminho da maturidade física e será tempo de reduzir a rotina de alimentação para duas ou três refeições por dia.
  • Ele pode não gostar desta alteração, mas seja firme.
  • Pode ser difícil para o cachorro perder peso e gordura acumulados nesta fase posteriormente.
  • Mesmo que o seu animal de estimação esteja a transformar-se num animal maduro, não cometa o erro de mudar para ração de cães adultos cedo demais.
  • O seu animal de estimação continua a precisar de um equilíbrio cuidado de proteínas, gorduras, minerais, vitaminas e hidratos de carbono, ingredientes incluídos nas rações especialmente concebidas para cachorros.
  • Nesta idade os cachorros parecem dispor de energia ilimitada. Começam também a testar as fronteiras e limites das suas casas, desenvolvendo um sentido de independência.
  • Esta é uma fase ideal para introduzir perseguições nas suas brincadeiras. Deixe que ele o persiga, ou ainda melhor, deixe que corra atrás das crianças no jardim! Mas use a trela para o fazer entender que fugir de si não é o objetivo deste jogo!
  • Nesta idade o cachorro está perto de se tornar um cão adulto. Esta é uma etapa excitante para a família, à medida que ele começa a revelar o seu carácter adulto.
  • Nesta altura o comportamento sexual pode passar a ser um problema, e os machos em particular podem começar a montar coisas, geralmente para chamar a atenção. Pode desencorajar este comportamento suavemente, distraindo-o com atenção e gentilmente afastando o objeto de desejo.
  • Com o treino agora em pleno curso, nestes meses tudo se resume a reforçar e a refinar comportamentos básicos. Mantenha-se paciente e consistente, mas firme.
  • Os comandos com os quais o cachorro já está familiarizado em casa, como "senta", devem agora ser também experimentados em espaços públicos.
  • À medida que o cachorro começa a ganhar alguma independência, chega a altura de o deixar sozinho por breves períodos uma ou duas vezes por dia, para lhe ensinar como lidar com essas situações.

9 – 12 meses

  • O seu cachorro deve levar as injeções anuais no seu primeiro aniversário
  • Deve preocupar-se em manter o bem-estar do cachorro com escovagens de dentes, banhos e cuidados regulares
  • À medida que o novo membro da família atinge a maturidade, é chegada a hora de gradualmente ir mudando para ração de cães adultos.
  • No entanto, não tente fazer as alterações na dieta de um dia para o outro; deixe que as crianças misturem progressivamente as refeições de adulto na ração do cachorro ao longo de um período entre cinco e dez dias, de modo a evitar potenciais problemas de estômago.
  • Anime a brincadeira introduzindo uma variedade de brinquedos e jogos. Os cães jovens adultos precisam de muitos estímulos e adoram estar rodeados da sua família.
  • Torne as suas atividades diárias mais ativas com o seu cachorro. Leve-o gradualmente mais além, dê passeios mais longos e atire a bola para mais longe durante os jogos, para encorajar a sua independência e autoconfiança.
  • Por esta altura, o seu cachorro irá parecer e comportar-se como um cão maduro. Mas não se deixe enganar pensando que ele já está completamente crescido.
  • Fisicamente e emocionalmente, ele ainda é apenas um cachorro e continua a precisar que a família lhe dê amor constante e lhe incuta conforto e confiança.
  • Por esta altura o seu cachorro é praticamente adulto. Já está bem integrado na família e sente-se confortável perto de pessoas e outros cães. Ele está preparado para tudo, desde que saiba que pode contar consigo para o apoiar quando cometer aqueles erros inevitáveis.
  • Nesta idade, qualquer cachorro que tenha sido habituado a algum treino básico será capaz de reagir bem a comandos básicos como "senta" ou "fica". Agora é tempo de começar a trabalhar ideias mais complicadas, como "junto", "vem" e "larga".