Cães de Proteção de Gado e os cuidados a ter consigo

Os cães de Proteção de Gado - também conhecidos como cães guardiões de gado - são independentes, descontraídos e cheios de resistência. Eles adoram todos os tipos de clima e gostam de manter um olho em si e na sua família, onde quer que estejam.
Livestock Protection dog
Livestock Protection dog
Livestock Protection dog

Exemplos de algumas raças típicas deste grupo incluem:

  • Cão de Montanha dos Pirenéus
  • Pastor-maremano-abruzês
  • Pastor-da-anatólia
  • Komondor

O seu cão é um Cão de Proteção de Gado se:

É bastante independente e gosta de se deitar junto às portas e saídas da sua casa enquanto se mantem perto da família para a vigiar. Este tipo de cães não tem muita vontade de correr ou perseguir alguma coisa, nem está interessado em brincar com brinquedos ou em ir buscar a bola e devolvê-la ao seu dono durante muito tempo. O seu cão pode gostar de comer, mas provavelmente prefere fazê-lo sem ser perturbado e estando longe da família, aproveitando o snack sozinho. Se tiver um Cão de Proteção de Gado, este será grande e poderoso, e terá geralmente um pelo grosso de dupla camada para estar bem protegido! Nos dias quentes, o seu cão prefere deitar-se na sombra em vez de se mexer muito e pode parecer um pouco sonolento.

Exercício e brincadeira

As necessidades de exercício do seu Cão de Pastoreio estão relacionadas com a sua interessante origem de ‘cão de quinta’. Os Cães de Pastoreio foram criados para proteger os animais durante todo o ano. Os Cães de Pastoreio adoram o ar livre e aventurar-se-ão alegremente pelos locais mais expostos, mesmo nas condições mais adversas, o que significa que o inverno não é um problema para eles! O clima frio e húmido não impedirá o seu companheiro canino de querer estar no exterior, seja para patrulhar o jardim ou simplesmente para se deitar e ver o mundo a passar.

O seu Cão de Pastoreio tem uma grande resistência e gosta de dar longas caminhadas consigo, especialmente quando é mais jovem. Por entre as caminhadas, o seu cão ficará bastante contente se passar apenas o dia deitado no jardim, a dormir, mas não se deixe enganar – ele estará sempre recetivo a estar no seu ambiente e no local onde está o seu ‘rebanho familiar’.

Os Cães de Pastoreio estão mais contentes quando têm muito espaço à sua disposição e, portanto, quanto maior for o seu jardim, melhor. Se o seu cão estiver confinado a um espaço muito pequeno e ficar entediado, ele pode começar a escavar e até a tentar escalar ou morder as cercas para fugir! Os minifúndios constituem as casas ideais para os Cães de Pastoreio, já que estes permitem que os cães desempenhem as tarefas para as quais foram criados como cães de trabalho e que percorram a propriedade em segurança, sem a preocupação de que perturbem os vizinhos ou ladrem a estranhos que se aproximem – por mais úteis que eles pensem que estão a ser!

Dog Exercising

Brincadeira independente

Dog playing

O seu Cão de Proteção de Gado é naturalmente independente, já que foi criado para proteger o gado dos predadores e dos ladrões em áreas remotas ou montanhosas. Ao contrário das raças de Cães de Pastoreio, tal como a raça Collie, que trabalham em estreita colaboração com o seu dono, os Cães de Proteção de Gado foram ao longo da história deixados muitas vezes sozinhos na tarefa de cuidar dos seus rebanhos. É por essa razão que o seu cão está geralmente bem quando tem de arranjar maneira de se divertir sozinho e de se manter calmo quando está sozinho em casa – é cá uma responsabilidade a que eles tinham…!

Muitos tipos de Cães de Proteção de Gado tinham tradicionalmente de descobrir a sua própria comida durante o dia, caçando para isso pequenas presas e vasculhando o que podiam. Isso foi suplementado com o leite e o queijo da ovelha que lhes era dado pelos seus pastores. Como poderá então satisfazer a necessidade do seu cão de forma semelhante?

Deixar alguns brinquedos que contêm snacks, são fortes e seguros, no jardim para que o seu cão os possa encontrar durante as ‘patrulhas domésticas’ é uma boa maneira de juntar alguma variedade ao seu dia, e isso é bastante semelhante às tarefas que eles teriam de fazer sendo um ‘cão de trabalho’. Uma vez encontrado o brinquedo, remover o snack de dentro do brinquedo estimulará as habilidades de resolução de problemas do seu cão e exercitará a sua destreza física. Devido ao seu temperamento descontraído e á facilidade com que se divertem sozinhos, pode dizer-se que os Cães de Proteção de Gado pertencem a uma das raças de cão mais calmas que existem!

Brincar com o seu Cão de Proteção de Gado

Como o seu Cão de Proteção de Gado tem uma natureza independente, claro está, ele não precisa de tanto tempo de brincadeira consigo como outros tipos de cão, mas isso não significa que ele não aprecie um pouco de diversão! Quando o seu cão é um cachorrinho, a sua família inteira deve brincar com ele e treiná-lo, ajudando-o a criar um forte apego a toda a gente. À medida que amadurece, o seu cão pode tornar-se um pouco menos brincalhão – não se preocupe, isso não é raro.

Um cão jovem ou ativo pode desfrutar de um jogo de ‘esconde e procura’ com um membro do seu ‘rebanho familiar’. Se tiver dois ou mais Cães de Proteção de Gado, eles podem muito bem jogar jogos de perseguição juntos, particularmente quando são jovens – isso é muito divertido para eles, e também é ótimo assisti-los a brincar!

Ligação emocional

Os Cães de Proteção de Gado formam laços estreitos com as suas famílias desde uma idade baixa e são naturalmente protetores em relação à mesma; saberá sempre que estão lá para si. Não fique chateado, no entanto, se o seu carinho não for fácil de ver. Ao contrário de muitos outros cães, os Cães de Proteção de Gado não mostram tanto amor e devoção através do abanar da sua cauda ou ao trazerem os chinelos ao dono. Em vez disso, eles mostram-no à sua maneira – por exemplo, ao estarem alertas para todos os ruídos e ao protegerem-no do perigo potencial. Isso acontece porque eles foram tradicionalmente usados como ‘cães de quinta’ e gostam de estar atentos ao perigo! Fazendo parte da família, estes cães normalmente preferem ficar à margem a observar de forma mais independente a situação, de forma a garantir que todos estão seguros e protegidos, em vez de serem o centro das atenções das atividades familiares.

Proporcione várias camas ou tapetes confortáveis para o seu cão poder descansar, em locais estratégicos em torno da casa e do jardim, idealmente em locais onde ele possa ver as entradas, os portões, as portas e as pessoas.

Treino dos Cães de Proteção de Gado

Como eles têm grandes instintos naturais de guarda e podem desconfiar das pessoas e dos animais desconhecidos, a socialização completa desde uma idade baixa é um aspeto especialmente importante do treino dos Cães de Proteção de Gado. Isso, conjuntamente com o tamanho e a força do cão, significa que é particularmente importante garantir que o seu cão está seguro e contente quando está tanto com outras pessoas como com outros animais. O treino básico de obediência, em particular o chamamento do cão, é importante para passeios sem trela, para o caso de encontrar algo fora do comum ou aparentemente ameaçador para o seu cão. Poderá inclusivamente saber que determinada coisa não é perigosa, mas o seu leal cão irá querer pular automaticamente para a ação!

Os Cães Protetores de Gado são normalmente bastante vocais e, quando trabalham como guardas, ladrarão muito alto para afastar possíveis predadores e ameaças – e é por isso que eles são boas raças de cães de quinta. Mesmo estando em casas modernas como animais de companhia, é provável que estes cães possam ladrar a alguém que passe por si dentro da casa, o que os pode tornar menos preparados para viver em áreas residenciais. Relativamente ao treino dos Cães Protetores de Gado, é bom treinar o seu cão para ficar quieto depois de ladrar uma vez em forma de primeiro alerta. Se ensinar o seu cão a ladrar a pedido e o encorajar a fazê-lo em determinados momentos e sob condições específicas, isso significará que o seu cão irá por vezes gostar de ladrar, o que pode ser conveniente para ambos, como quando vão caminhar, por exemplo. Ensinar o seu amigo a começar e parar de ladrar significa que o poderá silenciar mais facilmente quando ele ladrar numa altura inconveniente. Leia mais sobre como treinar o seu cão a ladrar em alturas em que é conveniente para ambos.

Se o seu cão ficar sozinho em casa durante um bocado, certifique-se de que ele foi submetido a exercício de antemão e que tem matéria para se entreter, de forma a não se sentir inquieto. O tédio pode levar o seu cão a encontrar o seu próprio entretenimento – isso pode ser um comportamento destrutivo, ladrar ou tentativas para fugir, arranhando e mordendo para isso as portas. Quando lhes é deixado um brinquedo que contenha um snack numa divisão ou num canil, é bastante mais provável que os cães adormecem durante um par de horas e se mantenham longe dos problemas.

Os Cães de Protecção de gado aceitarão bem normalmente qualquer família em que cresçam – incluindo gatos, outros cães e gado. Estes cães tendem também a ser intolerantes a estranhos, e é provável que persigam todos os gatos do bairro que se atravessem no ‘seu’ jardim, o que é outra razão pela qual ensinar estes cães a responder à chamada numa idade baixa é importante.

Dog training

Nutrição dos Cães Protetores de Gado

Muitos dos cães que pertencem a este grupo desenvolveram-se como raças de cães de trabalho e, como tal, tiveram de ser muito resistentes e capazes de se defender quando necessário – a caçar coelhos e outras pequenas presas ou a vasculhar tudo o que pudessem para sobreviver, por exemplo. Ser criativo na forma como dá a dose diária de alimentação recomendada ao seu cão atrairá os seus instintos de busca e mantê-lo-á mais ocupado do que se lhe apresentar apenas os seus alimentos numa tigela duas vezes ao dia!

Espalhe um terço da dose diária de alimentação seca recomendada do seu cão pela relva, tanto quanto possível, de modo a que o seu cão se possa divertir a cheirar e a procurar pela sua comida, e esconda outro terço em brinquedos próprios ou em caixas de cereais vazias para que o seu cão as descubra no exterior. O terço restante pode ser dividido em duas refeições, oferecidas numa tigela da parte da manhã e da parte da tarde, de forma a que o seu cão continue sempre a vê-lo como um fornecedor ‘parental’ de comida.

Se alimentar o seu Cão Protetor de Gado com alimentação húmida, use outros snacks mais adequados como forma de recompensa quando treinar o seu cão, mas tenha o cuidado de incluir estes snacks nos cálculos da dose diária de alimentação recomendada. O seu cão deve ser alimentado com pelo menos duas refeições por dia; a refeição principal deve ser composta por metade da sua dose diária recomendada e a outra metade deve ser dividida em 4-5 porções mais pequenas e escondida em sítios muito espaçosos para que o seu cão procure pelas mesmas ativamente. Lembre-se de garantir que todos os seus recipientes de lixo têm tampas pesadas ou bloqueáveis, de modo a que o seu cão não consiga invadir o lixo nem retirar de lá qualquer bocado de lixo – pode parecer uma boa ideia ao seu cão no momento, mas facilmente lhe poderá fazer mal.

Para manter o seu cão saudável, siga as diretrizes de alimentação da embalagem do seu alimento. Se, depois de espalhar os alimentos do seu cão para que este os encontre, o resto da quantidade de alimentação parece reduzido não é preciso preocupar-se. Se o seu cão tiver acesso à sua dose de alimentação diária recomendada e uma dieta completa, ele terá acesso a todos os nutrientes de que necessita para se manter satisfeito e em boa condição física.

Para manter o seu especial Cão Protetor de Gado feliz, então, tudo o que precisa de fazer é pensar nas suas necessidades particulares – e quando estas estiverem satisfeitas, não terá qualquer dúvida de que o seu companheiro está feliz, amoroso e muito divertido!